Correio de Carajás

Carreata marca luta contra abuso e exploração sexual de menores em Marabá

A carreata percorreu as principais rua do Núcleo Cidade Nova - Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Dia 18 de maio de 1963 um crime bárbaro chocou o Brasil. Araceli Cabrera Sanches, de apenas oito anos de idade, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membro de uma tradicional família capixaba. O crime, que aconteceu no estado do Espírito Santo, ficou impune.
Desde então, 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data escolhida é mais um dia para conscientizar a sociedade e autoridades sobre a gravidade da violência sexual que meninos e meninas sofrem diariamente.
Em Marabá, a Secretaria de Assistência Social (Seaspac) realizou uma carreata, que percorreu as principais ruas do Núcleo Cidade Nova, na manhã desta terça-feira, 18, para chamar a atenção, principalmente nesse momento de pandemia, onde foi registrado um aumento no número de denuncias de abuso a menores.
“A sociedade precisa ficar atenta, as crianças estão sendo abusadas dentro de casa. E hoje, nosso papel é trabalhar nessa sensibilização com as famílias, porque quando a criança dá um sinal e tem uma mudança de comportamento, a família precisa ficar alerta”, explica Nadjalúcia, secretária de Assistência Social.

Nadja Lúcia afirma que o 18 de maio é um dia emblemático – Foto: Evangelista Rocha

A ação, que tem como tema “Faça bonito – proteja nossas crianças e adolescentes”, promovida pela Seaspac, contou com diversos órgãos que fazem parte da rede de apoio contra todo e qualquer tipo de violência.
Regis Carvalho, coordenador do Conselho Tutelar da Nova Marabá, afirma que esse momento é de luta e que a sociedade faz parte desse trabalho, denunciando crimes contra crianças e adolescentes.
“18 de maio é um dia emblemático. Nós precisamos ir para as ruas e não deixar mais crimes como o da Araceli impunes. O Conselho Tutelar funciona diuturnamente. Estamos trabalhando todos os dias para combater a violência”, finaliza.

Regis Carvalho, coordenador do Conselho Tutelar, pede que a sociedade denuncie – Foto: Evangelista Rocha

Desde o início da pandemia – março de 2020 – o número de denúncias só tem aumentado.
Para Nadjalúcia, quem era pra proteger está violando os direitos dessas crianças, já que a maior parte dos crimes acontece dentro de casa. “Os adultos precisam proteger e não negligenciar o trato com as crianças e adolescentes. Precisamos ter mais cuidado. A violência sexual acaba com o futuro desses menores”.
Para denunciar, ligue para o Disk 100, procure a Delegacia de Polícia Civil ou a Secretaria de Assistência Social. Faça sua parte! (Ana Mangas)

Leia mais:
Comentários

Mais

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Caminhão a serviço do Dnit derruba tanque e VP-8 é parcialmente bloqueada

Uma das rotatórias da avenida VP-8 da nova Marabá estava parcialmente isolada nesta manhã de domingo (20), bem perto da…
Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…