Correio de Carajás

Repórter Correio

Coincidência

O surgimento de uma menina perdida, de aproximadamente 10 anos de idade e com características muito similares a de Isabela Lima, desaparecida a mais de mês, mobilizou as autoridades de Novo Repartimento, Itupiranga e Marabá, no final de semana. Colaborou para isso, o fato da menina em questão estar desnutrida, portanto sem suas características normais e sequer ter forças para pronunciar alguma palavras, nas primeiras horas. Mas para todos que pensaram se tratar de Isabela, a emoção e felicidade foi a mesma, pela simples possibilidade.

Reviravolta

A Polícia já havia se mobilizado até por um teste de DNA da criança, quando surgiu a verdadeira mãe, dizendo que a menina é Vitória Rocha dos Reis, desaparecida da cidade de Altamira. O caso é igualmente preocupante e ensejará outra investigação, sobre como o pai biológico da menina, seu responsável legal, a perdeu.

Povo Gavião

Teve início nesta segunda-feira (20) e vai até o dia 26 de junho o 9º Festival Safra da Castanha Nova, um dos maiores eventos culturais indígenas da região Norte do país, e que reúne aldeias da Terra Indígena Mãe Maria e povos indígenas de outras regiões. O evento é aberto a qualquer pessoa da comunidade em geral, acontece na aldeia Gavião Kyikatejê, Km 25 da BR-222, entre Marabá e Bom Jesus do Tocantins. Na programação de todas as manhãs jogos de futebol e atividades culturais e à tarde, a partir das 16 horas, esportes tradicionais, pintura corporal e interação com visitantes.

Feriadão

O Pará duplicou o número de acidentes graves registrados durante o feriadão de Corpus Christi. Em 2021, foram quatro mortes nas estradas federais do estado. Já este ano, foram oito. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (20). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a operação Corpos Christi 2022 registrou o total de 16 acidentes. Destes, foram 5 graves. Oito mortes foram registradas. Em 2021, houve o total de 13 acidentes. Destes, 6 graves, com quatro mortos.

ICMS

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará (Sefa) divulgou ontem que estima perdas de R$ 2,916 bilhões em um ano, caso seja sancionado pela União o projeto de lei PLP 18//22, aprovado pela Câmara Federal no último dia 15 de junho, que considera combustíveis, energia, transportes coletivos, gás natural e comunicações bens essenciais e fixa teto de 17% do ICMS sobre estes segmentos. De julho a dezembro deste ano, as perdas acumuladas serão de R$ 1,532 bilhão.

ICMS II

A estimativa de arrecadação do ICMS para 2022 é de R$ 19 bilhões. Em seis meses as perdas dos 144 municípios com os 25% dos valores do ICMS chegarão a R$ 383 milhões; os repasses para a saúde, que devem somar em um ano 12% da Receita Corrente Líquida (RCL), R$ 138 milhões; para a educação, cujo percentual deve ser de 25% da RCL a queda deve ser de R$ 287 milhões; para os outros Poderes haverá uma queda no repasse de R$ 287 milhões, entre outros.

Covid no Brasil

O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 669.171 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado ontem (20) pelo Ministério da Saúde. O número total de casos confirmados da doença é de 31.754.465. Em 24 horas, foram registrados 50.272 casos. No mesmo período, foram confirmadas 96 mortes de vítimas do vírus. Ainda segundo o boletim, 30.430.308 pessoas se recuperaram da doença e 654.996 casos estão em acompanhamento.

Covid no Brasil II

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras ou nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral, há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Vale a cópia

A Receita Federal publicou nesta segunda-feira (20) a Normativa RFB nº 2.088, que suspende, por tempo indeterminado, a obrigatoriedade de apresentação de documentos originais ou cópias autenticadas para solicitar serviços ou prestar esclarecimentos ao atendimento da Receita Federal, mantendo a recepção em cópias simples, ou por meio digital.

Vale a cópia II

A ideia da norma é simplificar o acesso aos serviços prestados pela Receita Federal. Dessa forma, o contribuinte pode apresentar cópia simples de documentos em uma unidade presencial, ou enviar um documento digitalizado por ele mesmo (uma foto de celular da carteira de identidade, por exemplo), mas terá que manter os originais sob sua guarda, podendo ser demandado a apresentá-los, a qualquer momento, pela Receita Federal. A Receita vai atestar a veracidade por meio da verificação de selos ou códigos de autenticidade dos documentos expedidos por outros órgãos.

Comentários

Repórter Correio

Curionópolis Primeira prefeita da história de Curionópolis, Mariana Chamon segue marcando sua passagem pelo cargo com obras estruturais importantes. Só…

Repórter Correio

Ponte do Araguaia Não tem um dia que não seja de trabalho na obra de construção da ponte sobre o…

Repórter Correio

Madeira Entre janeiro e maio de 2022, as exportações de madeira do Pará cresceram 89% em valor arrecadado e 4%…

Repórter Correio

Não resistiu O empresário Erivan Leite, muito conhecido como Erivan da Navire, nome da empresa de transportes que manteve em…

Repórter Correio

Estudante haitiano Tão logo foi confirmada a morte do estudante haitiano John Peter Saint Fleur na Serra das Andorinhas, a…

Repórter Correio

Ataque apócrifo Em nota nesta quarta-feira (15), juízes de Santarém (PA) repudiaram “veementemente” os ataques verbais, por meio de panfletagem…