Correio de Carajás

Vidas são impactadas pelo Instituto Miguel Chamon

PARAUAPEBAS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Atendimentos médicos gratuitos e de qualidade não eram vistos no Bairro Alto Bonito

No segundo dia da passagem do Instituto Miguel Chamon em Parauapebas já é possível ver os sorrisos de quem recebeu auxílio médico gratuito e de qualidade pelas ruas do bairro Alto Bonito, primeira parada das unidades móveis de atendimento. Até esta sexta-feira (15), último dia antes dos caminhões saírem da frente da EMEF Domingos Cardoso da Silva rumo a um novo bairro na Capital do Minério, mais vidas serão impactadas.

Com uma estimativa de mais de 500 atendimentos médicos em clínica geral, odontologia, oftalmologia e exames de ultrassom por dia, a presença da estrutura, montada próxima à antiga obra da Unidade Básica de Saúde da Família, paralisada desde 2017, é sentida intensamente, uma vez que por conta da paralisação, os moradores tinham que se deslocar para bairros vizinhos se quisessem ter atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Neuzilene Araújo é dona de casa no Alto Bonito e foi atendida pelo Instituto nesta quinta-feira (14). Perguntada sobre a importância da presença da unidade de atendimento no bairro, ela ressaltou que já tem visto muita gente sendo ajudada pelo Instituto. “O postinho [UBS do Alto Bonito] era pra estar aqui e atenderia muita gente, mas hoje ele só está aí, no meio do caminho”, diz a mulher de 47 anos.

Leia mais:
Neuzilene: “Se fosse para comprar por mim mesma não daria”

Ela é uma das muitas pessoas que realizaram atendimento oftalmológico no local e receberão de graça um óculos de grau, feito com prescrição médica cedida na consulta. “Se fosse para comprar por mim mesma não daria. Não estou trabalhando e meu marido depende de diárias, as coisas estão muito caras. Foi uma benção esse negócio ter vindo pra cá”, diz Neuzilene, que ainda pretende trazer o filho para ser atendido pelo Instituto.

Laércio Rodrigues Filho também foi atendido nesta manhã de quinta, passando pelo clínico geral e saindo da consulta com o sentimento de gratidão. “Atendimento muito atencioso”, disse o autônomo, que vende lanches na praça de alimentação do bairro. Ele endereça um agradecimento diretamente ao deputado estadual Chamonzinho (MDB), idealizador do projeto que está melhorando a saúde do Alto Bonito.

Laércio Rodrigues: “Atendimento muito atencioso”

“Muito obrigado por este trabalho e parabéns pela força que você está dando para a população mais carente. São coisas que ficam marcadas no coração dessas pessoas. Tem quem esteja por aí há mais tempo e não dá essa força. Parabéns a ele e à família dele”, fala Láercio, também apontando para o descaso com a saúde pública municipal para com o bairro Alto Bonito.

PRÓXIMA PARADA

Nos dias 16 e 17 de outubro, as unidades de atendimento do Instituto Miguel Chamon estarão na esquina da Avenida Castanheira com a Rua C5, contemplando moradores dos bairros Jardim Tropical 1 e 2, Ipiranga e Vale do Sol.

As senhas para consultas – clínica geral, oftalmologia, odontologia e exames de ultrassom – começarão a ser entregues a partir das 6h da manhã, por ordem de chegada. O Instituto Miguel Chamon ainda atenderá em outras localidades de Parauapebas até o fim do mês de outubro. (Juliano Corrêa)

Comentários

Mais

“Não tem como não se emocionar”, diz devota de Nossa Senhora de Nazaré

“Não tem como não se emocionar”, diz devota de Nossa Senhora de Nazaré

Se tem um mês que certamente é o mais amado pelos paraenses é outubro, quando é celebrado o Círio de…
Sindecomar: Diretores denunciam presidente e falam em assédio moral

Sindecomar: Diretores denunciam presidente e falam em assédio moral

O Portal Correio de Carajás recebeu uma série de denúncias em desfavor do atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores no…
Butantan recebe autorização para iniciar testes de soro anti-covid

Butantan recebe autorização para iniciar testes de soro anti-covid

O Instituto Butantan recebeu hoje (15) a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar, em humanos, testes complementares do…
“A faculdade é na sala de aula; é ela quem nos forma”, diz professora

“A faculdade é na sala de aula; é ela quem nos forma”, diz professora

Há muitas salas de aula de Marabá com educadores motivados – seja na rede pública ou privada. E são eles…
Teste de anticorpos não deve substituir vacina contra a covid, como sugere deputado do PR

Teste de anticorpos não deve substituir vacina contra a covid, como sugere deputado do PR

Falso São falsas as alegações do deputado estadual Ricardo Arruda (PSL-PR) em um vídeo em que ele afirma que os…
Tuíte engana ao dizer que vacina da Pfizer tem partículas contaminantes

Tuíte engana ao dizer que vacina da Pfizer tem partículas contaminantes

Enganoso É enganosa a publicação que circula nas redes sociais afirmando que há micropartículas contaminantes na vacina desenvolvida pela Pfizer…