Correio de Carajás

Repórter Correio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Covid no Pará

O Pará registrava até esta sexta-feira (6) um total de 575.556 casos de covid-19 e 16.156 mortes desde o início da pandemia. De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), foram confirmados mais 547 casos e 5 óbitos por Covid-19. Nos últimos sete dias, o Pará registrou 108 novos casos. Houve o registro de mais 439 casos e 4 óbitos ocorridos em dias anteriores. O Pará possui 538.658 recuperados, 99.006 casos descartados e 185 casos em análise.

Covid no Pará II

Leia mais:

Em relação à ocupação de leitos na rede estadual, o Pará tem ocupação de 34% dos 434 leitos clínicos e 50% dos 343 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A Sespa informa que já foram realizados 758.914 testes rápidos e 240.090 testes de laboratórios (PCR) desde o início da pandemia.

Em Marabá

Já em Marabá o dia encerrou ontem (6) com o menor índice de pacientes graves desde o início da pandemia. Apenas 16 pacientes estavam em leitos de UTI, de 30 leitos disponíveis. Ou seja, taxa de ocupação: 53,3%.  Destes, apenas oito eram pacientes aqui da cidade.

Segue melhorando

Também na Unidade de Cuidados Especiais de pacientes com covid-19 (UCE) do Hospital Municipal de Marabá (HMM), ontem eram apenas seis leitos ocupados, de 15, ou 40% da capacidade. Mesmo nas enfermarias exclusivas para esta doença, eram sete pacientes ontem, para 24 leitos (29,1%).

A vida venceu

Um drama na luta pela vida que foi acompanhado por toda a população de Marabá, via redes sociais, teve o seu momento mais simbólico e especial nesta sexta-feira (6). O médico José Divino Naves recebeu alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após 92 dias de internação por complicações da covid-19. Naves chegou à capital paulista em estado grave e delicado em UTI aérea e teve de ficar ligado ao equipamento conhecido como ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). Todo esse suporte e tentativa de salvá-lo teve um alto custo – milionário – que a esposa e filhas resolveram enfrentar, com a ajuda de amigos, para salvar a vida do médico, e deu certo.

Página virada

A notícia da saída dele do hospital e ida para o local onde a família está hospedada foi confirmada pela filha mais velha dele, Roberta Naves, também médica. Ela vinha diariamente atualizando em vídeos no Instagram o estado do pai. A ação era também para prestar contas às pessoas que vêm contribuindo com a vaquinha virtual e também uma rifa que será sorteada neste final de semana. Ainda falta boa soma para acabar de fazer frente aos altos curtos do tratamento, mas que valeu a vida do médico, muito querido aqui em Marabá, onde reside e milita como clínico geral.

Livro da juíza

Amigos, colegas de trabalho, operadores do direito e estudantes estiveram ontem no auditório do Fórum da Comarca de Marabá prestigiando a juíza de Direito Adriana Divina Costa Tristão, que lançava e autografava o seu livro “Os três meninos da minha alma”. A capa, inclusive, conta com bela ilustração assinada pelo artista marabaense Bino Sousa.

Praga do Cacau

A ocorrência de pragas em lavouras de cacau levou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a decretar estado de emergência fitossanitária em três estados da Região Norte. A portaria com a decisão foi publicada hoje (6) no Diário Oficial da União (DOU) e inclui Acre, Amazonas e Rondônia. A duração do estado de emergência será de um ano. De acordo com o ministério, o objetivo é reforçar medidas de prevenção e evitar a dispersão da praga para outras áreas de cultivo.

Praga do Cacau II

“No mês passado, um foco da praga foi detectado em área residencial urbana no município de Cruzeiro do Sul, interior do Acre. O estado de emergência fitossanitário para monilíase do cacaueiro incluiu o Amazonas e Rondônia por serem as unidades da federação que fazem fronteira com o Acre”, informou a pasta. A monilíase do cacauerio, causada pelo fungo Moniliophthora roreri, é uma das mais sérias doenças do cacau, infectando os frutos em qualquer fase de desenvolvimento e, em condições favoráveis, pode causar perdas de até 100% da produção.

Comentários

Repórter Correio

Dicas digitais Promete ser um sucesso, neste domingo (26), em Marabá, o Workshop Dicas Digitais com o badalado Rapha Falcão.…

Repórter Correio

Vacinação em Marabá Em Marabá, o dia ontem foi dedicado à vacinação de pessoas acima dos 12 anos com primeira…

Repórter Correio

Ligado ao Pará Da altura de seus 81 anos de vida, o geólogo Breno Augusto dos Santos, descobridor do minério…

REPÓRTER CORREIO

Aprovados convocados A Prefeitura Municipal de Marabá convoca 10 candidatos aprovados no concurso Público Municipal de nº 001/2018 para, no…

Repórter Correio

Chuva, ventania e caos Moradores do Bairro Novo Horizonte entraram em contato com o Jornal Correio para falar sobre o…

REPÓRTER CORREIO

Abarrotados de vacina Na região sudeste do Pará, apenas Marabá e Parauapebas estão conseguindo dar vazão às vacinas contra covid-19.…