Correio de Carajás

Repórter Correio 06/03/2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Belém-Brasília

Embora garanta estar trabalhando em ritmo acelerado, o Dnit ainda não conseguiu restabelecer o tráfego no trecho de pista levado pela enxurrada na BR-010, em Ipixuna do Pará. A ocorrência foi em 15 de fevereiro e a intervenção necessária pode render mais alguns dias. Por enquanto, a continuidade da viagem dos motoristas tem dependido de um desvio de 2 quilômetros, por uma estrada em que só passa um sentido por vez. O controle tem sido feito por operadores no ritmo do “pare e siga”, com até 20 minutos de espera.

No mesmo ritmo

Leia mais:

A Prefeitura de Marabá publicou que está seguindo o mesmo teor do novo decreto estadual de combate e prevenção à covid-19. O decreto que vai até o dia de 10 de março, podendo ser estendido conforme necessidade, estabeleceu a bandeira vermelha na cidade e em todo Estado do Pará, o que sinaliza alto risco de transmissão.

Lembrando quê…

Continua proibida a circulação nas ruas, entre as 22 às 5 horas, sem uma justificativa de força maior, como aquisição de medicamentos, atendimento médico hospitalar, ou realização de trabalhos, considerados essenciais, realizados durante período noturno; os supermercados devem fechar às 21 horas, controlar a entrada de pessoas, limitando o acesso a apenas 1 membro por grupo familiar, respeitando a lotação máxima de 50% de sua capacidade, inclusive estacionamento. Sendo vedada a entrada de pessoas sem máscara. Além de fornecer alternativas de higienização, como água e sabão ou álcool gel; também está proibida a reunião em locais públicos e privados com mais de 10 participantes.

Expediente suspenso

O expediente presencial está suspenso nos órgãos do judiciário, bem como Ministério Público do Pará e Defensoria Pública. No MPPA, a Portaria 541/2021, do procurador-geral de Justiça, Gilberto Valente Martins, prevê que a medida valerá enquanto durar o estado de calamidade pública reconhecido pelo decreto legislativo. Neste período, a instituição fará o atendimento ao público por meio eletrônico e funcionará apenas para realização dos serviços internos essenciais.

Expediente suspenso II

Ainda de acordo com a Portaria, “o atendimento ao público presencial ocorrerá apenas nos casos de perecimento do direito, risco à vida ou à saúde, e desde que a especificidade requerida exija indispensável contato presencial entre as partes”. Os atos judiciais que demandem o comparecimento do órgão ministerial, quando realizados em conformidade com as resoluções do TJPA serão atendidos pelos membros de acordo com a atribuição de cada um, de modo a não haver prejuízo à atividade ministerial.

Enchente

Em Marabá, a enchente segue desabrigando famílias nos bairros mais baixos. Mas, um alento nas últimas horas: o Boletim de Vazões e Níveis do Rio Tocantins que chegou a prever que o nível passaria dos 11 metros neste domingo, foi mudado na edição de ontem. O BVN desta sexta-feira (5) prevê 10,58 para hoje e 10,69 na segunda-feira. Ou seja, apesar de seguir subindo, está num ritmo menor que nos dias anteriores. O nível do rio em Marabá, ontem era de 10,54 metros ao final do dia, regredindo dos 10,62 do amanhecer.

Covid em Marabá

Após vários dias sem vagas de UTI em Marabá, ontem a situação passou a dar mostras de esperança: era de…

Repórter Correio

Covid no Pará Até esta sexta-feira, dia 7, de acordo com a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), eram…

Covid em Marabá

Covid em Marabá Os leitos de UTI seguem com 100% de ocupação em Marabá, ou seja, 50 em 50 existentes.…

Repórter Correio

Enchente Embora lentamente, o nível do Rio Tocantins voltou a apresentar baixa e ontem estava em 8,34 metros acima do…

Repórter Correio

Covid no Pará O balanço da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) divulgado nesta sexta-feira (30/4), sobre a covid-19…

Repórter Correio

Alok no Pará Tido como o DJ mais importante, conhecido e requisitado do mundo, o brasileiro Alok está no Pará.…