Correio de Carajás

Roubo leva prejuízo ao Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Canaã

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O prédio do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, em Canaã dos Carajás, foi invadido na madrugada de terça-feira (27). Cerca de trinta cadeiras, duas mesas e um bebedouro foram levados pelos criminosos. O prédio fica localizado no centro da cidade e não tem segurança armada, o que pode ter facilitado a ação dos bandidos.

Os criminosos entraram pelo portão da frente do prédio. “Quando eu cheguei para trabalhar estava tudo revirado. Fiquei desesperada”, conta a funcionária Adriana Lopes. Os criminosos também tentaram invadir a sala do departamento administrativo, mas não conseguiram entrar. “O cadeado foi forçado”, completa.

O presidente do sindicato, José Ribamar, registrou boletim de ocorrência e a partir de agora a Polícia Civil investiga o caso. “Eu espero que as autoridades policiais consigam recuperar os objetos”, desabafa. A suspeita é que os bandidos tenham usado uma chave mestra para entrar na parte interna do prédio. 

Leia mais:

Cerca de R$ 4 mil em prejuízos foram contabilizados pela administração do sindicato. Aos poucos, os mais de mil associados da categoria são informados do ocorrido. “Agora vamos trabalhar para reconstruir tudo o que foi perdido e torcer para que isso não aconteça novamente”, lamenta o presidente.

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Canaã dos Carajás funciona no prédio há pouco mais de seis meses e esse foi o primeiro relato de furto. Os funcionários se sentem inseguros. Adriana diz que “mesmo localizado no centro da cidade, a rua do prédio durante a noite é escura e deserta, não há iluminação pública”.

O portal Correio de Carajás entrou em contato com a Polícia Militar de Canaã dos Carajás que informou que realiza rondas pela cidade, mas que não tem o controle de fatos como esse e lamentou. A Prefeitura do Município não se posicionou sobre a falta de iluminação pública no local.  (Kevin William)

O prédio do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, em Canaã dos Carajás, foi invadido na madrugada de terça-feira (27). Cerca de trinta cadeiras, duas mesas e um bebedouro foram levados pelos criminosos. O prédio fica localizado no centro da cidade e não tem segurança armada, o que pode ter facilitado a ação dos bandidos.

Os criminosos entraram pelo portão da frente do prédio. “Quando eu cheguei para trabalhar estava tudo revirado. Fiquei desesperada”, conta a funcionária Adriana Lopes. Os criminosos também tentaram invadir a sala do departamento administrativo, mas não conseguiram entrar. “O cadeado foi forçado”, completa.

O presidente do sindicato, José Ribamar, registrou boletim de ocorrência e a partir de agora a Polícia Civil investiga o caso. “Eu espero que as autoridades policiais consigam recuperar os objetos”, desabafa. A suspeita é que os bandidos tenham usado uma chave mestra para entrar na parte interna do prédio. 

Cerca de R$ 4 mil em prejuízos foram contabilizados pela administração do sindicato. Aos poucos, os mais de mil associados da categoria são informados do ocorrido. “Agora vamos trabalhar para reconstruir tudo o que foi perdido e torcer para que isso não aconteça novamente”, lamenta o presidente.

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Canaã dos Carajás funciona no prédio há pouco mais de seis meses e esse foi o primeiro relato de furto. Os funcionários se sentem inseguros. Adriana diz que “mesmo localizado no centro da cidade, a rua do prédio durante a noite é escura e deserta, não há iluminação pública”.

O portal Correio de Carajás entrou em contato com a Polícia Militar de Canaã dos Carajás que informou que realiza rondas pela cidade, mas que não tem o controle de fatos como esse e lamentou. A Prefeitura do Município não se posicionou sobre a falta de iluminação pública no local.  (Kevin William)

Comentários

Mais

Equipes da Sefa e Receita Federal apreendem quase 16 mil pares de calçados falsificados

Equipes da Sefa e Receita Federal apreendem quase 16 mil pares de calçados falsificados

Equipes da Receita Federal do Brasil e Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apreenderam, no último dia 15, na unidade…
Filho adotivo de Flordelis diz que mãe sabia do assassinato do marido

Filho adotivo de Flordelis diz que mãe sabia do assassinato do marido

Ao depor hoje (19) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Lucas dos Santos de Souza, filho adotivo da…
Polícia de Parauapebas investiga se vídeo com ameaça está relacionado a homicídios

Polícia de Parauapebas investiga se vídeo com ameaça está relacionado a homicídios

Nesta segunda-feira (19) entrou em circulação via WhatsApp e outras redes sociais um vídeo no qual dois supostos membros do…
Polícia afirma que tem provas suficientes para concluir inquérito

Polícia afirma que tem provas suficientes para concluir inquérito

A Polícia Civil do RJ já tem provas suficientes para concluir o inquérito da morte do menino Henry Borel, independentemente de um novo…
Jovem vira escudo humano e bandidos o matam com 3 tiros em Redenção

Jovem vira escudo humano e bandidos o matam com 3 tiros em Redenção

Mais um crime com características de “acerto de contas” chocou a população de Redenção, no sul do Pará. Na noite…
Homem é assassinado no meio da rua no Bairro São Félix

Homem é assassinado no meio da rua no Bairro São Félix

Um homem, identificado como José Ribamar Oliveira, de 33 anos, foi morto a golpes de faca na madrugada de domingo…