Correio de Carajás

Repórter Correio 18/12/2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Recesso do Judiciário


Tem início na quinta-feira, dia 20, o recesso do Poder Judiciário do Pará. Com isso, aos jurisdicionados, restam dois dias para resolver demandas junto a cada comarca. O retorno é apenas no dia 7 de janeiro. Com isso, os demais órgãos atinentes, como Ministério Público e Defensoria também dão um tempo em suas atividades. É o período, também, que os advogados aproveitam para tirar férias, sem prejuízo aos prazos dos seus clientes.

Tucuruí

Leia mais:


Preocupados com a mudança das regras as quais até agora estavam submetidos, sem pagamento de tarifa de energia, os membros da Associação dos Moradores da Vila Permanente (ASMOVIPE) conseguiram barrar judicialmente o processo de concessão que a Eletronorte abriu para gestão do sistema daquela vila. Ontem (17) o juiz Thiago Cendes Escórcio, da 1ª Vara Cível e Empresarial de Tucuruí concedeu limitar aos reclamantes. A ideia da Eletronorte é deixar de ser responsável pela manutenção da rede que alimenta toda a vila. A Celpa assumiria a gestão pagando R$ 200 mil, e passaria a ficar livre, também, para cobrar energia das 2.564 residências.

Tucuruí II


A Vila Permanente é dividia nos quadrantes: Marabá, Península, Permanente e Tropical, além da área da comunidade do Km 11. O acordo entre Eletronorte e Celpa está previsto na Resolução RD-0439/2018, que agora teve seus efeitos sustados pela Justiça. No entanto, a vitória da associação pode ser momentânea. O juiz marcou para o dia 7 de agosto de 2019 uma audiência de conciliação.

Ele não cansa!


Há poucos dias de encerrar o seu governo melancólico, Simão Jatene (PSDB) continua ostentando orgulho das vergonhas que passa. Ontem estava fazendo propaganda da aquisição de seis, isso mesmo, seis novas viaturas de combate a incêndio, para o Corpo de Bombeiros que ele deixou sucatear em todo o Estado. Alguém poderia dizer para o governador que seis talvez não atendam nem um terço da grande Belém. Não cuidou em um programa de aparelhamento e renovação dos Bombeiros e tenta um marketing de última hora. Que o diga o sul e sudeste do Pará.

Alô, polícia!


Será hoje (18), logo mais às 19h30, reunião dos comerciantes de rua com as autoridades de segurança pública em Marabá. Os empresários querem cobrar mais efetividade nas rondas para coibir os roubos no comércio neste período de Natal. Os comerciantes estão muito preocupados com a ação flagrante de quadrilhas dentro das lojas e nas calçadas. Outro dia, com a cara mais limpa do mundo, um espertinho tentava carregar de uma só vez três televisores de uma loja na Marabá Pioneira.

Alô, polícia! (II)


Ocorre que, segundo os comerciantes, as rondas dos PM’s no comércio durante o dia têm sido esporádicas e não permanentes. Outra queixa é que guardas municipais há muito não são vistos caminhando pelas calçadas, só passando dentro das viaturas de um lado ao outro. Devem participar do encontro hoje a Polícia Militar, Civil e Guarda Municipal.

Comentários

Repórter Correio

Novo livro O aclamado e premiado autor paraense Salomão Larêdo confirmou ontem ao Repórter Correio que o lançamento da sua…

Repórter Correio

Covid em Marabá A vacinação da população adulta em geral (até agora maiores de 25 anos, parcialmente) parece já vir…

Repórter Correio

Mais um aeroporto? Marabá e Carajás podem perder em breve o status de únicos aeroportos do sul e sudeste do…

Repórter Correio

Violência Mais um passo foi dado para aprimorar o combate à violência contra grupos vulneráveis no Pará. Para dar celeridade…

Repórter Correio

Alívio e esperança Marabá completou nesta segunda-feira três dias sem mortes por covid-19. Os números em relação a pacientes graves…

Repórter Correio

Covid no Pará O Pará registrava até esta sexta-feira (16) um total de 566.006 casos de Covid-19 e 15.815 mortes…