Correio de Carajás

Após apreensão, celular e carteira da OAB são devolvidos a advogado

Comissão da OAB interviu em favor do advogado. (Fotos: Ronaldo Modesto)
Comissão da OAB interviu em favor do advogado. (Fotos: Ronaldo Modesto)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O celular do advogado Arivaldo Aires da Rocha foi devolvido nesta segunda-feira (23) após ter sido apreendido na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, na noite da última quinta-feira (19), sob a alegação de que o advogado estaria fazendo imagens indevidas de um homem apreendido.

Na manhã desta segunda-feira, a presidente da OAB Parauapebas, Maura Paulino, o Conselheiro Estadual da OAB Pará, Deivid Benasor, e o próprio Arivaldo compareceram à delegacia para receber os pertences.

O advogado Arivaldo filmava a apresentação de um cliente quando teve objetos recolhidos. (Fotos: Ronaldo Modesto)

“Nós viemos registrar Boletim de Ocorrências (B.O). O doutor Arivaldo, no exercício da sua profissão, foi violado. Foi violado o celular dele que faz parte da profissão, faz parte do escritório, faz parte do ofício que ele está exercendo. A atitude do delegado e do policial (militar) foi realmente arbitrária”, sentenciou a presidente da OAB.

Leia mais:

A identidade profissional do Advogado foi devolvida no dia seguinte à apreensão, juntamente com o pedido verbal de devolução do aparelho celular, que não foi entregue. “A pessoa (fotografada) já era cliente do advogado, que inclusive já atuou em outros casos.  O profissional teve sua OAB apreendida, ou seja, sua identidade profissional apreendida, o que é muito grave. Foi noticiado que ele estava aqui na hora das imagens e o advogado pode, no exercício da profissão, inclusive, gravar audiências, depoimentos, tirar fotos. Em momento algum ele abusou de alguma forma do exercício profissional dele”, argumenta a presidente, repudiando veementemente a atitude.

Devolução de celular ocorreu após reunião com delegado plantonista. (Fotos: Ronaldo Modesto)

O Conselheiro Estadual da OAB Pará, Deivid Benasor, disse que o consenso pela devolução foi alcançado após conversa com o delegado plantonista Jailson Lucena. “Conversamos com o delegado na presença de outros delegados e a autoridade policial depois de ouvir todos os argumentos apresentados pela entidade OAB acabou reconsiderando a decisão, decidindo devolver o aparelho que havia sido apreendido”. O delegado não quis gravar entrevista, alegando que estava muito ocupado. 

Entenda

Na quinta, a Polícia Militar encaminhou à Delegacia de Polícia Civil Ramon Felipe Santos, acusado de tentar agredir o pai. Neste momento, o advogado Arivaldo teria feito imagens da condução do preso. Um policial militar que atuava na situação apreendeu o celular e a documentação do advogado e entregou os objetos ao delegado plantonista. (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

Dona de casa é atropelada em bicicleta e morre em Tailândia

A Polícia Civil de Tailândia investiga um acidente de trânsito que resultou na morte da dona de casa Maria Ramos.…
Um morto e um ferido no Vale do Sol

Um morto e um ferido no Vale do Sol

Dois homens foram vitimados, e um deles não resistiu aos tiros e morreu. Os acusados são dois homens que estavam…
Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Acidente deixa motociclista morto e carona ferido

Um acidente envolvendo um caminhão e uma moto vitimou Jefferson Azevedo, de 32 anos, na madrugada desta quarta-feira (22) na…
Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Chacina de Parauapebas: preso chegará ao município nesta quarta

Deve chegar ao município de Parauapebas nesta quarta-feira (22) Marcone de Jesus da Silva, suspeito de envolvimento na chacina que…
PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

PRF apreende 32,9m³ de madeira transportada ilegalmente

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão no Km 906 da BR-230 que transportava oito toras com cerca de 32,9…
Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Marido denuncia a companheira por arma escondida em colchão

Uma arma de uso exclusivo da Polícia Militar do Pará foi encontrada escondida num colchão. O caso ocorreu nesta terça-feira,…