Correio de Carajás

Pandemia afeta em cheio a maior festa popular de Marabá

Pelo segundo ano consecutivo, Festejo Junino em Marabá é cancelado por conta da pandemia/ Foto: Ulisses Pompeu
Pelo segundo ano consecutivo, Festejo Junino em Marabá é cancelado por conta da pandemia/ Foto: Ulisses Pompeu
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pelo segundo ano consecutivo, não serão permitidos festejos juninos em Marabá, por causa da pandemia do coronavírus. A decisão foi anunciada na última sexta-feira (11) pela Prefeitura Municipal de Marabá.

De acordo com a Nota, o foco principal do Poder Executivo nesse momento é promover uma vacinação mais acelerada na população e conter a evolução da pandemia no município.

Segundo o último boletim covid-19 divulgado pela Prefeitura, Marabá registra atualmente 419 mortes por causa do coronavírus.

Leia mais:

Em 2020, a Secretaria de Cultura de Marabá (Secult) e a Liga Cultural de Marabá realizaram o Festejo Junino online, que foi transmitido pelo Facebook da Prefeitura e contou com o apoio dos grupos Quadrilheiros de Marabá, Flash Junino e Carajás Junino.

Na ocasião, a atração foi dividida em duas noites, contando com mais de 20 mil visualizações.

Para este ano, nem o Festejo Junino online foi confirmado pelo Executivo.

MAIOR FESTA

O Festejo Junino é a maior festa popular de Marabá, com cerca de 10 mil pessoas passando pela festa diariamente.

Todos os anos uma arena é montada no Complexo Poliesportivo do Bairro Santa Rosa, e durante oito dias diversas apresentações de quadrilhas e grupos de dança passam pelo local.

Em sua última realização, em 2019, mais de 80 mil pessoas passaram pelo complexo durante o festival. Quem não conseguia entrar na arena assistia as danças através de um telão, posicionado na Praça de Alimentação, na Orla.

Festejo 2022

Procurado pelo CORREIO, Ademar Gomes Dias, mais conhecido como Ademar da Santa Rosa, coordenador da Junina Fogo no Rabo há 33 anos, afirma que centenas de pessoas estão sendo afetadas direta e indiretamente por conta do cancelamento dos festejos.

“Lutamos durante décadas para crescer e sermos reconhecidos. Nosso evento é grandioso, é feito com muita dedicação, perseverança e amor, mas já estávamos esperando o cancelamento do Festejo Junino. Estamos em um momento de muita tristeza e muitas perdas”.

Ademar afirma que é preciso ter consciência para que não haja mais perdas. “Estamos há quase 2 meses com as UTI´s 100% lotadas e se quisermos o Festejo Junino 2022 temos que ajudar. As pessoas precisam continuar tomando todas as medidas de prevenção e juntos vamos vencer essa batalha”, finaliza. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…
Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos…
Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo…