Correio de Carajás

Artista visual marabaense expõe obras oxidadas por grades de ferro

A intenção do trabalho do artista é produzir algo que se assemelhe a rendas
A intenção do trabalho do artista é produzir algo que se assemelhe a rendas/ Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Fundação Casa da Cultura de Marabá recebe, a partir das 9 horas desta terça-feira, 15, a Exposição “Rendas de Ferro”, do artista visual marabaense Bino Sousa.

Com impressões em tecidos, feitas a partir de uma monotipia – técnica que consegue realizar a reprodução de um desenho – grades de ferro foram utilizadas como ponto de partida das obras.

Técnica utilizada por Bino Sousa consegue reproduzir do desenho da grade de ferro/ Foto: Evangelista Rocha
Técnica utilizada por Bino Sousa consegue reproduzir do desenho da grade de ferro/ Foto: Evangelista Rocha

“Venho pesquisando sobre as grades de ferro de Marabá desde 2014. Consegui esse material em ferros velhos e sucateiros”, conta Bino.

Leia mais:

Como forma de homenagear a arquitetura antiga da cidade, a intenção do trabalho do artista é produzir algo que se assemelhe a rendas e adornos que embelezam as casas da cidade.

“Quando coloco o desenho nos tecidos, ele fica maleável, tem outra significância”, analisa.

Outro artista visual que esteve presente durante a organização da exposição foi Marcone Moreira, premiado pelo Brasil afora com diversos trabalhos. Atualmente, ele preside a Associação dos Artistas Visuais de Marabá e ressalta que é importante estabelecer essa troca entre os artistas e acompanhar os processos.

“A nossa arte é produzida em um processo meio solitário, porém, o trabalho só existe quando ele é mostrado. Não é à toa que a gente faz exposições. E é nesse momento que estamos abertos a diversas leituras. Estou muito feliz com esse trabalho do Bino. É um caminho mais maduro, que ele vai percorrer naturalmente”, avalia Marcone.

Moreira lamenta que os artistas locais não são estimulados a promover a produção cultural local. “Esse é mais um trabalho fruto de um edital municipal, que por uma obrigação de uma lei federal, por causa da pandemia, todos os municípios do País receberam um valor para os artistas locais”, relembra.

O professor do curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Alixandre Santos, o Alixa, foi convidado por Bino Sousa para fazer uma reflexão filosófica, estética e teórica a respeito do atual trabalho que ele está realizando.

“Bino Sousa resgata peças que foram descartadas e dá um outro significado para elas”/Foto: Evangelista Rocha
“Bino Sousa resgata peças que foram descartadas e dá um outro significado para elas”/Foto: Evangelista Rocha

Para Alixa, é muito interessante essa relação de construção de arte a partir das grades que oxidam no tecido e reproduze o desenho. “Traz uma diversidade de questões que são típicas da região. Bino resgata essas peças que foram descartadas e dá um outro significado para elas. As grades têm uma relação com a extração do minério de ferro, têm relação com a proteção das casas. Outro ponto é a montagem das imagens em tecidos, que estão expostos como se fossem roupas nos varais”.

A Exposição “Rendas de Ferro”, de Bino Sousa, ficará por uma semana na Casa da Cultura, podendo ser prorrogada. (Chagas Filho e Ana Mangas)

Comentários

Mais

Líder da Fetraf estadual perde luta contra o câncer

Líder da Fetraf estadual perde luta contra o câncer

Nesta terça-feira, dia 27, Viviane Pereira de Oliveira, a popular Vivian, perdeu a luta de oito anos contra um tumor…
Moradores da Vila do Rato aprovam ponte interligando ao Bairro Amapá

Moradores da Vila do Rato aprovam ponte interligando ao Bairro Amapá

Após a notícia da possível construção de uma ponte interligando os bairros Amapá e Marabá Pioneira, passando pela Vila Canaã…
Professores de Marabá voltam às escolas dia 9 de agosto

Professores de Marabá voltam às escolas dia 9 de agosto

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, em março de 2020, todos os professores da rede municipal de Educação…
Enfermeiros consolam homem com fobia de agulha para vaciná-lo na Paraíba [VÍDEO]

Enfermeiros consolam homem com fobia de agulha para vaciná-lo na Paraíba [VÍDEO]

Brincadeiras à parte, muitos adultos possuem fobia de agulha – uma condição conhecida como ‘Aicmofobia‘. Esse pavor inconsciente por vezes…
Presidente do Flamengo e mais quatro são denunciados pelo MPF por prejuízo a fundos de pensão

Presidente do Flamengo e mais quatro são denunciados pelo MPF por prejuízo a fundos de pensão

O Ministério Público Federal de Brasília denunciou à Justiça o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e outras quatro pessoas pelo…
Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac

Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac

O Instituto Butantan entregou hoje (28) mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria…