Correio de Carajás

“Projeto do Ipasemar”, que redefine alíquotas previdenciárias, será votado hoje

Reunião desta segunda-feira definiu proposta das comissões que serão votadas na sessão desta terça-feira na Câmara
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na sessão ordinária desta terça-feira, dia 22 de dezembro, o Plenário da Câmara Municipal de Marabá deve votar (e chancelar) o parecer da Comissão de Justiça, Legislação e Redação sobre o polêmico Projeto de Lei Nº 78/2020, enviado pelo Executivo Municipal para redefinição de alíquotas previdenciárias destinadas ao regime próprio da Previdência Social do Município de Marabá, o chamado Ipasemar.

O parecer foi em conjunto com a Comissão de Administração, Segurança e Serviços, que seguiu o voto do relator do projeto, Beto Miranda, o qual justificou que não votaria um projeto contra seu irmão. “Vereador posso deixar de ser daqui a alguns dias, mas irmão do prefeito, não vou deixar de ser nunca”, justificou.

Ao emitir seu parecer, Beto Miranda informou aos presentes que o prefeito Tião Miranda enviou, ao mesmo tempo, um projeto de lei à Câmara, que deverá ser apresentado e votado hoje e amanhã, reajustando o Vale Alimentação de R$ 220,00 para R$ 300,00.

Leia mais:

Também participaram da reunião os vereadores Miguel Gomes Filho, Márcio do São Félix, Gilson Dias, Ilker Moraes, Tiago Koch, Pastor Ronisteu, Cabo Rodrigo e Alecio Stringari. O projeto será apresentado hoje, com avaliação da comissão afim no mesmo dia e votação final amanhã, quarta-feira, quando deve ocorrer a última sessão do ano na Câmara.

Os vereadores Pastor Ronisteu e Ilker Moraes lamentaram a proposta do Executivo de reajustar a alíquota do Ipasemar de forma universal, ou seja, 14% para todos os servidores. Eles entendem que o ideal seria realizar a progressão, como propuseram o Departamento Jurídico da Casa e os sindicatos. “Esse projeto é injusto, principalmente com quem recebe menos. A Casa deveria por em prática a questão do progressivo. Deveríamos ter o projeto dessa forma”, lamentou Ilker Moraes.

Joyce Rebelo, diretora do Sintepp, disse que a entidade ficou de fazer um debate sobre a questão do piso salarial dos professores e apresentará uma proposta até o dia 15 de janeiro. Todavia, ela argumentou que é preciso apresentação dos cálculos sobre o aumento do vale alimentação, avaliando que o ideal é reajustar para R$ 350,00.

Valter Leal, do Servimmar (Sindicato dos Servidores do Município de Marabá) disse que os servidores, em geral, não ficaram satisfeitos com o reajuste do vale alimentação e que a categoria esperava, pelo menos, R$ 350. Nunca tivemos dificuldade de discutir com a Câmara, que nos abre as portas abertas. “Pedimos que, para 2021, o governo reative a mesa de negociação para discutir as demandas do servidor municipal para avançarmos nas pautas”. 

(Da Redação)

Mais

Pará recebe mais uma remessa de doses de vacinas contra Covid-19

Pará recebe mais uma remessa de doses de vacinas contra Covid-19

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (6), a décima oitava remessa de vacinas contra a Covid-19. Foram enviadas pelo…
Marabá sedia encontro de promoção da igualdade racial

Marabá sedia encontro de promoção da igualdade racial

O município de Marabá sediou na tarde desta quarta-feira, 5, um encontro entre a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção…
OMC faz apelo por negociações sobre patentes de vacinas da covid-19

OMC faz apelo por negociações sobre patentes de vacinas da covid-19

A chefe da Organização Mundial do Comércio (OMC), Ngozi Okonjo-Iweala, elogiou hoje (6) o posicionamento dos Estados Unidos a favor…
Ministério da Saúde libera 284 leitos de suporte ventilatório pulmonar

Ministério da Saúde libera 284 leitos de suporte ventilatório pulmonar

O Ministério da Saúde autorizou hoje (6) mais 284 leitos com suporte ventilatório pulmonar para tratamento de pacientes com quadro…
Colonos bloqueiam garagem da Secretaria de Obras de Parauapebas

Colonos bloqueiam garagem da Secretaria de Obras de Parauapebas

Uma manifestação promovida por colonos da Serra do Cedro, vilarejo localizado a 30 quilômetros de Parauapebas, bloqueou a garagem da…
Pará registra 480.129 casos de Covid-19 e 13.391 mortes

Pará registra 480.129 casos de Covid-19 e 13.391 mortes

O Pará registrou nesta quarta-feira (5) um total de 480.129 casos de Covid-19 e 13.391 mortes. De acordo com o…