Correio de Carajás

Receita já recebeu mais de 156 mil declarações no Pará

(Marcelo Camargo/Agncia Brasil)

A Superintendência da Receita Federal divulgou na tarde desta segunda-feira, 25, que já havia recebido 156.922 declarações pelos sistemas da Receita no estado do Pará. A expectativa, ainda de acordo com a Receita, é de que 30,5 milhões de contribuintes entreguem a declaração em todo o Brasil. O prazo de entrega da declaração vai de 07 de março a 30 de abril.

A multa para quem apresentar a declaração depois do prazo é de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o Imposto sobre a Renda devido, com valor mínimo de R$ 165,74, e máximo de 20% do Imposto sobre a Renda devido.

A declaração pode ser elaborada de três formas:

Leia mais:

– Computador, por meio do PGD IRPF2019, disponível no site da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) na Internet. 

– Dispositivos móveis, tais como tablets e smartphones, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, acessado por meio do aplicativo APP “Meu Imposto de Renda”, disponível nas lojas de aplicativos Google play, para o sistema operacional Android, ou App Store, para o sistema operacional iOS;

– Computador, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no sítio da RFB na Internet, com o uso de certificado digital, e que pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração RFB ou procuração eletrônica de que trata a IN RFB nº 1.751, de 16 de outubro de 2017.

“Enviar a declaração no prazo, além de cumprimento de obrigação tributária, é cuidado com as finanças pessoais, por evitar o pagamento de penalidades, que variam de R$ 165,00 a 20% do IR que se apure a pagar”, destaca o contador Marcelo Faria. “O contribuinte mantém, ainda, o CPF regular e as possibilidades de comprovação de renda. Enfim, o não envio no prazo pode trazer transtornos em toda a vida pessoal de uma pessoa. Cumpra sua obrigação e não deixe pra última hora”, finaliza Marcelo Faria.

Quem deve declarar?

Dentre outros, estará obrigado a apresentar a declaração anual aquele que, no ano-calendário de 2018, recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70 e, em relação à atividade rural, obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50.

(DOL com informações da assessoria)

Comentários

Mais

Fetraf bloqueia rodovia entre Parauapebas e Canaã dos Carajás

Fetraf bloqueia rodovia entre Parauapebas e Canaã dos Carajás

Desde o início da manhã desta segunda-feira (4) membros da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf) realizam manifestação na…
Levada Louca levou a melhor entre o grupo B

Levada Louca levou a melhor entre o grupo B

Diferentemente da dinâmica de última hora, adotada pela Liga Cultural de Marabá entre as equipes do grupo A após fala…
Ponte e Tecnored vão gerar 3.600 empregos em Marabá

Ponte e Tecnored vão gerar 3.600 empregos em Marabá

Durante reunião com representantes da Vale nesta quinta-feira, 30 de junho, os membros da Comissão Especial de Desenvolvimento Socioeconômico de…
Rádio Correio FM comemora 5 anos com blitz recheada de prêmios

Rádio Correio FM comemora 5 anos com blitz recheada de prêmios

O primeiro sábado de julho, 2, é tido como o pontapé inicial do verão amazônico em Marabá. Marcando a data,…
Anatel faz consulta pública para padronizar carregadores de celular

Anatel faz consulta pública para padronizar carregadores de celular

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) realiza consulta pública para definir requisitos técnicos para padronizar carregadores de telefones celulares no…
Brasil tinha 544 mil policiais militares, civis e bombeiros em 2020

Brasil tinha 544 mil policiais militares, civis e bombeiros em 2020

O Brasil contava com ao menos 480 mil policiais civis e militares na ativa, em 2020. A informação consta da…