Correio de Carajás

Receita já recebeu mais de 156 mil declarações no Pará

(Marcelo Camargo/Agncia Brasil)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Superintendência da Receita Federal divulgou na tarde desta segunda-feira, 25, que já havia recebido 156.922 declarações pelos sistemas da Receita no estado do Pará. A expectativa, ainda de acordo com a Receita, é de que 30,5 milhões de contribuintes entreguem a declaração em todo o Brasil. O prazo de entrega da declaração vai de 07 de março a 30 de abril.

A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o Imposto sobre a Renda devido, com valor mínimo de R$ 165,74, e máximo de 20% do Imposto sobre a Renda devido.

A declaração pode ser elaborada de três formas:

Leia mais:

– Computador, por meio do PGD IRPF2019, disponível no site da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) na Internet. 

– Dispositivos móveis, tais como tablets e smartphones, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, acessado por meio do aplicativo APP “Meu Imposto de Renda”, disponível nas lojas de aplicativos Google play, para o sistema operacional Android, ou App Store, para o sistema operacional iOS;

– Computador, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no sítio da RFB na Internet, com o uso de certificado digital, e que pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração RFB ou procuração eletrônica de que trata a IN RFB nº 1.751, de 16 de outubro de 2017.

“Enviar a declaração no prazo, além de cumprimento de obrigação tributária, é cuidado com as finanças pessoais, por evitar o pagamento de penalidades, que variam de R$ 165,00 a 20% do IR que se apure a pagar”, destaca o contador Marcelo Faria. “O contribuinte mantém, ainda, o CPF regular e as possibilidades de comprovação de renda. Enfim, o não envio no prazo pode trazer transtornos em toda a vida pessoal de uma pessoa. Cumpra sua obrigação e não deixe pra última hora”, finaliza Marcelo Faria.

Quem deve declarar?

Dentre outros, estará obrigado a apresentar a declaração anual aquele que, no ano-calendário de 2018, recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70 e, em relação à atividade rural, obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50.

(DOL com informações da assessoria)

Comentários

Mais

Mais de 300 processos agrários envolvem a Serra das Andorinhas

Mais de 300 processos agrários envolvem a Serra das Andorinhas

As indenizações de cerca de 400 pessoas que alegam não ter sido contempladas com a criação do Parque Estadual da…
Vara Agrária de Marabá agenda desocupação de duas fazendas

Vara Agrária de Marabá agenda desocupação de duas fazendas

No último dia 6 de junho uma decisão publicada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a suspensão de ordens ou…
Reflexões sobre depressão e suicídio

Reflexões sobre depressão e suicídio

Um jovem de 28 anos tirou a própria vida se atirando na direção de uma carreta em movimento. O caso…
Marabá tem 2 entre os 10 piores trechos de rodovias do País

Marabá tem 2 entre os 10 piores trechos de rodovias do País

No ranking das dez piores ligações rodoviárias do País, boa parte das estradas está situada em regiões agrícolas, dificultando o…
Inflação em Marabá sobe 1,07% em apenas um mês

Inflação em Marabá sobe 1,07% em apenas um mês

O Laboratório de Inflação e Custo de Vida de Marabá (Lainc), da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará…
Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

O desemprego recuou para 13,7% em junho, último mês do trimestre móvel iniciado em abril. O percentual foi atingido depois…