Ads

> De volta ao trabalho. A Câmara Municipal de Marabá voltou às atividades, após o recesso, no dia 1º de agosto, com todos os servidores nos seus postos de trabalho. As sessões em Plenário, no entanto, só retornam no dia 6, próxima terça-feira.

Ads

> Em Parauapebas isso já aconteceu, também no dia 1º, mas com sessão solene em Plenário. É preciso destacar que dos 15 vereadores, seis não compareceram. A lista de presença só contemplava: Luiz Castilho (Pros), Zacarias Marques (sem partido), João do Feijão (PV), Joelma Leite (PSD), Horácio Martins (PSD), Francisca Ciza (DEM), Ivanaldo Braz (sem partido), José Pavão (MDB) e Kelen Adriana (PTB).

> O prefeito Darci Lermen não pode comparecer e acabou representado por secretários municipais e pelo líder do governo na casa, José Pavão.

> O Banco Central comunicou o bloqueio de R$ 1,9 milhão nas contas do ex-ministro Edison Lobão, na Operação Lava Jato. O confisco cumpre decisão da juíza federal Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal do Paraná, na ação penal em o emedebista é acusado de receber R$ 2,8 milhões de propinas da Odebrecht em obras de Belo Monte entre os anos 2011 e 2014.

> À época, Lobão ocupava o cargo de ministro de Minas e Energia no governo Dilma Rousseff.

 

Ads