Correio de Carajás

Acusado de sequestrar e matar professora tem pedido negado pelo TJPA

REDENÇÃO

Acusado de sequestrar e matar professora tem pedido negado pelo TJPA
Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na reunião plenária da Seção de Direito Penal desta segunda-feira, 23, os desembargadores negaram pedido de trancamento de ação penal em habeas corpus ao réu David João Nunes Inácio. Ele responde a ação penal pelas práticas de extorsão mediante sequestro seguida de morte, em que foi vítima a professora Maria Helena de Oliveira Godoi, crime ocorrido em dezembro de 2015, em Redenção. David Inácio, que estava foragido desde 2015, foi preso em abril de 2018 no município de Santa Isabel, em São Paulo, onde exercia a função de diretor da Secretaria de Serviços Urbanos do município.

Conforme o habeas corpus, a defesa de David Inácio requereu o trancamento da ação penal sob o argumento de ausência de justa causa para a ação, uma vez que alegou a negativa de autoria, sendo, dessa maneira, parte ilegítima para sofrer a ação penal. A relatora do feito, desembargadora Rosi Maria Gomes de Farias, no entanto, negou o pedido, destacando que há no processo elementos suficientes para o desenvolvimento do processo, não havendo qualquer irregularidade a ser reparada.

De acordo com os autos do processo, o crime fora planejado por os réus Cleudiane Moura dos Santos e seu então companheiro, Lourival Gomes dos Santos, sendo executado com o auxílio de David e Maurício de Oliveira Pereira, que trabalhava na mesma escola que Maria Helena, na cidade de Cumaru do Norte, sendo sua superior hierárquica. Maria Helena fora sequestrada em Redenção, onde realizaria uma transação bancária pela venda de gados de sua fazenda, que lhe renderia um valor de R$ 56 mil, fato este que era do conhecimento de Cleudiane.

Leia mais:

Após o sequestro, a vítima foi levada para um cativeiro no município de Conceição do Araguaia, passando a ser extorquida para o pagamento de R$ 50 mil. Como não dispunha do dinheiro em sua conta, conseguiu que um vizinho seu da fazenda, que sempre a auxiliava financeiramente, depositasse o valor de R$ 50 mil em uma conta, a título de empréstimo. A conta fornecida foi de Maurício, o qual sacou o valor em uma agência bancária em Conceição do Araguaia, ficando com R$ 10 mil e repassando o restante a Cleudiane e Lourival.

Mesmo com a transferência do dinheiro, a professora Maria Helena foi assassinada. O corpo da vítima foi encontrado em uma mata na estrada que liga as cidades de Conceição do Araguaia e Floresta do Araguaia, após as prisões dos acusados. Em uma semana de investigações, a Polícia Civil desvendou o caso e efetivou a prisão de Cleudiane, Lourival e Maurício. Foi requerida também a prisão de David Inácio, cumprida em abril de 2018. (Ascom/TJPA)

Comentários

Mais

Menino de 13 anos mata o pai para vingar a morte da mãe

Menino de 13 anos mata o pai para vingar a morte da mãe

Um adolescente de 13 anos matou o próprio pai para vingar a morte da mãe. Após ver o homem matar…
PM dá nocaute no tráfico e prende “Maguila”

PM dá nocaute no tráfico e prende “Maguila”

A Polícia Militar do município de Abel Figueiredo prendeu Antônio da Silva Santos, conhecido como “Maguila”. Ele é acusado de…
Mulher é morta a facadas em Serra Pelada

Mulher é morta a facadas em Serra Pelada

No último sábado (4), uma guarnição da Polícia Militar em Curionópolis prendeu Francisco Alves da Silva por ter assassinado a…
Parauapebas: Assassinato é registrado na VS-10

Parauapebas: Assassinato é registrado na VS-10

Um homem, ainda não identificado pelas autoridades, foi assassinado no Complexo VS-10, em Parauapebas, na tarde desta segunda-feira (6). Testemunhas…
Homem faz criança de refém em centro comercial de Parauapebas

Homem faz criança de refém em centro comercial de Parauapebas

Um incidente grave foi registrado em centro comercial de Parauapebas, localizado no bairro Cidade Nova; um homem identificado como João…
Sinistro causa morte de morador do Cedere

Sinistro causa morte de morador do Cedere

Um acidente na PA-275, em retorno próximo ao bairro Nova Carajás, em Parauapebas, vitimou Fábio Marques de Oliveira, de 55…