Correio de Carajás

Atraso no pagamento do seguro defeso prejudica pescadores

Permissão para pesca foi retomada no início do mês e tem sido um alento, segundo pescadores /Foto: Josseli Carvalho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os pescadores cadastrados na Colônia Z-30, em Marabá, começaram a receber somente esta semana o pagamento do seguro defeso. Esse benefício permite ao pescador profissional solicitar ao INSS o pagamento do seguro-desemprego durante o período do defeso, ou seja, quando ele fica impedido de pescar em razão da necessidade da preservação das espécies.

De acordo com o presidente da Z-30, Edvaldo Ribeiro da Cruz, esse ano foi muito difícil, já que os pescadores passaram o período da piracema sem poder trabalhar e sem receber o seguro. “Não foi culpa da gente, foi culpa nos órgãos que dificultaram nosso trabalho. Houve um acordo cooperativo e, as colônias, ficaram pendentes em algumas documentações, precisando de certidões municipais, estaduais e federais e, tivemos que correr atrás disso”, explica.

Como o período do defeso encerrou e o seguro só foi liberado recentemente, o presidente afirma que os pescadores estão recebendo todas as quatro parcelas, das quais tem direito. Atualmente cerca de 700 pescadores estão cadastrados na Colônia, porém, somente cerca de 200 está com o cadastro atualizado e recebendo o seguro.

Leia mais:

“Apesar da demora, agora todo mundo que atualizou seu cadastro está recebendo as quatros parcelas. As coisas estão melhorando e estamos voltando a pescar. Muitos que ainda não voltaram foi porque não recebeu o seguro”.

O presidente da Z-30 finaliza, afirmando que o pescado principal do rio Tocantins no momento está sendo o marapá, seguido da pescada, pial e branquinha.

A equipe do CORREIO ressalta sobre a importância da preservação do meio ambiente, em especial dos rios que banham nossa cidade. “Não jogue lixo nos rios. Denuncie!”. Números da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA): Disque denúncia – 3323-0571 / 94 99233-0523. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Exposição on-line apresenta obras produzidas por artistas de Parauapebas

Exposição on-line apresenta obras produzidas por artistas de Parauapebas

Já está disponível na página do Movimenta Pebas, a exposição virtual das três obras produzidas no programa de residência artística…
Estudos fraudados não deslegitimam artigos que comprovam ineficácia da cloroquina contra a covid-19

Estudos fraudados não deslegitimam artigos que comprovam ineficácia da cloroquina contra a covid-19

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR:    Médico norte-americano apresenta evidências enganosas ao sugerir conspiração da ciência contra cloroquina. Texto publicado em…
Mutirão, em Marabá, vacina mais de 10 mil pessoas acima dos 45 anos

Mutirão, em Marabá, vacina mais de 10 mil pessoas acima dos 45 anos

A partir desta segunda-feira (21), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) retomou a vacinação contra a covid-19 para quem está…
É falso que senadores republicanos tenham descoberto origem da covid-19

É falso que senadores republicanos tenham descoberto origem da covid-19

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR:  Conteúdo verificado: Texto publicado em site na internet segundo o qual senadores republicanos revelaram que já…
Temperatura sobe e agita o verão de Parauapebas

Temperatura sobe e agita o verão de Parauapebas

Junho chegou e com ele a onda de calor mais forte do ano na região amazônica. As temperaturas podem superar…
Projeto que cria linhas de ônibus turísticas em Parauapebas será votado nesta terça (22)

Projeto que cria linhas de ônibus turísticas em Parauapebas será votado nesta terça (22)

Consta na pauta da Sessão Ordinária desta terça-feira (22) da Câmara Municipal de Parauapebas o Projeto de Lei Nº 54…