Correio de Carajás

Atrações musicais emocionam devotos de Nazaré

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A berlinda que transporta a imagem de Nossa Senhora de Nazaré no Círio de Marabá chegou na Folha 32, na Nova Marabá, e foi recepcionada com show de fogos e atrações do Círio Musical, que emocionam os devotos no palco montado em frente à Prefeitura Municipal de Marabá. Prestam homenagens à Santa a dupla Caio Victor e Tinan e as cantoras Nilva Burjack e Lucinha Bastos.

“A festa está linda, alegre, estamos vendo o povo de Deus caminhando, rezando, levando consigo Maria e Jesus. É a alma do povo. Isso não se explica, é graça de Deus. Essa celebração é linda, muito linda, a cada ano aumenta a quantidade de pessoas participando e isso nos deixa muito felizes”, comentou o bispo Dom Vital Corbellini.  

Conforme ele, o intuito do Círio é levar esperança e fé às pessoas. “O povo quer vida, queremos vida, paz, nesta cidade e no mundo. Queremos que haja mais vida, menos corrupção e cada um de nós precisa trabalhar para o bem. Maria nos ensina a viver fé, esperança e caridade”.

Leia mais:

A cantora paraense Lucinha Bastos participa pela segunda vez do Círio de Marabá. “Eu sempre agradeço ao convite porque cantar para Maria é um momento único. A gente precisa agradecer. A gente passa o ano todo pedindo por tantas graças e o momento do Círio é um momento de agradecer, momento de conscientização, de reflexão e de evangelizar também o público, essa emoção é impagável”, afirmou.

Autoridades dividem o palco com as atrações musicais. O prefeito Sebastião Miranda destacou que o evento de Marabá é o segundo maior do estado, ficando atrás apenas do Círio de Belém. “É uma bela demonstração de fé do povo do sul do Pará. A gente fica feliz por ser o 37º Círio e a gente vê a participação maciça da população da região. Aproveitamos para fazer uma homenagem em nome da prefeitura, uma homenagem bonita porque é uma festa tradicional e uma homenagem à Nossa Senhora”, declarou.

Para ele, ainda, o tamanho da celebração demonstra a importância regional de Marabá. “É uma festa religiosa, mas cultural também e a gente faz o possível para receber bem as pessoas com a cidade organizada”.

Márcio Roberto Araújo Costa participa da romaria desde quando chegou em Marabá, há 11 anos. Nas mãos carrega uma réplica da imagem em miniatura. Conforme ele, Nossa Senhora de Nazaré é levada anualmente ao Círio.

“Minha mãe me presenteou com ela quando eu vim para Marabá e não tinha mais a oportunidade de ir acompanhar o Círio em Belém. Ela resolveu vir pra Marabá e me presentear com essa imagem. Daí em diante eu trago ela para acompanhar o Círio e sempre que estiver em Marabá e tiver a oportunidade eu vou trazer ela junto comigo”, ressaltou.

Márcio Roberto afirma ser devoto da Santa desde criança. “Minha família toda é e a gente acompanha sempre essa data. Espero que este Círio traga paz, felicidade e saúde para todos e que possamos seguir um novo caminho na benção de Nossa Senhora de Nazaré”. Após as homenagens no local, a imagem segue para o Santuário, na Folha 16, Nova Marabá. (Luciana Marschall e Nathália Viegas)

 

A berlinda que transporta a imagem de Nossa Senhora de Nazaré no Círio de Marabá chegou na Folha 32, na Nova Marabá, e foi recepcionada com show de fogos e atrações do Círio Musical, que emocionam os devotos no palco montado em frente à Prefeitura Municipal de Marabá. Prestam homenagens à Santa a dupla Caio Victor e Tinan e as cantoras Nilva Burjack e Lucinha Bastos.

“A festa está linda, alegre, estamos vendo o povo de Deus caminhando, rezando, levando consigo Maria e Jesus. É a alma do povo. Isso não se explica, é graça de Deus. Essa celebração é linda, muito linda, a cada ano aumenta a quantidade de pessoas participando e isso nos deixa muito felizes”, comentou o bispo Dom Vital Corbellini.  

Conforme ele, o intuito do Círio é levar esperança e fé às pessoas. “O povo quer vida, queremos vida, paz, nesta cidade e no mundo. Queremos que haja mais vida, menos corrupção e cada um de nós precisa trabalhar para o bem. Maria nos ensina a viver fé, esperança e caridade”.

A cantora paraense Lucinha Bastos participa pela segunda vez do Círio de Marabá. “Eu sempre agradeço ao convite porque cantar para Maria é um momento único. A gente precisa agradecer. A gente passa o ano todo pedindo por tantas graças e o momento do Círio é um momento de agradecer, momento de conscientização, de reflexão e de evangelizar também o público, essa emoção é impagável”, afirmou.

Autoridades dividem o palco com as atrações musicais. O prefeito Sebastião Miranda destacou que o evento de Marabá é o segundo maior do estado, ficando atrás apenas do Círio de Belém. “É uma bela demonstração de fé do povo do sul do Pará. A gente fica feliz por ser o 37º Círio e a gente vê a participação maciça da população da região. Aproveitamos para fazer uma homenagem em nome da prefeitura, uma homenagem bonita porque é uma festa tradicional e uma homenagem à Nossa Senhora”, declarou.

Para ele, ainda, o tamanho da celebração demonstra a importância regional de Marabá. “É uma festa religiosa, mas cultural também e a gente faz o possível para receber bem as pessoas com a cidade organizada”.

Márcio Roberto Araújo Costa participa da romaria desde quando chegou em Marabá, há 11 anos. Nas mãos carrega uma réplica da imagem em miniatura. Conforme ele, Nossa Senhora de Nazaré é levada anualmente ao Círio.

“Minha mãe me presenteou com ela quando eu vim para Marabá e não tinha mais a oportunidade de ir acompanhar o Círio em Belém. Ela resolveu vir pra Marabá e me presentear com essa imagem. Daí em diante eu trago ela para acompanhar o Círio e sempre que estiver em Marabá e tiver a oportunidade eu vou trazer ela junto comigo”, ressaltou.

Márcio Roberto afirma ser devoto da Santa desde criança. “Minha família toda é e a gente acompanha sempre essa data. Espero que este Círio traga paz, felicidade e saúde para todos e que possamos seguir um novo caminho na benção de Nossa Senhora de Nazaré”. Após as homenagens no local, a imagem segue para o Santuário, na Folha 16, Nova Marabá. (Luciana Marschall e Nathália Viegas)

 

Comentários

Mais

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Um convênio assinado hoje (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a agência internacional Central Internacional para a Compra de…
Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Em 2020, foram abertas 3,3 milhões de novas empresas, segundo levantamento da Serasa Experian. O número representa um crescimento de…
Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início…
Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

A segunda bebida mais consumida no mundo é também aquela que hoje serve como instrumento para aproximar ainda mais as…
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre

Termina hoje (14), às 23h59, o prazo de inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre…
Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão judicial ratifica atuação da Arcon no combate ao transporte clandestino

Decisão favorável do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA), no final do mês passado, ratifica o poder de…