Ads

A situação é tensa no Centro de Recuperação Regional em Altamira, no sudoeste do Pará, onde desde a madrugada desta segunda-feira, 29, detentos fazem motim. Algumas pessoas teriam sido mortas de forma bárbara pelos rivais, todas sendo decapitadas.

Ads

Essas informações, no entanto, ainda não foram confirmadas pelas autoridades. Agentes prisionais também estariam feitos reféns. Moradores que residem às proximidades da casa penal informaram que ouviram barulho de muitos tiros no início da manhã. Várias viaturas policiais se deslocaram para a casa penal.

Ainda segundo informações de pessoas que acompanham o motim, os internos atearam fogo em colchões e estão matando os rivais. O motim, de acordo com informações ainda não oficiais, seria ocasionado por brigas entre duas facções dentro da unidade prisional.

Nas redes sociais circulam imagens de cabeças decepadas, que seriam de dentro do presídio de Altamira, assim como boatos de que mais de 30 pessoas já haviam sido mortas. Mas nenhuma dessas informações foram confirmadas até agora. (Tina Santos)

Ads