Correio de Carajás

Alunos de Marabá ganham destaque em competições nacionais

Alunos de Marabá ganham destaque em competições nacionais
Diretora Mariluce Siqueira, professor Jeús com a aluna Sara, medalha de prata na OAB/ Fotos: Ulisses Pompeu
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) chegou este ano a sua 22ª edição e é considerada a maior avaliação científica de estudantes dos ensinos fundamental e médio do país. Em Marabá, a aluna Sara Nascimento Dias, 14 anos, que estuda em uma das turmas de 9º ano da Escola Municipal João Anastácio de Queiroz, ficou em segundo lugar e ganhou medalha de prata na competição, que teve a participação de 884.979 alunos oriundos de 9.965 escolas participantes no País inteiro.

Na última sexta-feira, 18, a direção da Escola João Anastácio promoveu uma gincana com todos os estudantes do fundamental e, ao mesmo tempo, entregou certificados para outros 13 estudantes que se destacaram na competição da OAB.

Educadoras e estudantes da Escola João Anastácio premiados nas duas competições relacionadas à Ciência

A aluna Sara Nascimento conta que apesar de preferir a disciplina de História, se esforça bastante, por isso sempre tira boas notas em todas as matérias e graças a essa dedicação aos estudos veio o bom resultado na olimpíada científica. “A maioria das coisas eu já tinha estudado em sala de aula e as outras dava pra entender pelas próprias questões porque o texto era bem explicado”, lembra, revelando que pretende fazer faculdade de Arquitetura.

Leia mais:

As provas foram aplicadas em maio deste ano e são divididas em quatro níveis, sendo os três primeiros para o fundamental e o último para o ensino médio, com 10 questões, sendo sete de astronomia e três de astronáutica. As avaliações foram feitas nas próprias escolas e as medalhas foram distribuídas de acordo com a pontuação alcançada em cada segmento da avaliação. Os estudantes mais bem classificados representarão o Brasil nas olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica e na Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2020.

Outro destaque da Escola João Anastácio de Queiroz foi Daniel da Silva Santos, 14 anos, que é aluno do 8º ano e foi classificado para participar da Jornada Nacional de Foguetes em Barra do Piraí, no estado do Rio de Janeiro, que terá abertura no dia 9 de dezembro deste ano e terá duração de quatro dias, nos quais os estudantes devem assistir palestras com engenheiros da Agência Espacial Brasileira (AEB), com profissionais do Instituto de Aeronáutica e Espaço e com universitários dessa área de conhecimento.

O marabaense Daniel foi selecionado após participar da 13ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), que foi realizada em junho deste ano, paralelamente à Olimpíada de Astronomia e Astronáutica. Os dois eventos são coordenados por uma comissão formada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira e da Agência Espacial Brasileira (AEB).

A MOBFOG é uma competição em que os alunos constroem e lançam foguetes o mais alto possível, a partir de uma base de lançamento. Isso pode ser feito individualmente ou em equipes de no máximo três integrantes. Este ano foi a primeira vez que alunos de 6º ao 9º ano puderam participar dessa olimpíada que é experimental e até então era aberta apenas a alunos do ensino médio.

Professor Jeús com o aluno Daniel Santos, único medalha de prata do Pará na MOBFOG

O foguete construído por Daniel atinge 100 metros de distância e é feito com material alternativo, utilizando cano PVC, garrafa pet, balão, fita de náilon, haste de plástico (retirada de pasta para documentos) e foi montado com cola, braçadeiras e um registro, que é acionado para que o foguete voe com a pressão da água.

O garoto, que começou a participar de projetos de montagem de foguetes quando tinha ainda sete anos de idade, já construiu também um controle para acionar robôs. Ele pretende seguir carreira nas áreas de Design ou Engenharia Robótica, e está bastante animado para a viagem ao Rio de Janeiro. “Mandamos nosso projeto pra lá, por meio de um vídeo, e eu pensei que nem ia ser chamado porque tinha vários concorrentes a nível nacional, mas eu fui selecionado pra ir ao Rio e estou muito animado”, lembrou.

A diretora da escola, Mariluce Siqueira Leal, aconselha que outras instituições de ensino do município também estimulem o aprendizado dos alunos nessas competições, procurando se informar sobre os prazos de inscrição da escola. “Essa é a intenção de quando a gente vai certificar esses estudantes, levar a visibilidade de toda a escola para que outros alunos tenham vontade de participar e ver o quanto é bom você estar ali recebendo medalhas, certificados e sendo reconhecido pelo seu empenho, seu esforço de estudo”, disse.

O professor Jeús Lima Torres, da disciplina de Geografia, vai viajar para acompanhar Daniel no evento de lançamento nacional de foguetes no Rio de Janeiro. Ele ressaltou que o aluno já veio de outra escola com certo conhecimento sobre produção de foguete e que, juntos, o projeto foi aprimorado para participar da MOBFOG. “Estamos orgulhosos de que o projeto de nossa escola foi bem avaliado pela coordenação nacional e queremos representar bem Marabá lá fora”, diz. (Fabiane Barbosa e Ulisses Pompeu)

Comentários

Mais

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Antes de iniciar seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro convidou para o palco o vereador Fernando Henrique, de Marabá, e…
Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Festejado por apoiadores em Marabá, que estiveram aos milhares acompanhando seus passos desde o desembarque no aeroporto local, o presidente…
Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Neste sábado (19) todas as unidades de saúde das zonas urbana e rural de Parauapebas abrem das 9 às 17…