Correio de Carajás

Câmera, Ação. Oficina de audiovisual agita escola de Marabá

A Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará (ARMA) iniciou ontem, segunda, dia 11/09, na escola Jonathas Pontes Athias, em Marabá, uma Oficina de Audiovisual para os jovens da instituição de ensino. Quem ministra a atividade é o artista plástico e pedagogo Edmilson Gomes. A oficina será com mais de vinte jovens da escola e tem como objetivo trabalhar o contexto do áudio e vídeo na atualidade da juventude escolar local.

Os alunos do nono ano, do período da manhã, foram os contemplados para este primeiro momento. A associação já realizou durante a sua existência diversas parcerias e oficinas com caráter social educativo na cidade de Marabá. A atividade faz parte das ações para o segundo semestre da ARMA. Contando com apoio da área de educação da escola Jonathas Pontes Athias e com o patrocínio da SINOBRAS (Siderúrgica Norte Brasil) para a execução das atividades.

Aos alunos que estão participando da atividade não foi cobrada taxa de inscrição e haverá câmeras fotográficas e filmadoras disponíveis para realizarem trabalho de campo, saída fotográfica nas ruas da cidade nas proximidades da própria escola. Na atualidade em que vivemos de redes sociais, poder da mídia e influência de redes como o YouTube é de fundamental importância esse processo de formação básica de discussão de termos teóricos do campo das artes. Tópicos como luz, estética, enquadramento e afinamento do olhar.

Leia mais:

Para entender a ARMA – Associação dos Artistas Plásticos do Sul e Sudeste do Pará

Fundada em 1998 na cidade de Marabá, Estado do Pará, com o nome de Associação dos Artistas Plásticos de Marabá, a instituição tinha como objetivo apoiar os artistas plásticos locais na promoção e difusão de seus trabalhos. Com o crescimento do município, que se tornou uma das maiores e mais promissoras cidades da Região Norte, a instituição também acompanhou este crescimento tornando-se a maior instituição de referência Artística e Cultural em todo o Sul e Sudeste do Pará.

Crescimento este que ampliou as ações da instituição para municípios vizinhos, mesmo sendo criada com o objetivo de atuação local. Desde 2005, quando a instituição tornou-se Ponto de Cultura com o Projeto GAM – Galpão de Artes de Marabá, aprovado pelo Ministério da Cultura, a entidade ampliou seus horizontes e raio de atuação atendendo a artistas e produtores culturais de toda região, que procuram na instituição um ponto de apoio para a difusão de seus trabalhos.

Em 2011 a instituição resolveu alterar e modernizar o seu estatuto adequando a instituição a sua nova realidade e campo de atuação não só em termos geográficos, mas principalmente as linguagens artísticas/visuais agregando novos profissionais da área cultural sem representatividade.

Depois de um grande diálogo surgiu assim a Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará que com o mesmo CNPJ apoia além dos artistas plásticos outras categorias como a fotografia, audiovisual, web design, cinema, animação, arte digital, dentre outras linguagens que fazem parte do universo das artes visuais.

Aos interessados em realizar parceria com a ARMA, conhecer seus projetos e instalações a mesma fica na Av. Aquilino Sanches, Nº 110, no Bairro Cidade Nova, próximo ao INCRA. Com funcionamento de segunda à sexta em horário comercial. E o seguinte e-mail e telefone para contato: [email protected] e (94) 3321-2355. Também com fanpage disponível no Facebook com informações do projeto. (Com informações da Assessoria de Comunicação da ARMA)

Até o próximo encontro!

 

A Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará (ARMA) iniciou ontem, segunda, dia 11/09, na escola Jonathas Pontes Athias, em Marabá, uma Oficina de Audiovisual para os jovens da instituição de ensino. Quem ministra a atividade é o artista plástico e pedagogo Edmilson Gomes. A oficina será com mais de vinte jovens da escola e tem como objetivo trabalhar o contexto do áudio e vídeo na atualidade da juventude escolar local.

Os alunos do nono ano, do período da manhã, foram os contemplados para este primeiro momento. A associação já realizou durante a sua existência diversas parcerias e oficinas com caráter social educativo na cidade de Marabá. A atividade faz parte das ações para o segundo semestre da ARMA. Contando com apoio da área de educação da escola Jonathas Pontes Athias e com o patrocínio da SINOBRAS (Siderúrgica Norte Brasil) para a execução das atividades.

Aos alunos que estão participando da atividade não foi cobrada taxa de inscrição e haverá câmeras fotográficas e filmadoras disponíveis para realizarem trabalho de campo, saída fotográfica nas ruas da cidade nas proximidades da própria escola. Na atualidade em que vivemos de redes sociais, poder da mídia e influência de redes como o YouTube é de fundamental importância esse processo de formação básica de discussão de termos teóricos do campo das artes. Tópicos como luz, estética, enquadramento e afinamento do olhar.

Para entender a ARMA – Associação dos Artistas Plásticos do Sul e Sudeste do Pará

Fundada em 1998 na cidade de Marabá, Estado do Pará, com o nome de Associação dos Artistas Plásticos de Marabá, a instituição tinha como objetivo apoiar os artistas plásticos locais na promoção e difusão de seus trabalhos. Com o crescimento do município, que se tornou uma das maiores e mais promissoras cidades da Região Norte, a instituição também acompanhou este crescimento tornando-se a maior instituição de referência Artística e Cultural em todo o Sul e Sudeste do Pará.

Crescimento este que ampliou as ações da instituição para municípios vizinhos, mesmo sendo criada com o objetivo de atuação local. Desde 2005, quando a instituição tornou-se Ponto de Cultura com o Projeto GAM – Galpão de Artes de Marabá, aprovado pelo Ministério da Cultura, a entidade ampliou seus horizontes e raio de atuação atendendo a artistas e produtores culturais de toda região, que procuram na instituição um ponto de apoio para a difusão de seus trabalhos.

Em 2011 a instituição resolveu alterar e modernizar o seu estatuto adequando a instituição a sua nova realidade e campo de atuação não só em termos geográficos, mas principalmente as linguagens artísticas/visuais agregando novos profissionais da área cultural sem representatividade.

Depois de um grande diálogo surgiu assim a Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará que com o mesmo CNPJ apoia além dos artistas plásticos outras categorias como a fotografia, audiovisual, web design, cinema, animação, arte digital, dentre outras linguagens que fazem parte do universo das artes visuais.

Aos interessados em realizar parceria com a ARMA, conhecer seus projetos e instalações a mesma fica na Av. Aquilino Sanches, Nº 110, no Bairro Cidade Nova, próximo ao INCRA. Com funcionamento de segunda à sexta em horário comercial. E o seguinte e-mail e telefone para contato: [email protected] e (94) 3321-2355. Também com fanpage disponível no Facebook com informações do projeto. (Com informações da Assessoria de Comunicação da ARMA)

Até o próximo encontro!

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.