Correio de Carajás

Alunos da Unifesspa criam projeto para dar suporte emocional na universidade

Alunos da Unifesspa criam projeto para dar suporte emocional na universidade
Foto: reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

No mês da conscientização sobre a gravidade de doenças como a depressão, alunos da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) se uniram para mostrar uma ação empática: o Projeto “Carta Amarela”, que se fundamenta na criatividade e na disponibilidade de alguns alunos da Unifesspa de mudar essa realidade no ambiente universitário, onde muitos alunos se encontram tristes, angustiados por causa das pressões do dia a dia e até mesmo depressivos.

Segundo o aluno Carlos Eduardo Páscoa Alves, do curso de Letras/Português, a “Carta Amarela” é um meio pelo qual qualquer aluno poderá escrever uma carta para alguém que precisa receber palavras de apoio, de motivação, de suporte à autoconfiança e autoestima. “Queremos agregar essa estratégia no ambiente acadêmico, envolvendo o maior número de pessoas que entendam que há outros aqui na Universidade que sofrem de crises de ansiedade, depressão e, que, muitos desses casos, podem levar ao suicídio”, disse.

As cartas serão entregues aos ‘carteiros’, identificados com uma bolsa amarela, que serão responsáveis por receber e entregar as correspondências.

Leia mais:

A quem se destina e quem pode participar?

O Projeto se destina, por hora, aos alunos da Unifesspa, sendo uma iniciativa que pretende influenciá-los a enviar cartas a pessoas que se encontram em estado de depressão. O projeto teve início nesta segunda-feira, (9).

Quem teve a ideia e quem está à frente?

O projeto nasceu de uma conversa entre os alunos Carlos Eduardo Páscoa Alves, do curso de Letras/Português e Kelrily Farias, aluna do Emancipa, que mostrou uma iniciativa realizada em uma escola, onde foram espalhados cartazes com mensagens motivadoras.

O “Carta Amarela” logo ganhou aderência por alunos do curso de Psicologia, pois eles estavam desejosos em fazer algo nesse mês tão significativo. Em seguida, outros alunos de cursos de História, Engenharia Química, Ciências Sociais, Engenharia Mecânica, Sistema de Informações, também se interessaram em fazer parte do projeto.

Segundo os idealizadores, a proposta é de mostrar caminhos para ajudar e agregar um ambiente motivador e de empatia dentro da Unifesspa.

“Existem alunos com suas histórias de vida e essas histórias muitas vezes desconhecemos. Essas pessoas acabam desabafando e confiando suas histórias de vida a alguém que não é um profissional da área de psicologia. Com o projeto, vamos informar como conseguir ajuda e influenciar para que a busquem, pois nos importamos com nossa comunidade acadêmica, queremos vê-la saudável e motivada a estar aqui todos os dias produzindo conhecimento”, concluiu entusiasmado Eduardo.

(Fonte: unifesspa.edu.br)

Mais

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Filhote de jacaré surge em bueiro aberto na Folha 6

Um morador nada comum deu o “ar da graça” e surpreendeu a população da Folha 6. Um filhote de jacaré…
Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

O prefeito Tião Miranda publicou, no final da tarde desta quinta-feira, 13, uma Nota de Repúdio contra manifestações de sindicalistas…
Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (13), a maior remessa de doses de vacinas contra Covid-19,  com um total…
Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Os proprietários de veículos com final de placas 76 a 96 poderão pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores…
Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Selecionada por um edital do Banco da Amazônia, a exposição “Suaves Brutalidades”, de Henrique Montagne Figueira, tinha um vernissage virtual…
Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu na terça-feira (11) solicitar a órgãos públicos a tomada de medidas para evitar que…