Correio de Carajás

Talibã persegue fã de Messi que viralizou ao improvisar camisa

Murtaza Ahmadi recostado na mãe: menino ficou famoso por usar sacola plástica como camisa de Messi Foto: NOORULLAH SHIRZADA / AFP
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Menino afegão que viralizou no mundo com a camisa de plástico improvisada com o nome e o número de Messi sofre com ameaças de grupo terrorista. Murtaza Ahmadi, de 8 anos, que ficou conhecido em 2016, virou alvo do Talibã com a sua família . É o que informa o canal de TV norte-americano “CNN”.

Segundo a emissora, afirma que a família do garoto está sendo perseguida pelos líderes do movimento islâmico. O grupo fundamentalista é conhecido por ataques terroristas.

“Quase um ano depois de a foto se tornar viral, Murtaza conheceu a superestrela do futebol. Agora, a fama do garoto afegão fez dele um alvo do Talibã. Em novembro, o grupo invadiu o distrito onde Murtaza cresceu”, diz publicação da rede britânica.

Leia mais:

Uma fonte do canal contou que o Talibã assassinou familiares do garoto.

“O Talibã estava matando nossos parentes, e eles estavam procurando casas. Eles paravam carros e matavam passageiros, revistavam casas e matavam pessoas”, disse.

Fã de Messi com 'camisa' de plástico
Fã de Messi com ‘camisa’ de plástico Foto: Reprodução / Internet

Em dezembro de 2018, Murtaza foi obrigado a fugir com a sua família de casa na província de Ghazni, no leste rural do Afeganistão, por causa de uma ofensiva do Talibã, um dos grupos terroristas do país. O garoto, os pais e irmãos tiveram que escapar de Jaghori, anteriormente a região mais pacífica do Afeganistão, após o último ataque. Pior ainda: Murtaza foi forçado a deixar suas camisas assinadas por Messi para trás, porque foi forçado a sair rapidamente para Cabul, capital do país, ainda na madrugada.

Há dois anos, uma imagem emocionou e chamou a atenção do mundo: um pequeno menino, de 6 anos, fez uma camisa de com um saco plástico de Lionel Messi, seu ídolo. Murtaza Ahmadi, da província de Ghazni, no leste rural do Afeganistão, foi descoberto, conheceu pessoalmente o craque argentino e ganhou fama mundial.

Messi encontra menino afegão que faz camisa de plástico do jogador
Messi encontra menino afegão que faz camisa de plástico do jogador Foto: Karim Jaafar / STR

Messi e Murtaza se encontraram no Qatar, em 2016, depois que sua imagem com a sacola de plástico, para imitar a camisa da seleção da Argentina, se tornou viral. No dia, o garoto recebeu um uniforme da seleção e do Barcelona. Sem casa, sem camisas e sem bola de futebol, Murtaza disse a uma agência de notícias local:

“Sinto falta da nossa casa em Jaghori, não tenho bola aqui e não posso jogar futebol ou sair. Nós os deixamos para trás em Jaghori, pois não pudemos trazê-los conosco. Saímos de casa durante a noite e mamãe me pediu para deixar a bola e as camisas”, disse o menino em meio às lágrimas.

Murtaza Ahmadi, agora com 8 anos, precisou fugir com a família para Cabul
Murtaza Ahmadi, agora com 8 anos, precisou fugir com a família para Cabul Foto: NOORULLAH SHIRZADA / STR
Afegão exibe autógrafo de Messi em camisa
Afegão exibe autógrafo de Messi em camisa Foto: Mahdy Mehraeen / Divulgação Unicef

(Fonte:Extra)

Mais

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

Tião Miranda publica Nota de Repúdio por pichação em sua residência

O prefeito Tião Miranda publicou, no final da tarde desta quinta-feira, 13, uma Nota de Repúdio contra manifestações de sindicalistas…
Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

Pará recebe a maior remessa de vacinas contra Covid-19, com mais de 350 mil doses

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (13), a maior remessa de doses de vacinas contra Covid-19,  com um total…
Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Descontos de IPVA para finais de placa 76 a 96 vão até 17 de maio

Os proprietários de veículos com final de placas 76 a 96 poderão pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores…
Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Exposição homoerótica é cancelada em Belém e ecoa censura a 'Queermuseu'

Selecionada por um edital do Banco da Amazônia, a exposição “Suaves Brutalidades”, de Henrique Montagne Figueira, tinha um vernissage virtual…
Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

Ataques armados a indígenas contrários à mineração ilegal podem se repetir no Pará, alerta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu na terça-feira (11) solicitar a órgãos públicos a tomada de medidas para evitar que…
Desemprego no Brasil da pandemia: Doutor em engenharia espacial vende doces

Desemprego no Brasil da pandemia: Doutor em engenharia espacial vende doces

“Tenho só uma palavra para definir o que eu sinto: frustração. Estudar, estudar, tentar e não conseguir nada. Você se…