Correio de Carajás

Abrajet Pará divulga resultado do Prêmio de Jornalismo em Turismo 2017

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os comunicadores e o trade turístico do Estado do Pará conheceram na última quarta-feira, 15, os vencedores da 4ª edição do “Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis”, uma iniciativa da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Pará (Abrajet Pará), com o apoio das Secretarias de Turismo (Setur) e Comunicação (Secom), da Abrajet Nacional e do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor/PA).

Ao todo, foram mais de 400 inscrições em apenas dois meses. “Nós fomos surpreendidos com o grande número de inscrições, o que mostrou que o prêmio tomou uma dimensão muito grande dentro do Estado. O nível dos trabalhos foi alto e contou com participantes de todas as regiões do Estado e de outros estados do Brasil”, comentou Isa Arnour, presidente da Abrajet Pará.

Para o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, o turismo não pode prescindir do marketing. “As pessoas circulam de um lado para outro com base nas informações que recebem da comunicação no sentido de atraí-los para um determinado local”, disse.

Leia mais:

Nesta edição, a novidade foi a implementação da categoria “Universitário” que atraiu um grande número de participantes. O valor total da premiação foi de R$ 40 mil reais. Sendo que, os profissionais vencedores receberam R$ 7 mil, os universitários recebem o prêmio de R$ 1 mil reais em cada trabalho, e na categoria #MeuBemPará as cinco imagens selecionadas levaram R$ 1 mil reais cada uma. (Ascom/Abrajet Pará)

 

Conheça os vencedores da edição 2017:

Categoria Profissional

* Jornalismo Impresso: Airton Gontow – “Jesus não nasceu lá, mas a cidade é divina” (de São Paulo)

* Radiojornalismo: Luis Fernando Machado – “Série Festival das Tribos de Juruti” (Rádio Cultura do Pará)

* Telejornalismo: João Jadson – “Círio, um fim fé semana em que a fé flui pelas ruas de Belém” (TV Liberal)

* Jornalismo On Line: Gerson Nogueira – “Aromas, temperos e sabores a serviço do turismo do Pará” (portal Diário On Line)

* Fotojornalismo: Celso Lobo – “Fotógrafo leva imagens da Amazônia para a Europa”

Categoria Universitário

* Jornalismo Impresso: Ana Laura da Silva Carvalho – “Princesa do Marajó acena a visitantes” (Unama)

* Radiojornalismo: Erlane Pereira dos Santos – “Cametá: A beira do imaginário popular”

* Telejornalismo: Leandro Tocantins Silva – “Chocolate Dona Nena” (Unama)

* Jornalismo On Line: Thais de Souza Amorim – “Conectividade em Algodoal”

 

* Fotojornalismo: Felipe Cássio Coelho Nobre – “Chegadas e Partidas”

 

Categoria: #meubempará

1º Lugar: Luiz Cláudio Nascimento Ferreira – “Cavalhada”

2º Lugar: Rafael Fernando Serrão Chaves – “Quando a vida é uma poesia”

3º Lugar: Otavio Henriques Nascimento Ferreira Neponucena – “Imponente”

4º Lugar: Maria da Conceição Miranda de Souza – “Pedra do Ver o Peso”

5º Lugar: Anderson dos Santos de Souza – “Olhar Carajás”

 

 

 

 

Os comunicadores e o trade turístico do Estado do Pará conheceram na última quarta-feira, 15, os vencedores da 4ª edição do “Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis”, uma iniciativa da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Pará (Abrajet Pará), com o apoio das Secretarias de Turismo (Setur) e Comunicação (Secom), da Abrajet Nacional e do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor/PA).

Ao todo, foram mais de 400 inscrições em apenas dois meses. “Nós fomos surpreendidos com o grande número de inscrições, o que mostrou que o prêmio tomou uma dimensão muito grande dentro do Estado. O nível dos trabalhos foi alto e contou com participantes de todas as regiões do Estado e de outros estados do Brasil”, comentou Isa Arnour, presidente da Abrajet Pará.

Para o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, o turismo não pode prescindir do marketing. “As pessoas circulam de um lado para outro com base nas informações que recebem da comunicação no sentido de atraí-los para um determinado local”, disse.

Nesta edição, a novidade foi a implementação da categoria “Universitário” que atraiu um grande número de participantes. O valor total da premiação foi de R$ 40 mil reais. Sendo que, os profissionais vencedores receberam R$ 7 mil, os universitários recebem o prêmio de R$ 1 mil reais em cada trabalho, e na categoria #MeuBemPará as cinco imagens selecionadas levaram R$ 1 mil reais cada uma. (Ascom/Abrajet Pará)

 

Conheça os vencedores da edição 2017:

Categoria Profissional

* Jornalismo Impresso: Airton Gontow – “Jesus não nasceu lá, mas a cidade é divina” (de São Paulo)

* Radiojornalismo: Luis Fernando Machado – “Série Festival das Tribos de Juruti” (Rádio Cultura do Pará)

* Telejornalismo: João Jadson – “Círio, um fim fé semana em que a fé flui pelas ruas de Belém” (TV Liberal)

* Jornalismo On Line: Gerson Nogueira – “Aromas, temperos e sabores a serviço do turismo do Pará” (portal Diário On Line)

* Fotojornalismo: Celso Lobo – “Fotógrafo leva imagens da Amazônia para a Europa”

Categoria Universitário

* Jornalismo Impresso: Ana Laura da Silva Carvalho – “Princesa do Marajó acena a visitantes” (Unama)

* Radiojornalismo: Erlane Pereira dos Santos – “Cametá: A beira do imaginário popular”

* Telejornalismo: Leandro Tocantins Silva – “Chocolate Dona Nena” (Unama)

* Jornalismo On Line: Thais de Souza Amorim – “Conectividade em Algodoal”

 

* Fotojornalismo: Felipe Cássio Coelho Nobre – “Chegadas e Partidas”

 

Categoria: #meubempará

1º Lugar: Luiz Cláudio Nascimento Ferreira – “Cavalhada”

2º Lugar: Rafael Fernando Serrão Chaves – “Quando a vida é uma poesia”

3º Lugar: Otavio Henriques Nascimento Ferreira Neponucena – “Imponente”

4º Lugar: Maria da Conceição Miranda de Souza – “Pedra do Ver o Peso”

5º Lugar: Anderson dos Santos de Souza – “Olhar Carajás”

 

 

 

 

Comentários

Mais

Crônica de ninar para um Levi recém-chegado

Crônica de ninar para um Levi recém-chegado

Levi, o primogênito de Jéssika (com K mesmo) e Felipe Lincoln acaba de chegar ao mundo. A um mundo muito…

Síndrome do Desgaste Profissional

O termo, Síndrome do Desgaste Profissional ou Síndrome de Burnout, foi criado pelo psiquiatra inglês Herbert Freundenberg no ano 1974,…
CRÔNICA OURIÇO CHEIO

CRÔNICA OURIÇO CHEIO

Quando a vida no seu curso quase que natural me convocou à definição de que rumo profissional seguir, fiz falar…
Coluna Carlos Mendes

Coluna Carlos Mendes

Contas em Portugal O ex-secretário da Sefa, Nilo Noronha,que atuou no governo de Simão Jatene, lavrou uma procuração ao advogado…
Coluna Carlos Mendes

Coluna Carlos Mendes

Fonte e crime O sigilo da fonte na atividade jornalística sempre foi e será – menos nas ditaduras de esquerda…
Bilhões para quem?

Bilhões para quem?

Bilhões para quem? Os municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás não cansam de quebrar seus próprios recordes em matéria…