Correio de Carajás

Violência contra a mulher explode em Marabá nos dias de Carnaval

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mesmo sem a tradicional festa de Carnaval, em função da pandemia do novo coronavírus, o período que normalmente seria dedicado à comemoração acabou aumentando os índices de violência contra a mulher em Marabá. Em muitos casos, a bebida alcoólica foi o combustível para que os homens descontassem as próprias frustrações nas companheiras ou ex. Conforme a Polícia Civil, foram registrados 10 procedimentos neste sentido nos últimos dias.

O caso mais grave ocorreu na noite de segunda-feira (15), quando uma vítima foi parar no Hospital Municipal de Marabá após ter sido baleada no Núcleo São Félix pelo companheiro, cujo nome não foi divulgado.

“Ele efetuou disparo de arma de fogo nela e logo e em seguida empreendeu fuga. Até o presente momento a mulher se encontra internada e a investigação está adiantada. É questão de tempo para a polícia conseguir prender esse suspeito”, garantiu o superintendente regional de Polícia Civil, delegado Thiago Carneiro, na manhã desta quarta-feira (17).

Leia mais:

O baleamento aconteceu em uma chácara, por volta das 19 horas. Conforme informações colhidas pela Polícia Militar, familiares do suspeito socorreram a mulher, mas as autoridades não foram acionadas. Pessoas ligadas à vítima, no entanto, procuraram posteriormente a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) informando o crime.

MARIA DA PENHA

Entre a sexta-feira (12) e esta terça (16) diversos outros casos tendo elas como alvo foram registrados na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil. No primeiro dia, às 22h30, no Bairro da Paz, um homem agrediu a companheira com puxões de cabelo, tapas no rosto e enforcamento após ambos terem discutido. Ele estava alcoolizado.

Na madrugada de sábado (13), por volta de 1 hora, na Folha 06, Nova Marabá, uma mulher comunicou à Polícia Militar ter sido agredida com socos e puxões de cabelo pelo ex-namorado, de quem estava separada há um mês. Conforme a vítima, ele tomou o aparelho celular dela e a agrediu após a cobrança para que devolvesse o objeto. O homem já tinha passagem pela polícia.

Na madrugada de domingo (14), no Residencial Tocantins, no Núcleo São Félix, uma vítima foi agredida após pedir que o companheiro parasse de beber. O homem se irritou e a jogou no chão. Durante o dia, por volta das 14 horas, ela foi novamente agredida ao informá-lo que iria deixar a residência e ir para a casa da mãe. O homem a empurrou em cima o fogão e desferiu socos e tapas na mulher, deixando-a com lesões aparentes. Ele só parou quando a vítima disse que chamaria a polícia.

Novamente no Bairro da Paz, um casal brigou pela manhã e o homem saiu de casa, mas retornou à tarde com um facão em mãos, tentando atingir a companheira. Por sorte dela, acabou preso em flagrante pela Polícia Militar. Às 16 horas, no São Félix II, mais um homem foi para a cadeia após a vítima ser encontrada por policiais com escoriações no braço.

À noite, às 20h10, no Bairro Liberdade, também alcoolizado, um homem agrediu a companheira e mais uma mulher. Já às 23h40, no Bairro Laranjeiras, uma briga de casal foi denunciada e a PM encontrou a vítima com lesões no rosto, principalmente na testa.

Na madrugada de quarta (16), no Bairro Laranjeiras, um homem agrediu a namorada, por volta de 3h45. Ela foi encontrada com lesões no olho e na testa. O homem alegou que estava apenas se defendendo das agressões da mulher, mas ela solicitou medidas protetivas contra ele.

“O que mais surpreendeu nesse período foi a situação de Maria da Penha. Todos foram autuados, a maioria deles por lesão corporal dolosa e todos responderão perante a justiça pela Lei Maria da Penha”, concluiu o delegado Thiago Carneiro. (Luciana Marschall – com informações de Evangelista Rocha)

Comentários

Mais

Bandidos invadem casa e morador é esfaqueado no pescoço

Bandidos invadem casa e morador é esfaqueado no pescoço

Na noite da última sexta-feira, 18, dois homens invadiram uma casa do Residencial Morumbi, Núcleo Nova Marabá, em Marabá. Ao…
Tio ameaça sobrinha de morte e vai parar na delegacia

Tio ameaça sobrinha de morte e vai parar na delegacia

Por volta de 1 hora da manhã de sábado (19) a Polícia Militar de Marabá foi acionada para averiguar uma…
Acidente vitima fatalmente “Mudinho do Som Automotivo”

Acidente vitima fatalmente “Mudinho do Som Automotivo”

Em acidente registrado na noite deste domingo (20) morreu Antônio Ribeiro Santos, de 36 anos, mais conhecido como “Mudinho do…
Briga de bar deixa quatro esfaqueados pela mesma pessoa. Dois morreram

Briga de bar deixa quatro esfaqueados pela mesma pessoa. Dois morreram

A Polícia Civil tenta identificar o responsável por esfaquear quatro jovens, levando dois à morte, no início da madrugada de…
PC prende suspeito com 27 mil reais oriundos de sequestro e roubo no Banpará

PC prende suspeito com 27 mil reais oriundos de sequestro e roubo no Banpará

  Igor Silva Pereira, de 26 anos de idade, é apontado pela investigação da Polícia Civil como peça importante na…
Quatro presos fogem em operação resgate na Delegacia de Tucumã

Quatro presos fogem em operação resgate na Delegacia de Tucumã

Quatro detentos escaparam da Unidade de Polícia Integrada de Tucumã, no sul do Estado, na noite do último sábado, 19.…