Caio Vitor ganha liberdade provisória
Liberdade provisória foi concedida nesta segunda-feira pela Justiça
Ads

Em documentado datado de hoje, dia 9 de setembro, o juiz Jun Kubota, da Vara Única de Jacundá, homologou a prisão em flagrante, mas concedeu liberdade provisória com aplicação de medidas cautelares para Caio Rocha Meneses, cantor da dupla sertaneja Caio Vitor e Tinan, preso na madrugada de domingo (8). Ele é acusado de crime previsto no Artigo 217-A do Código Penal Brasileiro (CPB): ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos, conforme documento assinado pelo próprio magistrado.

Ads

Ainda conforme o documento, que foi emitido na tarde de ontem, a liberdade provisória foi concedida mediante aplicação de medidas cautelares diversas à prisão. Isso quer dizer que Caio terá que comparecer em juízo mensalmente e assinar uma ficha de comparecimento, entre outras.

Caio Vitor é acusado de levar para um hotel uma moça de 13 anos de idade, após um show realizado por ele seu parceiro de dupla sertaneja na cidade de Jacundá. (Chagas Filho)

Ads