Correio de Carajás

Unifesspa é destaque no país em indicadores de transparência pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) é destaque no país nos indicadores de transparência. Entre as 63 instituições de ensino superior pesquisadas, ela ocupa a 10ª posição no Ranking do Acesso à Informação das Universidades Federais.

As informações fazem parte de um levantamento feito pelo jornalista Cristiano Alvarenga, com o desempenho de todas as universidades federais, com base em dados coletados no Portal da Transparência. A pesquisa adotou como critérios os quesitos quantidade de pedidos de informação e velocidade na resposta extraídos do portal (https://esic.cgu.gov.br). 

A Unifesspa respondeu a 100% dos pedidos de acesso à informação com tempo médio de resposta de 10 dias, utilizando o sistema de e-mail. Dos pedidos de acesso à informação na Unifesspa, as três principais categorias solicitantes foram servidores públicos (43,55%); estudantes (11,29%); professores (8,06%), mesmo percentual dos que se identificaram como pesquisadores. Os principais assuntos tratados nos pedidos são sobre Trabalho, Profissões e ocupações.

Leia mais:

A chamada “Lei Geral de Acesso à Informação”, normatizada pela Lei 12.527, de 18 de novembro de 2011, prevê que toda instituição pública deve disponibilizar ao cidadão as informações em até 20 dias, com possibilidade de prorrogação de 10 dias. A Unifesspa foi a única universidade colocada do Pará no ranking e a segunda melhor colocada na região Norte.

Ranking

Na classificação do ranking da transparência das universidades federais, organizado pelo jornalista Cristiano Alvarenga foram considerados três critérios, em ordem decrescente: (1) As solicitações de informação atendidas pela universidade; (2) Tempo médio para resposta; (3) As prorrogações no prazo de atendimento às questões. O ranking foi divulgado em http://cristianoalvarenga.com/pesquisa/ranking-da-transparencia-das-universidades-federais-2017/

Ouvidoria Unifesspa

O Serviço de Informações ao Cidadão (SIC) da Unifesspa está disponível para atendimento ao público desde agosto de 2015. “Desde então a Ouvidoria tem trabalhado no sentido de atender às diversas solicitações de informações recebidas através do e-SIC, dentro do prazo que a lei estabelece. Esse resultado só pode ser alcançado com a colaboração dos responsáveis pelas Unidades, em fornecerem as informações de forma ágil”, ressaltou a ouvidora-geral, Lene Tavares. 

A Ouvidoria funciona no piso superior do Prédio administrativo da Unidade I – Campus Marabá, localizado na Folha 31 quadra 07 lote especial, Nova Marabá – Marabá/PA –  CEP: 68507-590. O horário de atendimento presencial é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, sem interrupção para almoço. Os pedidos podem ser feitos pessoalmente ou de forma eletrônica, por meio do e-SIC (Sistema Eletrônico do SIC), disponível no endereço https://esic.cgu.gov.br/sistema/site/index.html

Plano de Dados Abertos

Aliado ao SIC, a Unifesspa também tem trabalhado no Plano de Dados Abertos, mais um instrumento que vai viabilizar a disponibilização de todos os dados  dos serviços gerados pela Unifesspa, que não sejam sigilosos, para que qualquer pessoa possa, livremente, acessá-los, utilizá-los e compartilhá-los, sem necessidade de justificativa ou solicitação. Um comitê formado por integrantes de todas as Unidades da Instituição foi criado para elaborar o Plano e viabilizar sua execução. A expectativa é que a partir de 2018, o PDA seja executado e a Unifesspa torne disponíveis à sociedade os diversos dados e informações produzidas. “O apoio que recebemos das Unidades em muito contribui para que tenhamos alcançado esse patamar. Esse reconhecimento só demonstra que o esforço contínuo e conjunto nos traz como retorno o reconhecimento de que estamos trilhando o caminho certo”, concluiu Lene Tavares. 

(Divulgação Unifesspa)

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) é destaque no país nos indicadores de transparência. Entre as 63 instituições de ensino superior pesquisadas, ela ocupa a 10ª posição no Ranking do Acesso à Informação das Universidades Federais.

As informações fazem parte de um levantamento feito pelo jornalista Cristiano Alvarenga, com o desempenho de todas as universidades federais, com base em dados coletados no Portal da Transparência. A pesquisa adotou como critérios os quesitos quantidade de pedidos de informação e velocidade na resposta extraídos do portal (https://esic.cgu.gov.br). 

A Unifesspa respondeu a 100% dos pedidos de acesso à informação com tempo médio de resposta de 10 dias, utilizando o sistema de e-mail. Dos pedidos de acesso à informação na Unifesspa, as três principais categorias solicitantes foram servidores públicos (43,55%); estudantes (11,29%); professores (8,06%), mesmo percentual dos que se identificaram como pesquisadores. Os principais assuntos tratados nos pedidos são sobre Trabalho, Profissões e ocupações.

A chamada “Lei Geral de Acesso à Informação”, normatizada pela Lei 12.527, de 18 de novembro de 2011, prevê que toda instituição pública deve disponibilizar ao cidadão as informações em até 20 dias, com possibilidade de prorrogação de 10 dias. A Unifesspa foi a única universidade colocada do Pará no ranking e a segunda melhor colocada na região Norte.

Ranking

Na classificação do ranking da transparência das universidades federais, organizado pelo jornalista Cristiano Alvarenga foram considerados três critérios, em ordem decrescente: (1) As solicitações de informação atendidas pela universidade; (2) Tempo médio para resposta; (3) As prorrogações no prazo de atendimento às questões. O ranking foi divulgado em http://cristianoalvarenga.com/pesquisa/ranking-da-transparencia-das-universidades-federais-2017/

Ouvidoria Unifesspa

O Serviço de Informações ao Cidadão (SIC) da Unifesspa está disponível para atendimento ao público desde agosto de 2015. “Desde então a Ouvidoria tem trabalhado no sentido de atender às diversas solicitações de informações recebidas através do e-SIC, dentro do prazo que a lei estabelece. Esse resultado só pode ser alcançado com a colaboração dos responsáveis pelas Unidades, em fornecerem as informações de forma ágil”, ressaltou a ouvidora-geral, Lene Tavares. 

A Ouvidoria funciona no piso superior do Prédio administrativo da Unidade I – Campus Marabá, localizado na Folha 31 quadra 07 lote especial, Nova Marabá – Marabá/PA –  CEP: 68507-590. O horário de atendimento presencial é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, sem interrupção para almoço. Os pedidos podem ser feitos pessoalmente ou de forma eletrônica, por meio do e-SIC (Sistema Eletrônico do SIC), disponível no endereço https://esic.cgu.gov.br/sistema/site/index.html

Plano de Dados Abertos

Aliado ao SIC, a Unifesspa também tem trabalhado no Plano de Dados Abertos, mais um instrumento que vai viabilizar a disponibilização de todos os dados  dos serviços gerados pela Unifesspa, que não sejam sigilosos, para que qualquer pessoa possa, livremente, acessá-los, utilizá-los e compartilhá-los, sem necessidade de justificativa ou solicitação. Um comitê formado por integrantes de todas as Unidades da Instituição foi criado para elaborar o Plano e viabilizar sua execução. A expectativa é que a partir de 2018, o PDA seja executado e a Unifesspa torne disponíveis à sociedade os diversos dados e informações produzidas. “O apoio que recebemos das Unidades em muito contribui para que tenhamos alcançado esse patamar. Esse reconhecimento só demonstra que o esforço contínuo e conjunto nos traz como retorno o reconhecimento de que estamos trilhando o caminho certo”, concluiu Lene Tavares. 

(Divulgação Unifesspa)

Comentários

Mais

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

O Grupo Equatorial Energia prorrogou até esta quarta-feira, dia 21, as inscrições para o processo seletivo do seu Programa de…
Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Uma mulher foi atacada por dois cachorros da raça pitbull em Conceição do Araguaia, no sul do Estado. O fato…
Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

O técnico agrícola Raimundo Delival é extensionista rural da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) há…
Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Postagem do cantor Roger Moreira no Twitter usa dados antigos e incompletos de mortes por covid-19 no Brasil. Print do…
Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

No Dia do Índio é comum as crianças chegarem da escola com o rosto pintado e um cocar na cabeça.…
Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

O Pará já é o segundo estado que mais aplicou doses de vacinas contra a Covid-19 entregues pelo governo federal,…