Correio de Carajás

Atendimento psicológico on-line a servidores da Unifesspa é normatizado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimento psicologico servidoresA Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) segue desenvolvendo iniciativas de atendimento à saúde mental dos servidores. Com o atendimento psicológico on-line reconhecido e regulamentado pelo Conselho Federal de Psicologia, a Divisão de Saúde e Qualidade de Vida da Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (DSQV/Progep) passa a adotar essa nova forma de assistência como mais uma importante alternativa de assegurar a saúde emocional dos servidores.

A DSQV espera, com essa medida, ampliar o número de atendimentos psicológicos, contemplando especialmente os servidores que atuam nos campi fora da sede. O serviço é realizado pelo Departamento de Assistência Psicossocial (Deapsi) da DSQV, coordenado pela psicóloga Poliana Ferreira.

“O atendimento on-line não veio para substituir o modelo tradicional, mas para somar, sobretudo, nesse tempo de pandemia. Com isso, temos a possibilidade de atender ao maior número de servidores, em especial aqueles que estão lotados em unidades distantes da sede da DSQV ou em outro campus da Unifesspa. Um recurso que veio pra ficar”, comemorou Poliana Ferreira.

Leia mais:

De acordo com a psicóloga, apesar de não oferecer os mesmos recursos de ambiência do atendimento presencial, o acolhimento on-line oferece outras vantagens. “A gente perde o contato físico, o olhar, o toque, entre outras condições próprias da cena terapêutica, mas encontramos outros benefícios como a facilidade de acesso, na hora e local desejados pelo servidor, diminuindo as distâncias, o que muitas vezes fazia com que ele deixasse esse cuidado para depois. Além disso, adotando todas as orientações previstas na normativa, o atendimento se torna mais discreto e sigiloso”, destacou.

Antes desse serviço aos servidores ser normatizado na Unifesspa, vários atendimentos on-line chegaram a ser realizados pela DSQV no ano passado, numa ação específica em parceria com a Faculdade de Psicologia (Fapsi/Unifesspa), para atender às demandas geradas no contexto de crise da pandemia. A ação foi considerada exitosa e serviu de experiência para consolidar essa nova forma de atendimento na universidade.

O Atendimento Psicológico realizado pela DSQV não se caracteriza como psicoterápico, mas como psicossocial, ou seja, consiste em prestar atendimento especializado aos servidores com dificuldades que possam interferir na sua vida funcional.

“Trata-se de uma escuta emergencial em que o servidor terá um espaço próprio para falar da sua relação com o trabalho e receber as orientações e encaminhamentos necessários. A expectativa é que haja uma procura maior pelos atendimentos e os nossos servidores possam cuidar cada vez melhor das suas emoções”, acrescentou Poliana Ferreira.

Para acessar a normativa completa, clique aqui.

Como solicitar o atendimento on-line?

Para solicitar o atendimento psicológico on-line oferecido pela DSQV, o servidor deve entrar em contato pelo e-mail [email protected] A iniciativa poderá partir do servidor, do grupo de trabalho ou encaminhamento pela chefia. O atendimento será realizado com horário agendado, via Google Meet, respeitando a lista de espera de atendimento.
O servidor deverá estar conectado no horário combinado e no seu local escolhido para o atendimento psicológico on-line (sua casa, escritório, outros). Caso o servidor não possa comparecer ou desista do atendimento, deve avisar antecipadamente por e-mail. Desse modo, haverá a remarcação e a possibilidade de outro servidor ocupar esse horário de atendimento.

Se o servidor faltar ao encontro virtual sem avisar com no mínimo três horas de antecedência, a sessão não será reagendada e o servidor entrará novamente na fila de espera dos atendimentos.

É imprescindível que o atendimento ocorra em um local reservado tanto do lado do paciente quanto do lado do profissional, para que o sigilo seja assegurado e ambos tenham liberdade de se expressar.

O servidor deverá cuidar da segurança dos equipamentos que utiliza para a realização das sessões, observando todas as recomendações constantes na Normativa para garantir o sigilo e segurança do atendimento.

Ao servidor que solicitar esse serviço será disponibilizado, em média, 3 a 5 atendimentos, dependendo da necessidade de cada caso. O servidor, então, será encaminhado para rede de saúde mental pública ou particular. Após os encaminhamentos necessários, o servidor será acompanhado pela equipe psicossocial da DSQV, podendo solicitar novos atendimentos de apoio ao longo desse processo. (Fonte: Ascom Unifesspa)

Comentários

Mais

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Dentre os manifestantes que acamparam em frente à Prefeitura de Parauapebas de terça (3) para quarta (4) estavam moradores do…
Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

O prefeito de Parauapebas Darci Lermen não se reuniu com os manifestantes que ocupam o prédio do Executivo e correu…
Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

A manifestação iniciada na terça-feira (3) em frente à Prefeitura de Parauapebas não esmoreceu e continua ainda na tarde desta…
Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

O Pará entrou nesta quarta-feira, 4, na lista de estados que aderiram à campanha Race to Zero (Corrida para o…
Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

A primeira escola cívico-militar do sul do Pará foi inaugurada em Redenção, nesta terça-feira (3). Denominada Escola Municipal Cívico-Militar Eva…
Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

A terça-feira (3) foi marcada por manifestações em Parauapebas, em que associações de diferentes bairros mandaram representantes para a porta…