Correio de Carajás

Segup fortalece combate a assaltos a banco

Reunião na Segup discute ações de combate a crimes contra agências bancárias no Estado/ Foto: Ag. Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará e o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Pará debateram, na manhã desta quarta-feira (16), ações de combate a crimes contra agências bancárias no Estado. Dentre as medidas discutidas na reunião, realizada na Segup, que serão adotadas está a retomada do grupo de trabalho de segurança bancária que desenvolve práticas e procedimentos preventivos e repressivos para coibir crimes a bancos.

“Esse grupo de trabalho envolve a federação dos bancos, sindicato dos bancários, e órgãos da segurança pública integrados, no sentido de produzir ações mais eficazes contra os roubos a bancos. Essa reunião marca a retomada desse grupo até porque existem inúmeros comprovadores de que no tempo em que funcionou anteriormente foram produzidas medidas muito eficientes que reduziram os índices desse tipo de crime. O objetivo é produzir novamente conhecimento, medidas, traçar estratégias e políticas voltadas para a repressão a crimes contra bancos”, assegurou o Secretário Adjunto Operacional, Luciano de Oliveira.

Para a vice-presidente do Sindicato dos Bancários, Tatiane Oliveira, o diálogo com os órgão da segurança é fundamental para coibir esses crimes. “Nossa avaliação é de que essa reunião foi muito positiva e produtiva, pois já recebemos um compromisso da Segup de retomar essa mesa conjunta de debates, para podermos avaliar juntos as boas práticas que inibem as ações dos criminosos”, avaliou a vice-presidente.

Leia mais:

Foram solicitados, ainda, pelo sindicato dos bancários, a retomada de outras políticas como a porta giratória com detector de metais e o biombo nos caixas físicos, para trazer mais segurança e privacidade nas operações bancárias.

Também estiveram presentes na reunião o comandante geral da Polícia Militar, Dilson Júnior; o delegado geral da Polícia Civil, Alberto Barros; o secretário de inteligência e análise criminal, delegado André Costa; o diretor geral de operações da PM, Cel. Cidon; comandante de missões especiais, Cel. Salim; o diretor jurídico do sindicato dos bancários e membro do comitê nacional de segurança bancária, Sandro Mattos.

Ações – A Polícia Militar já atua com ações para combater ataques a agências bancárias. Entre essas ações está a de Repressão e Prevenção de Roubo a Bancos (Repreban), uma operação focada no deslocamento de valores para cidades do interior do Estado, com reforço do policiamento por meio das tropas de missões especiais, em períodos do mês em que há o aporte de recursos nas agencias bancárias. (Agência Pará)

Mais

Corpo é encontrado degolado na beira do rio, na Folha 8

Corpo é encontrado degolado na beira do rio, na Folha 8

Foi identificado como Wallame Franco de Mesquita, de 30 anos, o corpo localizado na quarta-feira (12). por volta das 19h10,…
Foragido por homicídio no Tocantins é preso em Parauapebas

Foragido por homicídio no Tocantins é preso em Parauapebas

Eliwelton Carneiro da Silva foi preso na noite desta quinta-feira (13), no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas. Consta contra ele…
Briga de casal resulta em morte de homem na zona rural de Anapu

Briga de casal resulta em morte de homem na zona rural de Anapu

A Vila Acrolina, zona rural do município de Anapu, na região Sudoeste do Pará, registrou um crime de masculinicídio na…
Dupla furta peças de caminhão avaliadas em R$ 120 mil

Dupla furta peças de caminhão avaliadas em R$ 120 mil

Foram presos na manhã desta quinta-feira (13), em Parauapebas, Bismarck da Conceição Cristino e Leandro Santos Cabral pelo furto de…
Servidor é executado em caçamba da Prefeitura de Abel Figueiredo

Servidor é executado em caçamba da Prefeitura de Abel Figueiredo

A Polícia Civil investiga os motivos que levaram à execução do servidor da Prefeitura de Abel Figueiredo, Eduardo de Souza…
Foragido há 22 anos de Redenção é preso no Piauí

Foragido há 22 anos de Redenção é preso no Piauí

Foragido há 22 anos, o paraense José Luiz Maciel de Sousa, um dos presos da operação ‘Ação Integrada’, deflagrada nesta…