Correio de Carajás

ProUni teve 1,5 milhão de inscrições

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 1.507.807 inscrições, feitas por 782.497 pessoas. O curso com o maior número foi Direito, com 137.507 inscritos, seguido de Administração, com 121.871 e Enfermagem, que teve 102.902 candidatos. Medicina liderou com o maior número de inscrições por vaga ofertada: 54, logo à frente de Artes Cênicas, com 50 candidatos por vaga e de Comunicação Social – Cinema, com 41.

Os estudantes tiveram da última terça-feira (28) ao sábado (1º) para se inscrever no programa de bolsas estudantis. Eles concorrem a 252.534 bolsas, das quais 122.432 são integrais e 130.102, parciais (50%). Foram feitas 1.226.797 inscrições para o benefício de 100% do valor e 280.290 para o de metade.

O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada participante pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno. O resultado da primeira chamada sai amanhã (4). O prazo para comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada) vai de 4 a 11 de fevereiro. A divulgação dos resultados da segunda chamada sai no dia 18 de fevereiro.

Leia mais:

Programa 

O ProUni é um programa que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições particulares de educação superior.

Podem participar estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral; estudantes com deficiência; professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. 

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não tiver diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, e nota acima de zero na redação. (Agência Brasil)

Comentários

Mais

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

MPs recomendam proteção de indígenas contra covid-19 no sudeste do PA

Em recomendações conjuntas, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitaram uma série…
A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

A arte pra “rir, chorar e refletir” de Mandie Gil

Artes, maquiagens, receitas, discussões político-sociais, tutoriais, dicas, gatos…. tem um pouco de muito no perfil de Amanda Gil Cardoso de…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no…
Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

Linha Verde lança campanha “Abril Laranja”

O programa Linha Verde aderiu à campanha “Abril Laranja”, que possui como objetivo conscientizar a população e prevenir o crime…
Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Sespa reforça necessidade de tomar a segunda dose da vacina contra Covid-19

Para que a proteção à Covid-19 proporcionada pelas vacinas funcione como o previsto é necessário tomar as duas doses, tanto…