Correio de Carajás

Radiologia: Avanços ajudam no diagnóstico

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Avanços na área da radiologia tem auxiliado a detecção precoce de doenças e até beneficiado tratamentos na área da medicina. E uma das doenças com maior índice de sucesso no diagnóstico é o câncer de mama. De acordo com o radiologista Charles Namara, hoje, existe um aparelho chamado ‘Tomosynthesis’, que funciona como uma tomografia da mama e serve para auxiliar na prevenção mais eficaz da doença em seu estágio inicial.

“Além da mamografia, hoje tem um exame de tomografia específico para a mama, a ‘Tomosynthesis’. É um aparelho novo que está começando a ser usado aqui no Brasil, mas que já se usa muito lá para fora”, explicou. Segundo ele, o exame feito por este aparelho é muito mais preciso do que a mamografia convencional e apresenta uma imagem mais nítida da mama.

“Na mamografia, você faz uma imagem plana da mama em duas posições e na ‘Tomosynthesis’ não. Você pega a mama, coloca na posição e faz várias imagens uma encostada na outra, com um espaço mínimo de dois milímetros de uma para a outra. Depois você pega as imagens no computador e reconstrói da melhor maneira”, afirmou.

Leia mais:

O médico especialista disse que o único problema do aparelho é que o custo dele é alto e que Marabá ainda não conta com essa tecnologia. O médico ressalta que o aumento dos casos diagnosticados de câncer de mama não representa necessariamente que a doença esteja avançando entre as mulheres, mas que elas estão buscando se prevenir mais para evitar o pior.

“Claro que tem alguns fatores de risco que aumentaram estatisticamente a porcentagem de alguns canceres, mas outros casos não. Na verdade, é porque hoje em dia as pessoas têm mais acesso. Quem fazia mamografia há 50 anos? Pouquíssimas pessoas tinham essa preocupação”, observou.

Ainda segundo o médico, o câncer de mama é o mais comum nas mulheres e por isso é importante preveni-lo ou fazer sua detecção precocemente. Ele diz que, desde os 40 anos as mulheres devem procurar fazer o exame da mama. “Sempre que se fizer a mamografia, é bom também fazer um ultrassom para auxiliar no diagnóstico”.

Novembro azul

Por mais resistentes que sejam os homens precisam passar pelo exame de próstata em determinado período da vida, dependendo do resultado do exame de Antígeno Prostático Específico (PSA). E a radiologia tem importância neste aspecto, segundo o médico Charles. “Na ultrassom, que é um exame primário que precisa ser feito para ver o tamanho da próstata. Este é um exame indicado para se fazer a partir dos 40 anos”, informou.

Segundo ele, este tipo de doença acomete homens mais velhos, geralmente, na faixa acima dos 50 anos. “O risco é alto para quem tem um histórico familiar”, enfatizou, acrescentando que a bebida alcoólica, o tabagismo e o comportamento sedentário também são considerados fatores de risco para doença.

SÍNTESE – O aumento dos casos diagnosticados de câncer de mama não representa necessariamente que a doença esteja avançando entre as mulheres, mas que elas estão buscando se prevenir mais para evitar o pior.

(Nathália Viegas)

Avanços na área da radiologia tem auxiliado a detecção precoce de doenças e até beneficiado tratamentos na área da medicina. E uma das doenças com maior índice de sucesso no diagnóstico é o câncer de mama. De acordo com o radiologista Charles Namara, hoje, existe um aparelho chamado ‘Tomosynthesis’, que funciona como uma tomografia da mama e serve para auxiliar na prevenção mais eficaz da doença em seu estágio inicial.

“Além da mamografia, hoje tem um exame de tomografia específico para a mama, a ‘Tomosynthesis’. É um aparelho novo que está começando a ser usado aqui no Brasil, mas que já se usa muito lá para fora”, explicou. Segundo ele, o exame feito por este aparelho é muito mais preciso do que a mamografia convencional e apresenta uma imagem mais nítida da mama.

“Na mamografia, você faz uma imagem plana da mama em duas posições e na ‘Tomosynthesis’ não. Você pega a mama, coloca na posição e faz várias imagens uma encostada na outra, com um espaço mínimo de dois milímetros de uma para a outra. Depois você pega as imagens no computador e reconstrói da melhor maneira”, afirmou.

O médico especialista disse que o único problema do aparelho é que o custo dele é alto e que Marabá ainda não conta com essa tecnologia. O médico ressalta que o aumento dos casos diagnosticados de câncer de mama não representa necessariamente que a doença esteja avançando entre as mulheres, mas que elas estão buscando se prevenir mais para evitar o pior.

“Claro que tem alguns fatores de risco que aumentaram estatisticamente a porcentagem de alguns canceres, mas outros casos não. Na verdade, é porque hoje em dia as pessoas têm mais acesso. Quem fazia mamografia há 50 anos? Pouquíssimas pessoas tinham essa preocupação”, observou.

Ainda segundo o médico, o câncer de mama é o mais comum nas mulheres e por isso é importante preveni-lo ou fazer sua detecção precocemente. Ele diz que, desde os 40 anos as mulheres devem procurar fazer o exame da mama. “Sempre que se fizer a mamografia, é bom também fazer um ultrassom para auxiliar no diagnóstico”.

Novembro azul

Por mais resistentes que sejam os homens precisam passar pelo exame de próstata em determinado período da vida, dependendo do resultado do exame de Antígeno Prostático Específico (PSA). E a radiologia tem importância neste aspecto, segundo o médico Charles. “Na ultrassom, que é um exame primário que precisa ser feito para ver o tamanho da próstata. Este é um exame indicado para se fazer a partir dos 40 anos”, informou.

Segundo ele, este tipo de doença acomete homens mais velhos, geralmente, na faixa acima dos 50 anos. “O risco é alto para quem tem um histórico familiar”, enfatizou, acrescentando que a bebida alcoólica, o tabagismo e o comportamento sedentário também são considerados fatores de risco para doença.

SÍNTESE – O aumento dos casos diagnosticados de câncer de mama não representa necessariamente que a doença esteja avançando entre as mulheres, mas que elas estão buscando se prevenir mais para evitar o pior.

(Nathália Viegas)

Comentários

Mais

Para celebrar Dia do Exército, 23ª Brigada presta honras a militares e civis

Para celebrar Dia do Exército, 23ª Brigada presta honras a militares e civis

Hoje, dia 19 de abril, é o Dia do Exército. E para celebrar a data antecipadamente, a 23ª Brigada de…
Escola de Governança abre cursos gratuitos para servidores paraenses

Escola de Governança abre cursos gratuitos para servidores paraenses

A Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) abriu no sábado (17) as inscrições para os cursos livres…
Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), neste ano, subiu de 4,85%…
Uepa prorroga inscrições para especialização em Parauapebas

Uepa prorroga inscrições para especialização em Parauapebas

Foram prorrogadas até o dia 23 de abril as inscrições ao Processo Seletivo para o Curso de Especialização em Teorias…
Parauapebas terá 1º Seminário de Educação Escolar Indígena

Parauapebas terá 1º Seminário de Educação Escolar Indígena

Com o objetivo de valorizar ainda mais a educação indígena, além de levantar debates e reflexões acerca da temática, a…
Butantan recebe insumos para 5 milhões de doses da CoronaVac

Butantan recebe insumos para 5 milhões de doses da CoronaVac

O Instituto Butantan recebeu, na manhã desta segunda-feira (19), mais 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima para…