Foto: Agência Pará

O “clássico” entre Remo e Paysandu será, nesta quarta-feira (10), na sede da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia (Hemopa), em Belém. Desta vez, não haverá futebol e, sim, o Dia D da campanha “Doador Futebol Clube” da Cultura Rede de Comunicação, em parceria com o hemocentro e os dois mais tradicionais times do Pará e suas torcidas. O objetivo é reforçar o estoque de sangue para viabilizar atendimento transfusional a pacientes internados na rede hospitalar.

[pro_ad_display_adzone id="528"]

A mobilização vai contar com distribuição de brindes e sorteios, presença dos mascotes do Papão e Leão, animadoras de torcidas e muita solidariedade, sentimento que vai unir as torcidas e simpatizantes desse times que movem o futebol do Para. Participar da campanha é muito simples: ao efetivar o cadastro na recepção de Doadores, o candidato deve declarar a coleta de sangue para o seu time do coração.

Essa é a quarta edição da ação estratégica para sensibilizar jogadores e suas torcidas em favor da doação voluntária. A campanha foi lançada, oficialmente, no último dia 24 de março, durante o segundo clássico RExPA, no estádio Edgar Proença, o Mangueirão. No ano passado, a ação estratégica registrou o comparecimento de 600 voluntários.

O presidente do Hemopa, Paulo Bezerra, não esconde o otimismo para o sucesso da campanha. “É um momento de integração, união e solidariedade. A rivalidade das torcidas só é dentro do campo. Aqui, são cidadãos dispostos a salvar vidas com a doação de sangue. Agradecemos a todos os envolvidos e por mais uma edição da campanha doador futebol clube”.

“Aproveitamos o apelo do futebol para divulgar essa iniciativa, a fim de sensibilizar os torcedores sobre a importância da doação de sangue, pois qualquer um de nós pode um dia precisar dessa ajuda. Desde a primeira vez que doei sangue e entendi a importância desse gesto, me comprometi de tal forma que, sempre que posso, vou ao Hemopa fazer a doação”, afirma o presidente da Cultura Rede de Comunicação, Hilbert Nascimento, que há 20 anos é doador.

Para doar sangue – É preciso ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar documento de identificação oficial, original e com foto.

(Agência Pará)

[pro_ad_display_adzone id="530"]