Correio de Carajás

Cantor cadeirante é assassinado a tiros

Conhecido como “Cadeirante do Forró”, Pablo cantava na noite/ Fotos: Divulgação

BREU BRANCO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Logo depois da execução, uma guarnição da Polícia Militar chegou ao local e realizou buscas na região vizinha, mas não achou os autores do assassinato

O cantor forrozeiro Pablo Moura, morador da cidade de Breu Branco, foi assassinado a tiros de arma de fogo no início da madrugada de sábado (3) quando retornava para sua casa após uma apresentação musical. A vítima era cadeirante. Contingentes policiais estão investigando a morte para chegar a autoria e motivação.

Conhecido como o “Cadeirante do Forró”, Pablo Moura fez uma apresentação na noite de sexta-feira (2) em um bar próximo à Praça da Bíblia, no centro da cidade. Após o show, o rapaz percebeu que a bateria da cadeira de rodas elétrica estava descarregada e pediu ajuda de dois amigos para o acompanhar até sua casa, que fica no Bairro Liberdade. Antes de chegar ao destino, dois homens em uma motocicleta se aproximaram e o garupa gritou: “perdeu, perdeu” e disparou ao menos quatro tiros na vítima. Os disparos atingiram a cabeça de Paulo Moura, que morreu no local, sentado em sua cadeira de rodas, no início da Avenida Olinda Cavalcante.

Vítima morreu sentada em sua cadeira de rodas elétrica. Crime gerou revolta e comoção

Uma guarnição da Polícia Militar chegou na cena do crime e realizou buscas na região vizinha e não encontrou os autores do assassinato. E a Polícia Civil de Breu Branco iniciou uma investigação a partir da abertura de inquérito policial. Inicialmente, uma das linhas atribuídas ao crime está relacionada a acerto de contas. A autoridade policial não forneceu mais informações sobre o caso.

Leia mais:

A morte trágica do músico começou a sociedade de Breu Branco. Nas redes sociais centenas de mensagem cobram justiça para o caso e lamentaram a morte do rapaz, que era considerado uma pessoa de bem, trabalho e sem inimizades. “Meu Deus, quanta crueldade! Ainda ontem vi ele lá na rodoviária de tarde. Meus sentimentos ao professor Paulo e todos da família”, escreveu Vanessa Souza.

“Agora cabe às autoridades buscar saber as circunstâncias pra isso acontecer, e prender esses criminosos; pelo que eu conheço a família do pai dele são (sic) todos gente boa e de boa índole”, cobrou Priscila Andrade.

Por outro lado, a internauta Euniyce Mattos disse: “Que triste uma pessoa que não tinha maldade com ninguém acabar assim, morto cruelmente sem defesa alguma. Meus sentimentos a todos da família. Que a polícia possa achar esses bandidos”. (Antônio Barroso – freelancer)

Comentários

Mais

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

Um policial militar foi baleado durante uma briga generalizada numa festa de aniversário. O incidente ocorreu na terça-feira, 27, na…
Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

A Polícia Federal atualizou na tarde desta quarta (28) os resultados da “Operação 1200”, desencadeada pela manhã em Ourilândia do…
PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

Nos dois últimos dias a Polícia Rodoviária Federal prendeu duas pessoas por porte ilegal de armas de fogo na cidade…
Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu uma mulher apontada como uma das maiores estelionatárias do estado na manhã…
Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Foram autuados por furto Weverton Vitorino Souza e Janielson Bomfim de Carvalho após crime verificado na empresa onde ambos trabalham,…
PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

A Polícia Federal em Redenção deflagrou nesta quarta-feira (28) a “Operação 1200” de combate a crimes ambientais, extração ilegal de…