Correio de Carajás

Começa neste sábado a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena

Foto: Ernaldo Morcego
Foto: Ernaldo Morcego
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o objetivo de promover a cultura esportiva entre os povos indígenas a Prefeitura de Parauapebas, por meio do Departamento de Relações Indígenas (DRI) e a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) com apoio do Instituto Indígena Botiê Xikrin realiza a 1ª Copa de Xikrin do Kateté de Futebol Indígena.

A abertura da copa ocorre neste sábado, 19 e as competições seguem até 25 de junho.  O palco das disputas será a aldeia Ôôdjã. Ao todo, 31 equipes (18 masculinas e 13 femininas) se apresentar para competir nas modalidades de futebol e futsal.  “Serão 13 comunidades indígenas participantes e decidimos realizar esse campeonato em cumprimento às diretrizes do governo municipal, a ideia é promover o esporte amador fazendo com que os indígenas recebam o reconhecimento de que também são bons de bola”, declarou o coordenador do DRI, Girlan Silva .

O troféu da competição será em homenagem ao ex-cacique Bep Karoti Xikrin que faleceu no dia 31 de maio do ano passado vítima da Covid-19. O cacique deixou como legado a justiça, solidariedade, o amor pela natureza e a paixão pelo futebol . “A escolha do nome para representar o campeonato foi unanime, nada mais justo o “Bep” receber esse reconhecimento, além da premiação ao campeão e vice- campeão, a Semel vai oferecer apoio de comissão de arbitragem, medalhas, uniformes, bolas, revitalização dos campos e logística” detalhou o coordenador de esportes rurais e comunidades indígenas da Semel, Abreu Lima.

Leia mais:

Preparação 

Na última terça- feira, 15, a equipe da Semel visitou a aldeia Ôôdjã para realizar o sorteio que define a ordem dos times de acordo com a tabela. Segundo o regulamento as regras serão as mesmas usadas pela Confederação Brasileira de Futebol e a Confederação Brasileira de Futsal para os jogos amadores. Se tudo ocorrer dentro do previsto, os times das tribos terão a chance de se profissionalizar e quem sabe serem incluídos no quadro da Liga Esportiva Parauapebas (LEP), atual responsável pela organização do Campeonato Municipal da cidade.  Ainda durante a Copa Xikrin está previsto a visita da comissão técnica do Parauapebas Futebol Clube (PFC) que aceitaou o convite para analisar o desempenho dos jogadores indígenas.

“Estamos ansiosos, gostamos de futebol e na tribo tem muitos guerreiros que podem jogar bola como o homem branco, vai ser muito bom esse jogo e vai ser bonito”. agradeceu o cacique Djudjêkô Kamreik Xikrin.

No dia 26, após a cerimônia de premiação dos times campeões está prevista a posse do novo cacique Bep Oti Xikrin Filho que assume o cargo de cacique ocupando o lugar do pai Bep Karoti Xikrin. Para as comemorações as aldeias devem realizar o amistoso da Amizade entre as aldeias Xikrins e os indígenas Gaviões kyikatejê povos indígenas como forma de presentear o novo líder indígena.  (Cleidi Rodrigues/ Comunicação Semel) 

Comentários

Mais

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não há evidências suficientes para uma…
ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revisou as previsões para o atendimento de energia ao Brasil até novembro e…
DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…