Correio de Carajás

Quarta de cinzas inicia a Quaresma e Igreja abre a Campanha da Fraternidade 2019

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nesta quarta-feira (6), a Igreja Católica abriu oficialmente o início do Período Quaresmal (06 de Março a 13 de abril) por meio da celebração da Quarta-feira de Cinzas. 

O período é recomendado aos fiés um momento de reflexão, penitência e jejum, em preparação para a Páscoa do Senhor, que será realizada no dia 21 de Abril. 

Leia Mais:

Leia mais:

Nesta quarta, a Arquidiocese de Belém terá celebrações com imposição das cinzas nas sete Regiões Episcopais. O Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, vai celebrar às 19h, na Catedral Metropolitana. Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém, a partir das 9h, celebram na Ilha de Itacoã, pela Pastoral das Ilhas. 

Durante a Celebração Eucarística, após a homilia, é realizada a imposição das cinzas na fronte, em formato de cruz, com o pronunciamento das palavras bíblicas: “és pó e em pó te tornarás” ou “convertam-se e cream no Evangelho”. As cinzas são feitas a partir dos ramos, do Domingo de Ramos do ano anterior.

CAMPANHA DA FRATERNIDADE

A Arquidiocese de Belém falará hoje sobre a Campanha da Fraternidade 2019 (CF 2019), que tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça” (Is 1, 27). Em entrevista, o arcebispo metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e o vigário geral e coordenador da CF 2019 na Arquidiocese, Monsenhor Raimundo Possidônio Carrera da Mata, apresentarão detalhes da Campanha da Fraternidade e da abertura na Arquidiocese, que será realizada no sábado, na Paróquia Nossa Senhora do Ó, em Mosqueiro, distrito de Belém.

A Campanha deste ano buscará chamar a atenção dos cristãos para o tema das políticas públicas, ações e programas desenvolvidos pelo Estado para garantir e colocar em prática direitos que são previstos na Constituição Federal e em outras leis.

A Igreja Católica pretende estimular a participação dos cristãos em políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais da fraternidade. A Arquidiocese, através da coordenação de pastoral, já realizou a formação para a CF 2019, entre os dias 28 de janeiro a 10 de fevereiro.

(DOL)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…