Correio de Carajás

Bolsonaro transfere Pazuello para Secretaria-Geral do Exército

O presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello — Foto: Adriano Machado/Reuters

TRANSFERÊNCIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ato é assinado por Bolsonaro. Gestão de Pazuello na Saúde foi marcada por defesa de remédio sem eficácia contra Covid e recordes de mortes. Auxiliar de Pazuello ganhou cargo na Casa Civil.

O presidente Jair Bolsonaro transferiu nesta sexta-feira (23) o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, da 12ª Região Militar para um cargo na Secretaria-Geral do Exército. O ato foi publicado no “Diário Oficial da União”.

Entre outras funções, cabe à Secretaria-Geral preparar as reuniões do Alto Comando do Exército; conduzir o processo de concessão de medalhas; regular o Cerimonial Militar; assessorar o comandante do Exército.

Eduardo Pazuello ficou dez meses à frente do Ministério da Saúde (maio de 2020 a março de 2021), e deixou a pasta no, até então, pior momento da pandemia, com recordes sucessivos de mortes por Covid e expansão da doença em todo o Brasil.

Leia mais:

A gestão de Pazuello foi marcada por apoio ao uso da cloroquina, crise de abastecimento de medicamentos e oxigênio e mudanças de discurso sobre tratamento precoce contra a Covid.

Embora os estudos científicos mostrem que a cloroquina não tem eficácia contra a doença, Bolsonaro também defende o uso do medicamento.

 

Publicação no 'Diário Oficial' sobre a condução de Eduardo Pazuello para a Secretaria-Geral do Exército — Foto: Reprodução
Publicação no ‘Diário Oficial’ sobre a condução de Eduardo Pazuello para a Secretaria-Geral do Exército — Foto: Reprodução

Investigações

 

Um inquérito chegou a ser aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), para investigar a condução de Pazuello na crise de saúde que atingiu o Amazonas. O inquérito atualmente tramita na primeira instância do Distrito Federal.

No Congresso Nacional, foi criada uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar possíveis omissões do governo federal na gestão da pandemia. A chamada CPI da Covid já foi criada e deve ser instalada na próxima semana.

Nesta quinta (22), em entrevista à GloboNews, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), cotado para ser o relator, defendeu que a CPI inicie os trabalhos apurando se o governo federal negligenciou a compra de vacinas contra a Covid. Na opinião do parlamentar, Pazuello fez um trabalho “horroroso” no ministério.

Em uma entrevista à revista “Veja”, o ex-secretário de Comunicação do governo Fábio Wajngarten afirmou que o atraso do governo na aquisição de vacinas foi motivado por “incompetência” e “ineficiência” do Ministério da Saúde.

Élcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde — Foto: Reprodução/GloboNews
Élcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde — Foto: Reprodução/GloboNews

Ex-secretário-executivo de Pazuello

 

O “Diário Oficial da União” também publicou nesta sexta-feira (23) a nomeação de Élcio Franco, ex-secretário-executivo de Pazuello, no cargo de assessor especial da Casa Civil.

A pasta é atualmente chefiada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos, general da reserva do Exército.

Ramos comandava a Secretaria de Governo antes de assumir a Casa Civil, em 30 de março.

(Fonte:G1)

Mais

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Durante a inauguração da Unidade Semiaberto Masculino de Marabá (com 200 vagas) e da Cadeia Pública de Marabá (306 vagas…
Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Por volta de meio dia desta quarta-feira, dia 12 de maio, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Marabá deu…
Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

O ex-secretário especial de Comunicação Social Fábio Wajngarten disse nesta quarta-feira (12) que tanto a pasta que comandou quanto o…
Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, participa de uma série de eventos nesta quarta-feira (12) no município. A…
Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância…
Guedes diz que reforma administrativa será moderada

Guedes diz que reforma administrativa será moderada

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como bastante moderada a proposta do governo de reforma administrativa, em audiência pública,…