Correio de Carajás

Taxidermia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A partir da doação de animais vítimas da caça predatória e desmatamento ilegal, pelo IBAMA e ICMBio, o Núcleo de Zoologia da Fundação Casa da Cultura de Marabá, através das servidoras Maria Bethânia Fonseca, Ângela Maria Matos e Jurinha Teixeira, realizaram nos últimos três meses o processo de taxidermia (empalhamento), em 23 animais, entre aves e mamíferos, que já estão em exposição no Museu Municipal Francisco Coelho. Através de uma formação com profissionais do Museu Paraense Emílio Goeldi, de Belém, as servidoras do Núcleo de Zoologia da FCCM tiveram a oportunidade de dominar a técnica, e muito em breve devem ofertar a comunidade universitária da área das ciências biológicas, um workshop sobre o tema.

 

Foto: Wellington Mota e Igo Silva

Leia mais:
Comentários
Sucuri

Sucuri

Em meio à enchente de Marabá um idoso que estava num terreno já alagado pelo rio, na Transmangueira, acabou pego…
Venda solidária

Venda solidária

O escritor e poeta Airton Souza divulgou ontem (17) já ter disponíveis 40 exemplares do seu novo livro: Receita para…
Estrada do Rio Preto

Estrada do Rio Preto

O inverno rigoroso e o intenso tráfego de veículos pesados tem sido uma combinação terrível para a Estrada do Rio…
E no posto de saúde...

E no posto de saúde...

O educador musical Fabiano Rodrigues relata à Voz do Povo, que no dia 11 de janeiro acessou pela parte da…
Esburacado

Esburacado

Trecho historicamente acidentado da BR-230 (Transamazônica) na área urbana de Marabá, está novamente esburacado neste período de inverno. Fica entre…
Enchente

Enchente

“Sinceramente não entendo a dificuldade que as autoridades têm em manter um placo certinho para tratar com os desabrigados da…