Correio de Carajás

SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

O grupo liderado pelos empresários Carlos Wizard e Luciano Hang para compra de vacinas privadas contra a covid-19 é responsável pelo pedido de autorização de uso no Brasil do imunizante Convidencia, da CanSino, de fabricação chinesa./ Foto: Divulgação
O grupo liderado pelos empresários Carlos Wizard e Luciano Hang para compra de vacinas privadas contra a covid-19 é responsável pelo pedido de autorização de uso no Brasil do imunizante Convidencia, da CanSino, de fabricação chinesa./ Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cem dias após sanção de lei, SUS não obteve nenhuma dose do setor privado; empresários bolsonaristas prometeram 10 milhões.

Cem dias após o Brasil autorizar a compra e doação de vacinas ao SUS pelo setor privado, nenhuma dose foi repassada ao governo federal. Em março, os empresários bolsonaristas Carlos Wizard e Luciano Hang prometeram a Paulo Guedes doar 10 milhões de imunizantes.

A única doação recebida pelo Ministério da Saúde foi do Comitê Olímpico Brasileiro, para imunizar os atletas e auxiliares que irão às Olimpíadas de Tóquio em julho. A pasta obteve 12 mil doses da Coronavac e 4 mil da Pfizer.

Essa lei foi sancionada por Jair Bolsonaro em 10 de março, em uma cerimônia no Palácio do Planalto. O texto aprovado pelo Congresso determinava que todas as doses adquiridas pelo setor privado fossem doadas ao SUS durante a vacinação dos grupos prioritários. Depois da imunização dos prioritários, as empresas ainda teriam de enviar ao governo metade das doses compradas.

Leia mais:

Duas semanas depois, Luciano Hang e Carlos Wizard foram a Paulo Guedes anunciar uma promessa ambiciosa: doar 10 milhões de doses. Guedes ficou animado: “Dois empresários, dois brasileiros de coração macio, força e capacidade. Empreendedores, sabem negociar, conseguiram essas 10 milhões de vacinas, estão lá fora esperando para trazê-las. Agora, imagine cem empresários. Seriam 500 milhões de vacinas”. Até agora, tudo ficou só na palavra. (Diário Online)

Comentários

Mais

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não há evidências suficientes para uma…
ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revisou as previsões para o atendimento de energia ao Brasil até novembro e…
DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…