Correio de Carajás

Chamonzinho conclama deputados a uma CPI da Celpa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante discurso proferido na manhã desta terça-feira, dia 19, no plenário da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Chamonzinho (MDB) promoveu dura reflexão sobre os problemas envolvendo a concessionária de energia Celpa. Ele conclamou os colegas deputados à criação urgente de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Celpa naquele Poder Legislativo.
“Nós precisamos reagir a esses desmandos contra o povo do Pará praticado pela Celpa. Nós não aguentamos mais uma pessoa que tem apenas a geladeira em casa pagar conta de R$ 500. Quase todo o salário mínimo dessa pessoa vai embora. E nós aqui nesta Casa ainda não tomamos uma atitude mais ríspida, mais séria”, disse o parlamentar.
Em um aparte, o também deputado Fábio Freitas lembrou a Chamonzinho que na sexta-feira, dia 22, a Assembleia Legislativa promove uma audiência pública das 8 ao meio-dia para tratar do problema da energia.
Chamonzinho destacou que na manhã desta terça-feira o governador Helder Barbalho reunido em Brasília com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone da Nóbrega. Na pauta, questões envolvendo os serviços de energia elétrica fornecidos no Pará e como a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon) pode entrar na fiscalização tanto do serviço quanto das tarifas praticadas. O presidente da Arcon, Eurípedes Reis da Cruz Filho, estava junto com Helder.
Segundo o deputado estadual, a intenção do Pará é de ver reativado o convênio Arcon-Aneel para que a agência paraense volte a ter força e autoridade para acompanhar de perto a atuação da Companhia Elétrica em todo o Estado.
O medebista destacou, ainda, que na véspera, o promotor de Justiça Hélio Rubens, da Comarca de Parauapebas, ingressou com mais uma ação contra a Celpa por descumprimento de suas obrigações como concessionária. “A gente continua refém do poderio e da quantidade de advogados que defendem a Rede Celpa, e o povo órfão de alguém que os defenda”, queixou-se. (Da Redação)

Comentários

Mais

Ciro Nogueira assume ministério da casa civil nesta quarta

Ciro Nogueira assume ministério da casa civil nesta quarta

O senador Ciro Nogueira assumiu na tarde desta quarta-feira, 4, o comando do ministério da casa civil, cargo que era…
Bolsonaro reafirma Bolsa Família de R$ 400 e vale-gás por dois meses

Bolsonaro reafirma Bolsa Família de R$ 400 e vale-gás por dois meses

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) reafirmou durante uma entrevista a uma rádio de Natal (RN), na manhã desta quarta-feira,…
Deputado é retirado da CPI acusado de intimidar senadores

Deputado é retirado da CPI acusado de intimidar senadores

O deputado Reinhold Stephanes Junior (PSD-RR) foi retirado da sala da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid após ordem do vice-presidente do colegiado, Randolfe…
Governo cria rede para melhorar respostas a emergências em saúde

Governo cria rede para melhorar respostas a emergências em saúde

O Ministério da Saúde publicou, no Diário Oficial da União de hoje (4), portaria que institui a Rede de Vigilância, Alerta e Resposta às Emergências em…
Vereadores retomam trabalho aprovando execução de hinos em escolas privadas

Vereadores retomam trabalho aprovando execução de hinos em escolas privadas

Um único projeto de lei foi votado e aprovado durante a sessão extraordinária desta terça-feira (3) da Câmara Municipal de…
CPI: reverendo Amilton de Paula diz que não negociou vacinas

CPI: reverendo Amilton de Paula diz que não negociou vacinas

Na retomada dos depoimentos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, nesta terça-feira (3), o reverendo Amílton…