Correio de Carajás

PM prende acusado de matar mulher dormindo em Jacundá

Jonas Lima de Jesus, de 22 anos, confessou ser o autor do crime de feminicídio contra sua ex-namorada, Aline do Nascimento Sousa, de 19 anos. A vítima foi morta enquanto dormia em sua residência na manhã de sábado, 16. A Polícia Militar prendeu o acusado no domingo (17).

Após passar a noite se divertindo, Aline chegou por volta das 8h de sábado e foi diretamente para seu quarto nos fundos da residência de sua mãe, localizada na Rua Arraias, no Bairro José Rasteiro. A mulher relata que por volta das 9h, Jonas chegou e perguntou por Aline, sendo informado de que a vítima estava dormindo. Ele foi ao dormitório e saiu trinta minutos depois. Enquanto isso, a mãe de Aline acreditava que ela continuava adormecida.

A mãe da vítima percebeu que algo grave havia acontecido por volta das 21h, quando retornou ao quarto e notou que Aline estava imóvel. Em seguida, acionou a Polícia Militar e Civil, que atenderam à ocorrência. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Marabá.

Leia mais:

O primeiro-tenente Kelvin designou três guarnições para localizar e prender o acusado, que foi detido na tarde de domingo. Segundo o aspirante Acácio, o acusado foi encontrado a 14 quilômetros da cidade, em fuga em uma motocicleta modelo Bros, próximo ao Rio Mojuzinho, em direção a Goianésia do Pará.

Após receber voz de prisão, Jonas confessou o crime e levou os policiais ao local onde havia descartado o pedaço de madeira que utilizou para desferir duas pauladas na cabeça da vítima enquanto ela dormia. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde confirmou a versão dada aos policiais militares.

A jovem Aline teve um relacionamento de oito meses com Jonas de Jesus. Após o término do namoro, ele passou a perseguir a mulher na tentativa de reatar o namoro. Ela deixou órfãs duas crianças de um relacionamento anterior. (Antônio Barroso/freelancer)