Correio de Carajás

A partir de julho, serviços do INSS serão acessados só por internet

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Até julho, todos os serviços relacionados à Previdência Social serão acessados apenas por canais digitais e eletrônicos e pelo número de atendimento telefônico 135. O segurado só terá necessidade de ir à agência em caso de exigência específica, como na complementação de documentação ou para fazer perícia para auxílio-doença, com agendamento feito pela internet.

A informação é do secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro, em entrevista ontem (20) ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil.

Segundo o ministério, ao todo 90 serviços serão digitalizados. Entre eles, a solicitação de aposentadoria por tempo de contribuição, recebimento de salário-maternidade, obtenção de extrato de pagamento de benefício e geração de guia da Previdência.

Leia mais:

“Estamos em um projeto de transformação digital da Previdência. Todos os requerimentos, todos os serviços do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] estarão disponíveis nos canais digitais de forma simples, para que o cidadão tenha todas as informações na primeira tela, com ícones intuitivos”, disse Monteiro.

O cidadão poderá acessar os serviços pelo site do instituto ou pelo aplicativo Meu INSS. O secretário informou que o objetivo é facilitar o atendimento pelo número 135, automatizando os procedimentos.

Agências

O segurado só terá necessidade de ir às agências da Previdência em caso de exigência específica, como na complementação de documentação. Também há casos em que será necessário se deslocar, como para fazer perícia dentro do processo e obtenção do auxílio-doença. Contudo, o agendamento desse procedimento pode ser feito pela Internet.

Até 2020, de acordo com o secretário, a meta é que mil serviços de diversas áreas do governo sejam digitalizados. Entre os objetivos, está a unificação dos canais digitais. Em abril, o governo anunciou a unificação dos sites de órgãos vinculados ao Executivo ao portal GOV.BR.

Segundo Monteiro, com isso, a expectativa é economizar até R$ 100 milhões que eram gastos com a manutenção das páginas de ministérios e outros órgãos da administração direta. Ele acrescentou que, dentro das iniciativas de transformação digital do governo, também está prevista a disponibilização de processos facilitados para abertura de empresas pela Internet.

“Um serviço digital oferecido no canal digital é 97% mais barato do que o mesmo serviço oferecido pro um canal presencial. Esses serviços são mais baratos, mais rápidos e mais agradáveis para os clientes”, afirmou. (Agência Brasil)

Mais

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…
Servidores da Educação iniciam greve em frente à Semed

Servidores da Educação iniciam greve em frente à Semed

Servidores públicos tomaram a frente da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Marabá na manhã desta terça-feira (11) após a…
Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas

Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata do uso da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz…
Mais de 38 mil pessoas já participaram de contações de história durante a pandemia

Mais de 38 mil pessoas já participaram de contações de história durante a pandemia

A pandemia da covid-19 consolidou a internet como principal plataforma de entretenimento no Brasil. A rede está repleta de programações…
Operação fiscaliza bares e restaurantes em Marabá

Operação fiscaliza bares e restaurantes em Marabá

As forças de segurança seguem fiscalizando o cumprimento do Decreto Municipal nº 184/2021, que permite a reabertura de bares no…
Sintepp anuncia greve na educação de Marabá

Sintepp anuncia greve na educação de Marabá

Por meio de seu blog na Internet, a Subsede local do Sindicato dos Trabalhadores na Educação (Sintepp) anunciou, nesta segunda-feira,…