Correio de Carajás

Câmara dos Deputados determina volta ao trabalho presencial a partir do próximo dia 18

Plenário da Câmara dos Deputados durante votação no dia 24 de fevereiro deste ano — Foto: Paulo Sergio / Câmara dos Deputados

Sistema atualmente em vigor é o híbrido, que permite registro de presença de forma remota. Ato revoga norma que obrigava deputados a comprovar vacinação contra a Covid.

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados publicou um ato nesta quarta-feira (13) que determina o retorno ao trabalho presencial a partir do próximo dia 18 de abril.

A decisão já havia sido tomada na semana passada, quando o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), se reuniu com líderes partidários aliados do governo e também da oposição para discutir o assunto.

Desde o início do ano, os deputados podem trabalhar em regime híbrido, que permite a participação dos parlamentares em votações de maneira presencial ou remota.

Leia mais:

O modelo híbrido estava previsto para acabar após o feriado de Carnaval, mas Arthur Lira prorrogou o sistema atendendo a pedidos de deputados envolvidos em negociações da janela partidária, que acabou em 1º de abril.

Presença em Brasília

 

O ato publicado pela Câmara mantém a possibilidade de votação por meio de aplicativo, fora das dependências da Câmara, mas obriga os parlamentares a registrarem presença em plenário.

Com isso, na prática, os deputados terão de estar em Brasília para trabalhar.

“O registro de presença para efeito de abertura de sessão, início da ordem do dia ou de quórum para abertura de reunião deverá ocorrer exclusivamente de forma presencial nos postos de registro biométrico instalados nos plenários”, diz o ato.

O ato revoga a obrigação de os deputados comprovarem imunização contra a Covid e também a regra que dispensava parlamentares gestantes ou com comorbidades do registro de presença biométrico na Casa.

Deputados em missão

 

Segundo a norma, ficam dispensados do registro biométrico em plenário somente os deputados em missão autorizada pela Câmara, desde que comunicada pela Presidência da Câmara à Secretaria Geral da Mesa Diretora.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Governo pretende chegar a 50 concessões de aeroportos em 2022

Governo pretende chegar a 50 concessões de aeroportos em 2022

O secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, informou, nesta quinta-feira (30), que o governo federal espera chegar ao fim…
Brasil terá autossuficiência na produção de trigo, diz presidente

Brasil terá autossuficiência na produção de trigo, diz presidente

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30) que o Brasil está a caminho de obter autossuficiência na produção de trigo,…
Cada partido de uma federação deve cumprir cota feminina, reforça TSE

Cada partido de uma federação deve cumprir cota feminina, reforça TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reafirmou hoje (30) que o percentual mínimo de 30% de candidaturas femininas nas eleições proporcionais deve ser…
1ª juíza negra da história da Suprema Corte toma posse nos EUA

1ª juíza negra da história da Suprema Corte toma posse nos EUA

Ketanji Brown Jackson, a primeira juíza negra da história da Suprema Corte dos Estados Unidos, tomou posse do cargo nesta quinta-feira…
Senado pode votar hoje pacote de medidas sobre preço dos combustíveis

Senado pode votar hoje pacote de medidas sobre preço dos combustíveis

O Senado pode votar ainda nesta quarta-feira (29) uma proposta de emenda constitucional (PEC) com um pacote com cinco medidas…
Portaria cria Casa da Criança e do Adolescente vítimas de violência

Portaria cria Casa da Criança e do Adolescente vítimas de violência

Portaria publicada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no Diário Oficial da União de hoje (29) institui a Casa…