Correio de Carajás

Audiência Pública irá debater criação de novos cursos no IFPA – Rural

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
4 Visualizações

No dia 24 deste mês, o Instituto Federal do Pará (IFPA) – Campus Marabá Rural realiza audiência pública na Câmara Municipal de Marabá, a partir das 8 horas, para debater junto à comunidade a implantação de novos cursos superiores no campus local da instituição. O objetivo é dialogar com toda a população pertencente à área de abrangência do campus sobre a demanda da região.

Estão convidados para comporem a mesa diretores geral e de ensino do Campus, membros da administração municipal, da Câmara de Vereadores, da 4ª Unidade Regional de Ensino de Marabá, representantes dos discentes do ensino médio, de sindicatos rurais e de movimentos sociais.

Durante a audiência será feita a apresentação de alguns dos cursos superiores, dentre eles medicina veterinária, zootecnia, agronomia, engenharia florestal, ciências biológicas, matemática, história, geografia e pedagogia.

Leia mais:

A partir das 10 horas será aberta a tribuna para que sejam apresentadas as proposições da plenária e para 11 horas está previsto serem feitos os indicadores dos possíveis Cursos Superiores, a partir de definição da demanda externa e de votação.

Além disso, nesta manhã, o diretor geral do Campus, Marcos Antônio Leite da Silva, a diretora de ensino, Shauma Tâmara Sobrinho, e Joari Oliveira Procópio, chefe do departamento do Campus Comunidade, se reuniram com o secretário municipal de Educação de Marabá, Luciano Dias, para debater um termo de cooperação entre as instituições para melhoria do “Ensino do Campo”.

Conforme o acordado, neste sentido, o IFPA irá auxiliar no processo educativo da rede municipal de ensino, com formação de professores, por exemplo, enquanto a contrapartida da Semed irá apoiar o IFPA com infraestrutura e logística. Após a discussão, será construída uma minuta para ser assinada, apresentando detalhadamente os pontos do termo.

No último mês, o Campus Rural de Marabá comemorou 10 anos de existência. A criação se deu em decorrência da sansão da Lei 11.534, de 25 de outubro de 2007, que instituiu a Escola Agrotécnica de Marabá. Esta tornou-se, posteriormente, o Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.  (Luciana Marschall)

 

No dia 24 deste mês, o Instituto Federal do Pará (IFPA) – Campus Marabá Rural realiza audiência pública na Câmara Municipal de Marabá, a partir das 8 horas, para debater junto à comunidade a implantação de novos cursos superiores no campus local da instituição. O objetivo é dialogar com toda a população pertencente à área de abrangência do campus sobre a demanda da região.

Estão convidados para comporem a mesa diretores geral e de ensino do Campus, membros da administração municipal, da Câmara de Vereadores, da 4ª Unidade Regional de Ensino de Marabá, representantes dos discentes do ensino médio, de sindicatos rurais e de movimentos sociais.

Durante a audiência será feita a apresentação de alguns dos cursos superiores, dentre eles medicina veterinária, zootecnia, agronomia, engenharia florestal, ciências biológicas, matemática, história, geografia e pedagogia.

A partir das 10 horas será aberta a tribuna para que sejam apresentadas as proposições da plenária e para 11 horas está previsto serem feitos os indicadores dos possíveis Cursos Superiores, a partir de definição da demanda externa e de votação.

Além disso, nesta manhã, o diretor geral do Campus, Marcos Antônio Leite da Silva, a diretora de ensino, Shauma Tâmara Sobrinho, e Joari Oliveira Procópio, chefe do departamento do Campus Comunidade, se reuniram com o secretário municipal de Educação de Marabá, Luciano Dias, para debater um termo de cooperação entre as instituições para melhoria do “Ensino do Campo”.

Conforme o acordado, neste sentido, o IFPA irá auxiliar no processo educativo da rede municipal de ensino, com formação de professores, por exemplo, enquanto a contrapartida da Semed irá apoiar o IFPA com infraestrutura e logística. Após a discussão, será construída uma minuta para ser assinada, apresentando detalhadamente os pontos do termo.

No último mês, o Campus Rural de Marabá comemorou 10 anos de existência. A criação se deu em decorrência da sansão da Lei 11.534, de 25 de outubro de 2007, que instituiu a Escola Agrotécnica de Marabá. Esta tornou-se, posteriormente, o Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.  (Luciana Marschall)

 

Comentários

Mais

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

O Brasil vai receber 842.400 doses da vacina da farmacêutica Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A informação foi dada pelos coordenadores…
Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Teve início hoje (13) o 1º Fórum Nacional da Pessoa Idosa. O evento, organizado pelo Ministério da Mulher, Família e…
Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Depois de todo o país se chocar com a morte do menino Henry, de 4 anos, no Rio de Janeiro,…
Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Com exibição em plataforma de streaming própria, a abertura oficial do 6º Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira, o…
Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Moradores de Novo Progresso, sudoeste do Pará, resgataram um filhote de onça preta. De acordo com testemunhas, o animal estava…
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Pelo segundo mês consecutivo, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou, em março, alta da taxa para…