Correio de Carajás

Variante do coronavírus pode atingir mais facilmente crianças, alertam cientistas

Engenheiro pesquisa vacina contra Covid-19 em Pequim Foto: NICOLAS ASFOURI / AFP
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cientistas alertam que a nova cepa mutante do coronavírus possa infectar crianças com mais facilidade, informa o jornal “The Independent” nesta segunda-feira, dia 21. O estudo sugere que a variação se espalha mais entre jovens do que outras cepas identificadas no Reino Unido, após uma análise de dados que mostram contágio maior entre jovens. A variante teria capacidade de infectar crianças da mesma forma como ocorre o contágio entre adultos.

“Há uma indicação de que ele tem maior propensão a infectar crianças. Isso talvez explique algumas das diferenças. Não estabelecemos nenhum tipo de causalidade nisso, mas podemos ver isso nos dados”, disse o professor Neil Ferguson, do Imperial College London, nesta segunda-feira, dia 21, referindo-se à taxa de infecção maior entre crianças considerando a variante do conoravírus.

Ferguson frisou que a pesquisa continua para averiguar essa hipótese.

Leia mais:

“Durante o bloqueio na Inglaterra, vimos uma mudança geral na distribuição de idade do vírus em relação às crianças, e isso era verdade na variante e na não variante e é isso que esperaríamos, uma vez que tínhamos feito o lockdown, o que reduziu os contatos de adultos, mas as escolas ainda estavam abertas. O que vimos ao longo de um período de cinco ou seis semanas, porém, é consistente com a proporção de dois casos para a variante em menores de 15 anos, sendo por estatística significativamente maior do que para o vírus não variante”.

Para a professora Wendy Barclay, membro do Grupo de Aconselhamento sobre Ameaças de Vírus Respiratórios Novos e Emergentes, o vírus antes tinha maior dificuldade para infectar crianças, enquanto agora estaria com iguais condições entre adultos e os mais jovens. Ela explicou que a nova cepa teria capacidade maior de se conectar com células humanas para infectá-las.

“Não estamos dizendo que este é um vírus que visa especificamente crianças ou que seja mais específico em sua capacidade de infectar crianças, mas sabemos que a Covid não era tão eficiente em afetar crianças como era em adultos”, acrescentou. (Fonte: Extra)

Comentários

Mais

Prefeito assassinado, Jones William é homenageado em Tucuruí

Prefeito assassinado, Jones William é homenageado em Tucuruí

O prefeito Jones William da Silva Galvão recebeu homenagens no quarto ano de sua morte, ocorrida no dia 25 de…
Descoberto novo site falso que rouba dados de servidores públicos

Descoberto novo site falso que rouba dados de servidores públicos

Pela segunda vez em poucos dias, o Ministério da Economia pediu a suspensão de um site falso registrado no exterior que rouba…
Contrata Marabá: Vagas de emprego disponíveis no Sine nesta terça (27)

Contrata Marabá: Vagas de emprego disponíveis no Sine nesta terça (27)

O Sine de Marabá está disponibilizando vagas para diversos setores. Quem estiver interessado é só comparecer ao escritório do órgão…
Aeroporto de Tucuruí vai retomar voos comerciais

Aeroporto de Tucuruí vai retomar voos comerciais

Com aporte financeiro de quase R$ 800 mil da Eletronorte, a Prefeitura Municipal concluirá as obras de revitalização do Aeroporto…
Marabá registra 277 animais em situação de maus-tratos em 10 meses

Marabá registra 277 animais em situação de maus-tratos em 10 meses

Desde o lançamento do Programa Linha Verde em Marabá, ocorrido no mês de setembro de 2020, o serviço já recebeu…
Butantan libera 1,5 milhão de doses da Coronavac ao PNI

Butantan libera 1,5 milhão de doses da Coronavac ao PNI

O Instituto Butantan entregou na manhã desta segunda-feira (26) mais 1,5 milhão de doses da vacina contra o SARS-CoV-2 ao…