Correio de Carajás

Centro de Convenções será entregue em setembro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã desta quarta-feira, dia 12 de julho, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Marabá participou de uma visita técnica às obras do Centro de Convenções de Marabá, localizado na Folha 30, Nova Marabá.

Eles foram recebidos pelo engenheiro residente Antônio Flávio Bentes, e acompanhados pelo arquiteto responsável, Honório Aires, e pelo engenheiro civil Jesus Castanheira, da Secretaria Municipal de Obras de Marabá.

Com mapas do empreendimento em mãos, Flávio Bentes explicou aos vereadores que o centro será composto por quatro blocos principais, voltados à área administrativa, às feiras e eventos, teatro e área direcionada a auditórios, além de estacionamento projetado para aproximadamente 500 veículos.

Leia mais:

Segundo ele, o espaço foi planejado de forma a se tornar um dos prédios mais modernos e funcionais da cidade. “Este centro tem projetos arquitetônico e de engenharia arrojados, pensados para que os espaços sejam utilizados de forma inteligente”, reitera.

O bloco administrativo, além de escritórios, terá praça de alimentação capaz de receber 520 pessoas e o bloco de feiras e eventos terá capacidade para atender até 10 mil visitantes, com área de bares e banheiros. Já o bloco do teatro, terá 10 salas multiuso de 40 lugares cada uma, preparada para comportar divisórias removíveis e o teatro poderá receber uma plateia de mil pessoas em área totalmente confortável e climatizada. O bloco direcionado ao auditório poderá abrigar até cinco eventos simultâneos em um único espaço também separado por divisórias, com 104 lugares cada um.

Cadê o ar condicionado?

Questionado pelos vereadores, Flávio informou que o espaço de feiras e eventos, embora tenha capacidade para 10.000 pessoas, não contempla ar condicionado. Disse que a estrutura está preparada para receber as tubulações de ar, no futuro, mas o projeto original não contemplava em função dos valores altos.

Diante disso, a vereadora Irismar alertou ser necessário que a Câmara Municipal busque alternativas para custear a climatização do maior espaço de eventos do Centro de Convenções, uma vez que o clima de Marabá é muito quente e quando estiverem milhares de pessoas ali dentro o calor será insuportável. “Vamos receber, em agosto, deputados federais da bancada paraense e poderemos reivindicar deles a canalização de emendas para refrigerar esse ambiente”, disse ela.

A sugestão foi abraçada imediatamente pelos demais vereadores e o presidente, Pedro Corrêa, reconheceu a importância da climatização da área de feiras e eventos e disse a Câmara vai se mobilizar para reivindicar recursos nesse sentido. “Como o governo do Estado já chegou ao limite de aditivos para esta obra, da ordem de 25%, então, nós, como vereadores, temos de correr atrás de outras vias”, disse Pedrinho.

O presidente disse ter ficado impressionado com a diversidade de espaços do Centro de Convenções, com teatro com capacidade para mil pessoas, além de auditório com 520 lugares – dividido em cinco de 104 cadeiras. “Como marabaenses, precisamos nos apropriar adequadamente deste centro, atraindo eventos regionais, mas também nacionais. Temos certeza que este lugar vai ajudar a alavancar a economia de Marabá”, sustentou.

Participaram da visita os vereadores Pedro Correa (presidente), Irismar Melo (vice-presidente), Cristina Mutran, Priscila Veloso, Pastor Ronisteu, Beto Miranda, Ray Athie, Nonato Dourado, Marcelo Alves, Gilson Dias, Frank Varão. Além deles, empresários ligados à ACIM (Associação Comercial e Industrial de Marabá) e ainda o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Ricardo Pugliese, estiveram presentes. (Ulisses Pompeu)

Na manhã desta quarta-feira, dia 12 de julho, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Marabá participou de uma visita técnica às obras do Centro de Convenções de Marabá, localizado na Folha 30, Nova Marabá.

Eles foram recebidos pelo engenheiro residente Antônio Flávio Bentes, e acompanhados pelo arquiteto responsável, Honório Aires, e pelo engenheiro civil Jesus Castanheira, da Secretaria Municipal de Obras de Marabá.

Com mapas do empreendimento em mãos, Flávio Bentes explicou aos vereadores que o centro será composto por quatro blocos principais, voltados à área administrativa, às feiras e eventos, teatro e área direcionada a auditórios, além de estacionamento projetado para aproximadamente 500 veículos.

Segundo ele, o espaço foi planejado de forma a se tornar um dos prédios mais modernos e funcionais da cidade. “Este centro tem projetos arquitetônico e de engenharia arrojados, pensados para que os espaços sejam utilizados de forma inteligente”, reitera.

O bloco administrativo, além de escritórios, terá praça de alimentação capaz de receber 520 pessoas e o bloco de feiras e eventos terá capacidade para atender até 10 mil visitantes, com área de bares e banheiros. Já o bloco do teatro, terá 10 salas multiuso de 40 lugares cada uma, preparada para comportar divisórias removíveis e o teatro poderá receber uma plateia de mil pessoas em área totalmente confortável e climatizada. O bloco direcionado ao auditório poderá abrigar até cinco eventos simultâneos em um único espaço também separado por divisórias, com 104 lugares cada um.

Cadê o ar condicionado?

Questionado pelos vereadores, Flávio informou que o espaço de feiras e eventos, embora tenha capacidade para 10.000 pessoas, não contempla ar condicionado. Disse que a estrutura está preparada para receber as tubulações de ar, no futuro, mas o projeto original não contemplava em função dos valores altos.

Diante disso, a vereadora Irismar alertou ser necessário que a Câmara Municipal busque alternativas para custear a climatização do maior espaço de eventos do Centro de Convenções, uma vez que o clima de Marabá é muito quente e quando estiverem milhares de pessoas ali dentro o calor será insuportável. “Vamos receber, em agosto, deputados federais da bancada paraense e poderemos reivindicar deles a canalização de emendas para refrigerar esse ambiente”, disse ela.

A sugestão foi abraçada imediatamente pelos demais vereadores e o presidente, Pedro Corrêa, reconheceu a importância da climatização da área de feiras e eventos e disse a Câmara vai se mobilizar para reivindicar recursos nesse sentido. “Como o governo do Estado já chegou ao limite de aditivos para esta obra, da ordem de 25%, então, nós, como vereadores, temos de correr atrás de outras vias”, disse Pedrinho.

O presidente disse ter ficado impressionado com a diversidade de espaços do Centro de Convenções, com teatro com capacidade para mil pessoas, além de auditório com 520 lugares – dividido em cinco de 104 cadeiras. “Como marabaenses, precisamos nos apropriar adequadamente deste centro, atraindo eventos regionais, mas também nacionais. Temos certeza que este lugar vai ajudar a alavancar a economia de Marabá”, sustentou.

Participaram da visita os vereadores Pedro Correa (presidente), Irismar Melo (vice-presidente), Cristina Mutran, Priscila Veloso, Pastor Ronisteu, Beto Miranda, Ray Athie, Nonato Dourado, Marcelo Alves, Gilson Dias, Frank Varão. Além deles, empresários ligados à ACIM (Associação Comercial e Industrial de Marabá) e ainda o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Ricardo Pugliese, estiveram presentes. (Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Sarau na Câmara celebra múltiplas linguagens artísticas de Marabá

Sarau na Câmara celebra múltiplas linguagens artísticas de Marabá

Na noite desta terça-feira, dia 30 de novembro, a Escola do Legislativo de Marabá (Elmar) realizou o 6º Sarau Líteromusical,…
Pará registra 610.087 casos e 16.928 mortes por Covid-19

Pará registra 610.087 casos e 16.928 mortes por Covid-19

O Pará contabilizou mais 695 casos de Covid-19 e 16 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia

Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia

O ator Alec Baldwin declarou em entrevista para TV que não puxou o gatilho da arma que matou a diretora de fotografia Halyna…
MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quarta-feira (1º) o edital com o cronograma e os procedimentos para participação das mantenedoras de…
HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

No Brasil, 694 mil pessoas estão em tratamento contra o HIV. Apenas neste ano, 45 mil novos pacientes iniciaram a…
Covid-19: OMS aponta baixa cobertura vacinal e testes insuficientes

Covid-19: OMS aponta baixa cobertura vacinal e testes insuficientes

O mundo enfrenta “uma mistura tóxica” que resulta da baixa cobertura vacinal contra a covid-19 e um nível de testagem…