Correio de Carajás

Chamon acredita em governo inclusivo com Helder

O deputado João Chamon falou ontem à Correio FM analisando o resultado da eleição no Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os péssimos índices do Estado do Pará em todas as áreas, principalmente na saúde, educação, emprego e segurança pública impulsionaram a campanha de Helder Barbalho (MDB), que defendeu uma ruptura com o atual modelo de gestão. É o que avalia o deputado estadual João Chamon ao analisar a vitória do seu companheiro de partido nas urnas para governar o Pará a partir de 2019. Chamon foi coordenador da campanha em Marabá, e acredita que Helder une a experiência necessária, simboliza a renovação e tem a fibra e energia para conduzir os destinos do Estado, sobretudo promovendo o respeito aos regionalismos.

O deputado estadual falou ontem à Rádio Correio FM, em Marabá, após ter participado das comemorações na cidade, com direito a carreata na noite de domingo. “As urnas falaram por si, não há o que questionar. O paraense mostrou o que quer para o seu futuro. Vamos passar agora para o processo de transição e vamos, a partir de 1º de janeiro, viver um novo tempo. Agradeço a todos os que nos ajudaram a construir essa vitória. Tivemos de enfrentar a força da máquina estadual e da municipal contra o nosso projeto, e não foi fácil”, relata.

Na avaliação dele, o candidato da situação, Márcio Miranda (DEM), a quem disse ter grande respeito como seu colega na Assembleia Legislativa, carregou o nome de um governo extremamente desgastado, na visão de Chamon. “Com um governador cansado, trancado no palácio, sem vontade de administrar e o Estado caindo pelas tabelas”, elencou o parlamentar.

Leia mais:

O presidente do diretório local do MDB destacou, ainda, que Helder precisará do apoio de todos os paraenses para ter um bom governo, pelo que é momento de desarmar os palanques e união de forças para colocar em prática o que está no plano de governo.

Para Chamon, o futuro governador tem entendimento completo das desigualdades regionais e das necessidades de cada região do Estado. “Somos companheiros de partido e amigos pessoais e em todas as viagens que fizemos juntos nessa campanha ele sempre demonstrava essa vontade e disposição de contribuir para mudar a triste realidade que vivemos”, destaca para reforçar que o sul e sudeste do Pará terão voz dentro do governo.

ORÇAMENTO

João Chamon viaja hoje cedo para Belém, para a primeira sessão da Alepa após as eleições e já prevê que o resultado das urnas deve centralizar os discursos no plenário, como é normal. De outro lado, ele lembra que a atual legislatura ainda tem o dever de discutir e aprovar o orçamento do Estado para 2019, o destino dos recursos do primeiro ano de mandato de Helder.

Essa responsabilidade enorme exigirá coordenação e diálogo desde já dentro do parlamento, e Chamon com a sua experiência dos últimos três anos será uma das vozes importantes. Os deputados eleitos este ano tomam posse apenas em fevereiro de 2019. Marabá elegeu três parlamentares: Chamonzinho (MDB), Dirceu ten Caten e Toni Cunha (PTB). João Chamon, por seu turno, será segundo suplente do senador Jader Barbalho. (Da Redação)

Mais

Prefeitura de Marabá libera espaços de eventos a partir de segunda

Prefeitura de Marabá libera espaços de eventos a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira (17) os espaços de eventos ficam autorizados a funcionar em Marabá. O decreto nº 196,…
Começa hoje consulta pública sobre mudanças na Nova Marabá

Começa hoje consulta pública sobre mudanças na Nova Marabá

Nesta sexta-feira, dia 14 de maio, inicia a Consulta Pública promovida pela Câmara Municipal de Marabá, para que a população…
Covid-19: Novas etapas da campanha de vacinação iniciam neste fim de semana em Marabá

Covid-19: Novas etapas da campanha de vacinação iniciam neste fim de semana em Marabá

A Secretaria Municipal de Saúde de Marabá informa que, neste final de semana, sábado (15) e domingo (16), ocorrerá uma…
Post usa notícia de 2019 para parabenizar Bolsonaro por acordo Mercosul-UE, mas negociações estão paradas

Post usa notícia de 2019 para parabenizar Bolsonaro por acordo Mercosul-UE, mas negociações estão paradas

Investigado por: Verificado por:    É enganosa uma publicação no Facebook do dia 9 de maio de 2021, em um…
Estado regulariza cerca de 2.500 lotes dos bairros Liberdade e Independência

Estado regulariza cerca de 2.500 lotes dos bairros Liberdade e Independência

A Companhia de Habitação do Estado do Para (Cohab), ligada ao Governo do Estado, está trabalhando de forma célere para…
Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Um morador nada comum deu o “ar da graça” e surpreendeu a população da Folha 6. Um filhote de jacaré…