Correio de Carajás

Acesso a Marabá Pioneira é liberado, mas impasse continua

A manifestação durou cerca de duas horas e possibilitou apenas que veículos de emergência acessassem o núcleo / Fotos: Josseli Carvalho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Já está liberada a principal via de acesso ao Núcleo Marabá Pioneira, que havia sido bloqueada por proprietários de bares e músicos, que se revoltaram com o decreto nº 800/2020 do Governo do Estado e o mais recente, nº 156/2020 da Prefeitura de Marabá. Eles reclamam da determinação que objetiva conter o avanço da Covid-19, mas ao mesmo tempo os prejudica, por dependerem do setor para garantir sua renda.

Jader Santos, proprietário de um bar/conveniência, tomou a frente do ato por meio da Associação dos Bares, Conveniências, Casas Noturnas, Distribuidoras, Músicos e Similares, e explicou à Reportagem que a manifestação é pacífica e questiona os critérios para fechamento dos bares. “Não entendo qual a diferença entre os empresários que atuam durante o dia e os que atuam à noite. Por que eles podem funcionar seguindo os protocolos e nós não?”, indaga.

O bloqueio não foi total, sendo liberada a entrada de ambulâncias, veículos farmacêuticos, entre outros transportes de emergência. Jader informou ainda que a categoria está buscando soluções para reverter o atual cenário, que os impede de trabalhar. “Muitas pessoas ficarão prejudicadas, nós geramos, em média, 26% da empregabilidade de Marabá, representando cerca de 80 mil cidadãos que dependem desse ramo”, queixa-se.

Leia mais:

Poucos minutos depois que o protesto havia começado, viaturas do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) e da Polícia Militar chegaram ao local para tentar desobstruir a via. Segundo o major Oeiras, da PM, ficou combinado que o Comitê de Crise para Enfrentamento ao novo Coronavírus do Município se reuniria com a categoria, sendo representados por uma comissão de quatro membros, para dialogarem sobre a situação.

Após quase duas horas de bloqueio, o acesso foi liberado, porém, até que isso acontecesse, diversos vídeos se espalharam pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, mostrando os trabalhadores da classe fechando o acesso com carroças, páletes e pneus. Neste momento, a comissão se encontra no Paço Municipal reunida com o Comitê. (Zeus Bandeira e Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Antes de iniciar seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro convidou para o palco o vereador Fernando Henrique, de Marabá, e…
Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Festejado por apoiadores em Marabá, que estiveram aos milhares acompanhando seus passos desde o desembarque no aeroporto local, o presidente…
Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Neste sábado (19) todas as unidades de saúde das zonas urbana e rural de Parauapebas abrem das 9 às 17…