Correio de Carajás

“Projeto do Ipasemar”, que redefine alíquotas previdenciárias, será votado hoje

Reunião desta segunda-feira definiu proposta das comissões que serão votadas na sessão desta terça-feira na Câmara
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na sessão ordinária desta terça-feira, dia 22 de dezembro, o Plenário da Câmara Municipal de Marabá deve votar (e chancelar) o parecer da Comissão de Justiça, Legislação e Redação sobre o polêmico Projeto de Lei Nº 78/2020, enviado pelo Executivo Municipal para redefinição de alíquotas previdenciárias destinadas ao regime próprio da Previdência Social do Município de Marabá, o chamado Ipasemar.

O parecer foi em conjunto com a Comissão de Administração, Segurança e Serviços, que seguiu o voto do relator do projeto, Beto Miranda, o qual justificou que não votaria um projeto contra seu irmão. “Vereador posso deixar de ser daqui a alguns dias, mas irmão do prefeito, não vou deixar de ser nunca”, justificou.

Ao emitir seu parecer, Beto Miranda informou aos presentes que o prefeito Tião Miranda enviou, ao mesmo tempo, um projeto de lei à Câmara, que deverá ser apresentado e votado hoje e amanhã, reajustando o Vale Alimentação de R$ 220,00 para R$ 300,00.

Leia mais:

Também participaram da reunião os vereadores Miguel Gomes Filho, Márcio do São Félix, Gilson Dias, Ilker Moraes, Tiago Koch, Pastor Ronisteu, Cabo Rodrigo e Alecio Stringari. O projeto será apresentado hoje, com avaliação da comissão afim no mesmo dia e votação final amanhã, quarta-feira, quando deve ocorrer a última sessão do ano na Câmara.

Os vereadores Pastor Ronisteu e Ilker Moraes lamentaram a proposta do Executivo de reajustar a alíquota do Ipasemar de forma universal, ou seja, 14% para todos os servidores. Eles entendem que o ideal seria realizar a progressão, como propuseram o Departamento Jurídico da Casa e os sindicatos. “Esse projeto é injusto, principalmente com quem recebe menos. A Casa deveria por em prática a questão do progressivo. Deveríamos ter o projeto dessa forma”, lamentou Ilker Moraes.

Joyce Rebelo, diretora do Sintepp, disse que a entidade ficou de fazer um debate sobre a questão do piso salarial dos professores e apresentará uma proposta até o dia 15 de janeiro. Todavia, ela argumentou que é preciso apresentação dos cálculos sobre o aumento do vale alimentação, avaliando que o ideal é reajustar para R$ 350,00.

Valter Leal, do Servimmar (Sindicato dos Servidores do Município de Marabá) disse que os servidores, em geral, não ficaram satisfeitos com o reajuste do vale alimentação e que a categoria esperava, pelo menos, R$ 350. Nunca tivemos dificuldade de discutir com a Câmara, que nos abre as portas abertas. “Pedimos que, para 2021, o governo reative a mesa de negociação para discutir as demandas do servidor municipal para avançarmos nas pautas”. 

(Da Redação)

Comentários

Mais

Concurso elege, neste sábado, a mulher mais bela de Marabá

Concurso elege, neste sábado, a mulher mais bela de Marabá

Quatorze candidatas concorrem ao título de mulher mais bonita da cidade. O concurso Miss Universo Marabá 2021 acontece neste sábado,…
Médico morre após choque durante sessão de fotos com a noiva um dia antes do casamento

Médico morre após choque durante sessão de fotos com a noiva um dia antes do casamento

O médico Denis Ricardo Faria Gurgel, de 31 anos, morreu nesta quinta-feira (29) após sofrer uma descarga elétrica, na zona…
Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

O Governo Federal incluiu definitivamente gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidade, no grupo prioritário de imunização contra a…
Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

A região do Contestado, que apesar de pertencer à Marabá está localizada a 260 quilômetros da sede do município, sendo…
Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

A taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio deste ano, segundo dados divulgados hoje…
Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Segue com grande repercussão e mais de 7 mil comentários uma postagem feita pelo padre Fábio de Melo em 29…