Correio de Carajás

Professores de Marabá ocupam Sevop e reivindicam retroativo pago pela metade

Além do retroativo pago pela metade, eles também cobram o enquadramento no piso salarial / Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Professores da rede municipal de educação se reuniram para uma manifestação na Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (SEVOP) na manhã desta segunda-feira (25). Eles reivindicam o pagamento do retroativo do piso integral e enquadramento nos salários. Com um carro de som, os lideres sindicalistas da classe exigiam um diálogo com o prefeito Tião Miranda, que mantém seu gabinete naquela secretária e não na sede da Prefeitura.

Joyce Cordeiro Rebelo, diretora da Subsede de Marabá do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) explica que o pagamento apenas de uma parte do retroativo é revoltante, além de não ser vinculado no salário mensalmente, conforme deveria ser feito.

Acontece que, segundo ela, Tião realiza os pagamentos um ano depois, enquadrando o percentual de 12,34% nos vencimentos dos professores no final de janeiro. “Esse ano ele fez diferente. Pagou apenas uma parte do retroativo, no valor de 9 milhões de reais, na sexta-feira (22) e não sinalizou quando pagará o restante e nem mesmo se haverá o enquadramento do retroativo no piso. Queremos uma reunião para negociar essa questão”, pediu Joyce.

Leia mais:

O Prof. Everaldo Marinho, que ditava palavras de ordem, no microfone do carro de som que acompanhava a manifestação pacífica, também se mostrou indignado com a atitude do prefeito.

“Ele acumulou o recurso, gastou e agora pagou apenas a metade do retroativo. Temos uma assessoria contábil que acompanha todos os recursos e constatou o dinheiro acumulado. É uma falta de compromisso do prefeito para com a educação municipal”, queixou-se.

A manifestação encerrou ao meio dia, com a promessa da realização de uma reunião, pela manhã, nesta terça-feira (26), com o chefe de gabinete do prefeito, Walmor Costa, onde serão discutidas três pautas: o pagamento do restante do retroativo; o enquadramento do piso; e as progressões verticais, que estão atrasadas há dois anos e as horizontais, atrasadas há cinco anos.

O Portal Correio procurou a Secretaria Municipal de Educação (Semed) sobre a manifestação, que respondeu em nota que “seguiu todos os protocolos conforme orienta a nova lei do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)”.

A Semed se colocou à disposição para elucidar quaisquer dúvidas do servidor no departamento de recursos humanos da secretaria, além de informar que o diálogo sempre esteve e estará aberto à classe, conforme a nota. (Zeus Bandeira – Colaboração de Weliton Moreira e Evangelista Rocha)

Comentários

Mais

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

A 13ª Promotoria de Justiça de Justiça de Marabá firmou no último dia 9 de junho, Termo de Ajuste de Conduta com…
MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

O Ministério Público Federal (MPF) expediu nesta terça-feira (15) recomendações ao município de Eldorado dos Carajás, no sudeste do Pará,…
SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

Cem dias após o Brasil autorizar a compra e doação de vacinas ao SUS pelo setor privado, nenhuma dose foi…
Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

As vacinas russas contra a Covid-19, a Sputnik V, serão entregues ao Brasil no mês de julho, conforme o governador…
PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

Foi aprovado em Sessão Ordinária da Câmara dos Vereadores de Parauapebas nesta terça-feira (15) um projeto de lei que prevê…
Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu hoje (15) que vai prorrogar por mais três meses a proibição de…