Correio de Carajás

Avanços na Medicina

Coluna Dr. Nagilson

Coluna Dr. Nagilson

Nagilson Amoury

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

      O progresso no campo sanitário, os padrões nutritivos das pessoas e o desenvolvimento da medicina em todos os campos, estão mudando o quadro da saúde substancialmente. Atualmente, além da expectativa de vida nos países mais desenvolvidos está próximo dos 80 anos, descobrir doenças e curá-las antes do nascimento é uma realidade.

      O avanço científico na medicina também se deu no setor da endocrinologia, com notáveis recursos para o controle e cura de doenças provenientes do imperfeito funcionamento das glândulas endócrinas. Para os médicos, fazer um exame para descobrir um problema antes que ele apareça, não é desperdício de tempo, de tecnologia, nem dinheiro, mas uma questão de vida ou morte.

      Equipados com aparelhos de última geração, os centros médicos das grandes cidades, estão investindo cada vez mais na prevenção de doenças. O chamado check-up personalizado, que analisa exaustivamente o histórico clínico, antecedentes familiares e o modo de vida dos pacientes, para que a partir do primeiro diagnóstico eles sejam encaminhados para exames mais específicos e adequados às suas necessidades.

Leia mais:

      As doenças Coronárias e Cancerígenas são consideradas como as doenças que mais matam, são também as que mais estão recebendo investimentos para aperfeiçoamento de aparelhos para diagnósticos. A cada dia, novos equipamentos chegam às clínicas com um grau de precisão maior e mais capacidade de definição de imagens.

      Os especialistas são concludentes com relação às causas dos problemas cardíacos: colesterol alto (LDL), sedentarismo, tabagismo, álcool, hipertensão e o fator genético. A melhor prevenção para os homens mais propensos a ataques cardíacos é iniciar os exames a partir dos 40 anos. Se forem sedentários fumantes, hipertensos e com parentes cardíacos, a prevenção deve-se começar aos 30.

      Estima-se que no Brasil, este ano, surgirão 284 mil novos casos de câncer e 114 mil mortes. É a Segunda maior causa de morte no país. De acordo com os oncologistas, o check-up para essa doença é o que mais apresenta resultados positivos. O câncer da próstata, por exemplo, se diagnosticado em sua fase inicial, a chance de cura varia de 70% a 90%.

      Com relação ao câncer de mama, com os avanços da técnica de mamografia eles tiveram, nos últimos anos, uma redução de 30%. Atualmente é possível com esse exame, perceber tumores de meio milímetro e, se detectados nesta fase, 90% deles têm possibilidade de cura.

      Outra doença que tem apresentado grandes avanços preventivos nas mulheres é a osteoporose, que consiste da descalcificação severa dos ossos. Até meados da década de 80, a doença só podia ser detectada em estado avançado, mas atualmente com os aparelhos de densitometria é possível perceber a perda da massa óssea a partir de 2%. Com isso, pode-se buscar paralisar o processo e evitar a doença.

      Aconteceu ainda um grande avanço nas áreas de dermatologia, medicina estética e cirurgia plástica. Hoje, graças à evolução tecnológica, novos produtos, técnicas e com os descobrimentos de novos remédios, ácidos e cremes, já é possível retardar uma cirurgia plástica precoce. Além disso, hoje a melhoria de métodos e aperfeiçoamentos constantes fez com que uma plástica, por exemplo, se tornasse menos perceptível e menos invasiva.

      A tendência atual é recorrer sempre a medicina preventiva, não só quanto aos recursos terapêuticos, médicos ou cirúrgicos, mas também aos recursos econômicos, sociais e culturais. A descoberta precoce de uma doença é cada vez mais valorizada na medicina moderna, não por razões puramente médicas como também econômicas.

       Uma das mais importantes revoluções deste século na área médica, é sem dúvida, o projeto genoma. Será de suma importância para as futuras gerações, pois vai possibilitar a prevenção de doenças hereditárias ou pelo menos amenizar seus sintomas. Daqui há 50 anos, a terapia genética estará disponível para a maioria das doenças e a expectativa de vida do homem chegará aos 90 anos.

* O autor é especialista em cirurgia geral e saúde digestiva.

         

     

Comentários

Medicina Preventiva

A medicina preventiva é a especialidade médica que propõe uma abordagem focada na promoção da saúde, indo além do tratamento…

Avanços na Medicina

      O progresso no campo sanitário, os padrões nutritivos das pessoas e o desenvolvimento da medicina em todos os campos,…

Doenças no quadril da criança

      Nos consultórios médicos, a dor nos quadris relatada pelas crianças é bastante comum. A dificuldade no diagnóstico é frequente,…

Amebíase

A amebíase é uma infecção comum em áreas tropicais com más condições de saneamento. Ela é disseminada pela ingestão de…

Ciência Médica

Os médicos tratam pessoas há milhares de anos. A primeira descrição escrita de um tratamento médico é do Egito antigo…

Apendicite Aguda

A apendicite aguda corresponde à inflamação do apêndice no ceco, que é uma pequena estrutura localizada no lado direito do…