Correio de Carajás

Repórter Correio 12/01/2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

100% ocupados

Dados do último boletim epidemiológico, divulgado pela Prefeitura de Marabá, contabilizam 12.057 casos confirmados da Covid-19 na cidade, com 244 óbitos. A taxa de ocupação em leitos de UTI exclusivos para Covid-19 está em 100%, com 18 pacientes de Marabá e 10 de outras cidades. Os dados foram atualizados às 19 horas desta segunda-feira, 11 de janeiro de 2021. Um dado alarmante!

Uso da água

Leia mais:

Assim como os contribuintes precisam declarar sua renda todos os anos, os usuários de recursos hídricos da União – interestaduais, transfronteiriços e reservatórios federais – precisam informar seus usos do ano anterior para a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). O envio das informações deve ser realizado por meio da Declaração Anual de Uso de Recursos Hídricos (DAURH) via Sistema Federal de Regulação de Uso (REGLA), entre 1º e 31 de janeiro. O documento deve conter os volumes captados e lançados nos mananciais em cada mês de 2020 por cada usuário.

Enem

Uma força-tarefa com pelo menos 75 procuradores federais foi instalada pela Advocacia-Geral da União para monitorar os processos judiciais em regime de plantão, 24 horas por dia – inclusive nos fins de semana – até o dia 7 de fevereiro, data da última aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A AGU criou o grupo de trabalho para garantir a segurança jurídica do Enem.

Enem II

A edição 2020 do Enem teve a data alterada por causa da pandemia e será realizada nos dias 17 e 24 de janeiro, na versão impressa, e de modo digital nas duas semanas seguintes. Os integrantes do grupo, espalhados por todo o território nacional, poderão atuar com outras demandas da AGU, mas estarão prioritariamente à disposição do exame. O objetivo é proporcionar aos candidatos e à sociedade a maior segurança possível durante o Enem, evitando decisões judiciais que possam prejudicar a realização das provas.

Reestruturação?

O BB (Banco do Brasil) anunciou nesta segunda-feira (11) um “plano de reorganização administrativa” com fechamento de 361 unidades de atendimento e demissão de 5.000 funcionários. De acordo com a estatal, a expectativa é que seja possível economizar R$ 535 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025 com as medidas adotadas. A revisão e o redimensionamento da estrutura organizacional devem ser feitas no 1º semestre deste ano. A intenção, segundo o comunicado, é dar ganhos de eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento no país.

Reestruturação? (II)

No saldo, o banco terá 347 agências a menos. O número de agências caiu 19,7% e o de funcionários recuou 8,5% em 5 anos. Das 361 unidades que serão fechadas, 112 são agências. O Banco do Brasil vai converter 243 agências em postos de atendimento. Outros 8 postos vão ser transformados em agências. Há também encerramento de atividades em 242 postos de atendimento e 7 escritórios. Em relação ao programa de demissão, o BB aprovou o PAQ (Programa de Adequação de Quadros).

Comentários

Repórter Correio 17/06/2021

Vacina e alívio Tão logo a Prefeitura de Marabá confirmou ontem que vai iniciar no final de semana a vacinação…

Repórter Correio 15/06/2021

    Exame de Ordem O Exame de Ordem Unificado da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) pela primeira vez…

Repórter Correio 12/06/2021

Covid no Pará O Pará registrava até esta sexta-feira (11) um total de 533.496 casos de covid-19 e 14.946 mortes…

Repórter Correio 10/06/2021

Partage expandindo Proprietário dos shoppings de Marabá e de Parauapebas, o grupo Partage segue com apetite no mercado e, em…

Repórter Correio 08/06/2021

Movimentou Marabá Milhares de candidatos a uma vaga de praça da Polícia Militar do Pará passaram por Marabá no final…

Repórter Correio 07/06/2021

Colapso de reservatórios Em uma dura nota técnica, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) prevê que os reservatórios de…