Correio de Carajás

Queimada paralisa trânsito agora à noite perto da AABB

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma queimada que aparentemente iniciou na beira da rodovia BR-230 (Transamazônica), rapidamente se espalhou pela vegetação, próximo à AABB (Associação Atlética Banco do Brasil), sentido Marabá-São João do Araguaia.

O radialista Elson Gomes, da Rádio Correio FM, informou o fato à Redação do Portal Correio de Carajás por volta de 20h27 desta segunda-feira, dia 10, enviando fotos da queimada, que se espalha rapidamente pela vegetação seca nesta época do ano.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros se dirigiu para o local, mas o fogo, segundo Milena Souza, que mora no Bairro Cidade Jardim e também passou pelo local há alguns minutos, se espalha rapidamente e já teria consumido uma área maior que dois estádios de futebol.

Leia mais:

Milena disse que a fumaça se espalhou pela pista e está dificultando o trânsito de veículos, com risco de provocar acidentes. Alguns condutores, mais cautelosos, acabam parando de um lado e outro da rodovia, esperando que a fumaça se dissipe.

Próximo ao local do incêndio estão placas de outdoors (já foram queimadas) e ainda uma linha de transmissão de energia da Eletronorte, que segue para a região de Parauapebas.

Mais detalhes no Jornal Correio desta terça-feira. (Ulisses Pompeu)

Uma queimada que aparentemente iniciou na beira da rodovia BR-230 (Transamazônica), rapidamente se espalhou pela vegetação, próximo à AABB (Associação Atlética Banco do Brasil), sentido Marabá-São João do Araguaia.

O radialista Elson Gomes, da Rádio Correio FM, informou o fato à Redação do Portal Correio de Carajás por volta de 20h27 desta segunda-feira, dia 10, enviando fotos da queimada, que se espalha rapidamente pela vegetação seca nesta época do ano.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros se dirigiu para o local, mas o fogo, segundo Milena Souza, que mora no Bairro Cidade Jardim e também passou pelo local há alguns minutos, se espalha rapidamente e já teria consumido uma área maior que dois estádios de futebol.

Milena disse que a fumaça se espalhou pela pista e está dificultando o trânsito de veículos, com risco de provocar acidentes. Alguns condutores, mais cautelosos, acabam parando de um lado e outro da rodovia, esperando que a fumaça se dissipe.

Próximo ao local do incêndio estão placas de outdoors (já foram queimadas) e ainda uma linha de transmissão de energia da Eletronorte, que segue para a região de Parauapebas.

Mais detalhes no Jornal Correio desta terça-feira. (Ulisses Pompeu)

Mais

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Como parte da programação do Maio Amarelo, mês dedicado à segurança no trânsito, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano…
É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

Falso É falso o tuíte que afirma que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, tenha recebido um passaporte diplomático…
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos autorizou a vacina contra covid-19 da Pfizer e da parceira…
Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde…
Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…