Correio de Carajás

Candidatos de Marabá procuram Plano B após proibições da Justiça Eleitoral

Candidatos a prefeito de Marabá vão usar planos alternativos e, certamente, recorrer com mais intensidade às redes sociais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A-GLO-ME-RA-ÇÃO. ACABOU! Os planos de candidatos a prefeito e até mesmo vereadores de Marabá para a reta final da campanha eleitoral (faltam apenas nove dias) foram cancelados ou minimizados por uma decisão publicada na tarde desta quinta-feira, 5, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como forma de conter o avanço do novo coronavírus no Pará.

A Reportagem do CORREIO ouviu os cinco candidatos a prefeito de Marabá ou suas assessorias para saber a avaliação deles sobre o caso e entender que medidas serão adotadas para continuar pedindo votos ao eleitor antes da eleição do dia 15 deste mês.

À frente de pesquisas eleitorais (divulgada em Belém pela Real Big Data) e com maior tempo de televisão (mais de quatro minutos), o candidato Tião Miranda (PSD) foi um dos primeiros a se manifestar por meio de nota. Procurada pela Reportagem, sua assessoria informou na tarde de quinta-feira, 5, que a campanha vai ser centralizada daqui para frente no programa do Horário Eleitoral Gratuito e nas redes sociais. Leia nota do candidato:

Leia mais:

“Nota Oficial – Seguindo a Resolução número 5.668 –  do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Pará, que proíbe em todo estado do Pará, na reta final para as eleições de 2020, em razão de graves riscos à saúde pública em virtude da pandemia de COVID-19, decorrentes das ações eleitorais, a realização de atos presenciais de campanha eleitoral causadores de aglomerações.

Como informado no artigo 1° da Resolução, ficam proibidos, no Estado do Pará, os atos como comícios, bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares; além de confraternizações ou eventos presenciais, ainda que em formato drive truth.

Pela Resolução, poderão os juízes eleitorais impor sanções para os candidatos, partidos e coligações que violarem as disposições desta norma.

A Coligação Trabalhando por Marabá informa que estão cancelados todos os eventos presenciais previstos, em respeito a esta Resolução”.

A candidata Irismar Melo (PL), ouvida pela Reportagem, disse concordar com a decisão judicial e informou que, diante dessa medida, deverá retornar com as “lives” por meio de suas redes sociais, como fazia na pré-campanha.

Ela antecipou que sua assessoria jurídica consultaria o TRE-PA para tirar dúvidas que ainda persistem, após a decisão do presidente do Tribunal Eleitoral. “Paralisamos as caminhadas, mas temos reuniões com grupos pequenos, que deveremos manter”, antecipou.

O candidato Toni Cunha (PTB) foi procurado, todavia não atendeu a ligação. Sua assessoria informou que o caminho nesta reta final seria a realização de um grande debate, senão em televisão, mas pelas redes sociais. “Somos favoráveis à decisão judicial para evitar aglomeração, vamos manter a programação nas redes sociais e propomos esse debate na semana que vem”, destacou sua assessoria.

Manoel Veloso (PSL) também falou, por Whatsapp, com a Reportagem do CORREIO e disse defender as medidas impostas pela Justiça Eleitoral para evitar aglomeração. Afirmou que vai continuar pedindo voto de casa em casa, com um número reduzido de pessoas lhe acompanhando, o que não é proibido pela Resolução do TRE.

Questionado se aceitaria participar de um debate nesta reta final de campanha, Manoel Veloso argumentou que ir para debate sem a presença do prefeito (Tião Miranda) “não tem nenhuma razão de ser. Ele deveria estar lá para ouvir as críticas e responder por que não fez as coisas que a população fala pra gente na rua”, concluiu.

Rigler Aragão (PSOL) louvou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral e afirmou que sua campanha sempre respeitou as orientações sanitárias e em nenhum momento causou aglomeração de pessoas. “Nossa candidatura é alternativa Vamos continuar apresentando nossas propostas pelas redes sociais, como vimos fazendo, além do horário eleitoral gratuito”, disse.

Rigler disse que participaria de um possível debate para poder levar suas propostas para a população. “Tendo regras claras e um bom mediador, creio que seja possível”, ressaltou.

O candidato a vice-prefeito de Tião Miranda, Luciano Dias, foi outro que se manifestou sobre o assunto, ao ser procurado pela Reportagem. “Não temos interesse”, disse.

Irismar Melo respondeu ao questionamento da Reportagem, também com uma frase lacônica: “aceito sim, com certeza”.

Na manhã desta sexta-feira, às 9h30, o juiz eleitoral Augusto Bruno Favacho recebeu, no Fórum Eleitoral na Folha 16, representantes de partidos políticos de Marabá e Bom Jesus para discutir a aplicação da Resolução TSE n. 5.668/2020. O magistrado foi enfático sobre a necessidade de frear a covid-19 e que os candidatos se abstenham de realizar eventos que gerem aglomeração. Todos aceitaram, mas as visitas domiciliares, com poucas pessoas, não estão proibidas, desde que os proprietários das casas aceitem. (Ulisses Pompeu)

Mais

Bolsonaro vem a Marabá  no dia 28 de maio para entrega de títulos do Incra

Bolsonaro vem a Marabá no dia 28 de maio para entrega de títulos do Incra

O dia 28 de maio, uma sexta-feira, deverá ser a data em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, vai…
Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Em visita a Marabá nesta quarta-feira (12) o governador Helder Barbalho rodou a cidade fazendo inaugurações, assinando ordens de serviço,…
Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Durante a inauguração da Unidade Semiaberto Masculino de Marabá (com 200 vagas) e da Cadeia Pública de Marabá (306 vagas…
Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Por volta de meio dia desta quarta-feira, dia 12 de maio, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Marabá deu…
Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

O ex-secretário especial de Comunicação Social Fábio Wajngarten disse nesta quarta-feira (12) que tanto a pasta que comandou quanto o…
Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, participa de uma série de eventos nesta quarta-feira (12) no município. A…